1 de maio de 2015

#ROTAROOTS- 03 livros que que mudaram minha vida

O Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor (também chamado de Dia Mundial do Livro) é um evento comemorado todos os anos no dia 23 de Abril, e organizado pela UNESCO para promover a o prazer da leitura, a publicação de livros e a proteção dos direitos autorais. O dia foi criado na XXVIII Conferência Geral da UNESCO que ocorreu entre 25 de Outubro e 16 de Novembro de 1995. A data de 23 de Abril foi escolhida porque nesta data do ano de 1616 morreram Miguel de Cervantes, William Shakespeare e Garcilaso de la Vega. Para além disto, nesta data, em outros anos, também nasceram ou morreram outros escritores importantes como Maurice Druon, Vladimir Nabokov, Josep Pla e Manuel Mejía Vallejo.

Este post é um dos temas do mês de Abril/2015 da blogagem coletiva/meme do Rotaroots, um grupo com a missão de resgatar os bons tempos da galera blogueira old school. Curta a fanpage e participe do rotation

03 livros que que mudaram minha vida

01- Pretinha,eu?

Caro e tradicional, o Colégio Harmonia nunca teve uma criança negra entre seus alunos. Até o dia em que Vânia ganha uma bolsa de estudos do dono da escola. Diante desse 'escândalo', a sala do 6.o ano torna-se o campo de uma batalha covarde. Todos os alunos se unem contra Vânia pelo fato de ela ser negra e pobre. O diretor e os professores, então, mobilizam-se em uma cruzada contra a discriminação.

Li sobre descriminação, desrespeito, bullying e racismo depois de ter sentido na pele o ano inteiro... Tem um episódio na minha vida que com 13 anos sofri bullying e pude ver como as crianças podem ser maldosas mesmo com toda a sua inocência e como os adultos reforçam esse comportamento de desrespeito e descriminação na escola. 

02-  A culpa é das estrelas

Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante - o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos -, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.


Já falei da "decepção cinematográfica" acho que a metade dessa decepção foi ciume de dividi-lo com outras pessoas... Porém o livro teve uma tarefa concluída de nos encher de um fervor quase que religioso. O sentimento de AMEBA me consumiu diante a leitura. Mas, o sentimento só faz sentido e causará a mudança necessária se sentirmos mesmo que doa. 

03-  O Extraordinário 

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.


Esse livro me lembrou um pouco da 1° primeira vez que li o livro Pretinha,eu? lembrei~me da garotinha "desfigurada" de 13 anos que só estava precisando de uma atenção especial pois, estava com um gesso em volta da barriga depois de uma operação na coluna... A prendi a superar tudo e esse livro me ensinou a superar os obstáculos. 


10 comentários

  1. Que bacana! Acho que não li o primeiro livro (apesar de ter cara de algo que me atrairia na biblioteca, quando eu era mais nova) mas os outros 2 são mesmo ótimos e também me marcaram! :) Não se desespere, mas ouvi falar que o extraordinário tb vai ter filme... Ahaha. :P Notei que os 3 livros tem personagens que passam por tribulações e de certa forma são diferentes das outras crianças... Será coincidência? Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante suas escolhas, só li A Culpa é das Estrelas, ainda não vi o filme.
    Sobre o primeiro livro é complicado a questão não só racial, mas tudo aquilo que foge dos padrões acaba despertando atitudes ruins, de adultos e adolescentes. Mas sonho com um dia em que as pessoas aceitarão as diferenças.
    Um abraço o/

    ResponderExcluir
  3. Olá Camylla, td bem? adorei seu post sobre o livros que mudaram sua vida, sem dúvidas a depender do conteúdo do livro ele pode nos inspirar muito, não só com histórias parecidas com as nossas vidas como também nos inspirar a fazer coisas boas, a entender o lado bom as coisas. Desses três eu li apenas a culpa é das estrelas, emocionante, lição de vida, acho que um dos melhores que já li na vida. O primeiro livro eu já me interessei bastante em procura-lo para ler, e o terceiro é meio a minha história de vida, já passei por preconceito ou o famoso bullying, principalmente na escola, realmente os jovens colegas não perdoava mesmo, sofri muito com isso e de certa forma a gente cresce com isso, e muita gente leva isso na cabeça a vida toda. Enfim acho que um bom livro todo jovem deveria ler, entender os lados da história de cada um e compreender também. Enfim, acabei fazendo um texto no comentário, parabéns pelo excelente, blog bjs

    ResponderExcluir
  4. Não conheço o primeiro livro, mas confesso que Extraordinário tbm mudou a minha vida =D Ele é lindo demais...
    A culpa é das estrelas, terminei o livro soluçando rs

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li nenhum desses
    mas um que mudou minha vida foi O Conto da Ilha Desconhecida - de Jose Saramago
    mto bom

    ResponderExcluir
  6. Desses só li A Culpa é das Estrelas,muito bom!Dizem que Extraordinário também é muito bom!Beijos :3

    http://everything2k.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. ACEDE e Extraordinário foram livros que mudaram a minha vida também!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu também amei A culpa é das estrelas e tenho visto tanta gente falando bem de Extraordinário que estou com vontade de ler.
    Beijos

    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  9. "A Culpa é das Estrelas" é um dos meus livros favoritos, fiquei com ele no pensamento dias depois de ter terminado. Acho que por ter gostado tanto assim do livro, resolvi não assistir ao filme, haha. Sei que mudaram várias coisas, então preferi não passar por isso e ficar só com o livro no coração. "Extraordinário" também é um livro muito bonitinho! Comecei a ler sem saber muito bem o que esperar e terminei arrebatada. <3

    ResponderExcluir
  10. Muito legais. O primeiro eu não conhecia mesmo. O Culpa eu nào tenho tanta curiosidade, mas o Extraordinário é um dos meus preferidos. Simples, mas muito emocionante <3
    ;**

    Red Behavior

    ResponderExcluir

© Lado Milla
Maira Gall