27 de junho de 2014

182/365- A vida contada em semestres...


Desde o dia que decidi ter uma vida de universitária, minha vida se resume há dividir os anos em dois semestres. Estamos no mês de junho e tenho somente duas notas faltando (prova substantiva e exame final) para acabar o primeiro semestre do ano de 2014. Ainda é cedo para fazer retrospectiva do ano de 2014, mas por ter passado a metade do caminho... Posso dizer que esse ano está me surpreendendo positivamente claro. E acho que eu estou surpreendendo esse ano também positivamente e negativamente. Mas dai, é assunto para outros posts...

No inicio do ano (praticamente no carnaval), eu comecei a trabalhar como secretaria, em uma escola de administração  no período vespertino. No período matutino fiz no total de quatro matérias sendo que uma matéria é, o estagio básico II em uma escola pública da minha cidade no sul da ilha, que ficava praticamente ao contrário de onde fica a minha faculdade e meu serviço...

O inicio do semestre seria TENSO! Em letras garrafais mermo! Porém, só me avisaram isso praticamente, um mês depois que o ano de 2014 já tinha começado... Não ouve o momento de sofrer por antecedência e nem aquele nervosismo normal, pois, “quando eu vi, eu já estava indo...” sim, eu não posso deixar de usar essa velha expressão... Se não bastasse, a faculdade e o serviço tomarem praticamente metade dos meus dias (12 horas). Tinha o estágio de Psicologia, na escola do sul da ilha uma vez por semana (sexta-feira).

Não estou escrevendo para arrumar justificativas. Para dizer a verdade, nem sei bem o motivo de estar escrevendo... Acredito fazer parte da evolução das garotas de vinte poucos anos que escrevem textos de mais de quinhentas palavras falando sobre a Life... Quanto na adolescência (quando a blogosfera começou...) mal escrevíamos uma frase para resumir o nosso dia-a-dia.

Confesso que, eu gostei dessa vida corrida... Com trocado no bolso (principalmente)... Mesmo o tempo sendo escasso (antes mesmo de começar os jogos da copa). Eu gostei do carinho e abraços desconhecidos de crianças que estão agarrando com “unhas e dentes” para ter uma infância inocente, longe das maldades da vida adulta. Eu gostei das pessoas novas que eu conheci na metade do ano passado e que continuaram fazendo algumas matérias comigo esse semestre... No emprego conheci todo o tipo de profissional, porém, fui acolhida pelos mais queridos.


Como escrevi lá no inicio, ainda estamos na metade do caminho. 
Continuação no próximo semestre...

2 comentários

  1. Correria faz bem! :)
    É claro que, como tudo na vida, se é demais faz mal, é preciso ter um tempo livre pra descansar, mas mantém a cabeça ocupada.

    Boa sorte com o próximo semestre!

    ResponderExcluir

© Lado Milla
Maira Gall