5 de fevereiro de 2014

As Helenas do Maneco...




Hoje foi o segundo capitulo da novela “em família” do autor Manoel Carlos (Maneco). Com a possível possibilidade de ser a ultima novela, com a saga de Helenas (só nesse 1° dia eu contei três...) fizeram eu e outros noveleiros, de plantão nem ter tempo de despedir da novela anterior (Félix, Valdirene, beijo gay e carneirinho...) e se embalar com a abertura da novela cantada lindamente pela cantora Ana Carolina... Falando em musicas, o conjunto de musicas que participam da trilha sonora das novelas do Maneco, são todas de uma beleza impar. Coloquei o CD da ultima novela do Maneco no carro... Chega a ser uma “obra prima” fora a parte da novela Um mergulho musical na MPB, bossa nova e no ultimo cd tinha até a musica do Raul Seixas até então “desconhecida” pelo grande publico.

As novelas do Maneco, mesmo “beirando aos clichês” mais absurdos nos envolvem em suas historias... não só as HelenaS ganham o carinho do publico, a ultima helena da novela “Viver a Vida”  por exemplo, vivida por Thais Araujo o autor quis polemizar mas o grande publico  não fez grandes “burburinhos” pela atriz ser a primeira Helena negra...Quem chamou a atenção foi a Aline Moraes (Luciana) o Matheus Solano (os gêmeos) e até o cachorrinho teve destaque pela falta de brilho da personagem principal.

Sei que os “cults” iram dizer que as novelas da rede Globo alienam a sociedade brasileira e blá, blá blá que eu deveria  usar esse horário para ler um livro... A minha “meta de leituras” são três livros por dia, as novelas não estão prejudicando-as, mas, mesmo assim agradeço de coração pela preocupação de quem for comentar sobre.

Nenhum comentário

Postar um comentário

➤ Todos os comentários são moderados.
➤ Comentários rasos e sem sentido não serão aceitos: Nem respondidos e muito menos retribuídos.
➤ Se você NÃO leu o post ou o assunto NÃO te interessa, NÃO COMENTA!
➤ A você que leu o post e vai fazer um comentário pertinente ao assunto, meu muito obrigada.
O mais breve possível passarei em seu blog para retribuir o carinho.

© Lado Milla
Maira Gall