11 de agosto de 2016

Beda #11 - Eu sou linda e você?



That's the price of beauty
Who says you're not pretty
Who says you're not beautiful
Who says

Quando eu comecei a escrever o tema da blogagem coletiva do #BEDArJUNTAS dessa semana eu lembrei de ter escrito alguma coisa sobre no #stopthebeautymadness á alguns anos atrás...

Graças, ao estrabismo, eu uso óculos desde bem pequena... O fato de usar óculos me incomodou muito na infância. Não pelo acessório, em si, que eu sempre gostei e todo ano eu estava com um estilo de óculos diferente. Mas, pelo fato de sofrer com os apelidos cada vez mais criativos dos coleguinhas da escola (Naquela época, ganhei fama de mal criada. Porque eu respondia os “engraçadinhos” com palavrão rs).

Nos filmes infanto-juvenis As características das meninas e dos meninos que usam óculos geralmente são de pessoas desengonçadas e fora do padrão de beleza. Eu nunca deixei de me sentir assim... As garotas e os garotos mais bonitos não usavam óculos e tinham olhos perfeitos.

Na adolescência comecei a usar maquiagem. Lembro-me da minha mãe ter me maquiado e eu ter achado o resultado bacana, mas coloquei óculos de grau e ficou parecendo à mesma coisa de cara limpa... Tanto trabalho para depois colocar os óculos e acabar com o make ¬¬ o máximo que eu usava na época (e ainda uso) é o lápis preto e um gloss ou batom vermelho, mas geralmente eu saio de “cara limpa” pelo simples motivo que não tenho paciência em acordar cedo ou parar tudo que eu estou fazendo para me maquiar... Nunca me achei a “beauty queen” e também ninguém me considerou bonita... 

A Psicologia explica isso usando o termo de “profecia auto realizadora”. 
A profecia auto- realizadora diz que, quanto mais às pessoas acreditam em uma coisa, mais elas podem influenciar no seu acontecimento.

Isso quer dizer que, nesse exemplo Alguém diz que você não é bonito e você passa a acreditar nisso e acaba não se considerando uma pessoa bonita... A grande mídia, faz isso toda hora “caga” padrões a cada milésimos de segundo dizendo que, o padrão de beleza é X as pessoas que tem o padrão Y ou tentam se encaixar no padrão X ou, se possível, usam corretivos nas imperfeições para se enquadrar nesse padrão.

Ainda na minha adolescência tinha um garoto muito lindo na minha escola e as meninas sem exceção babavam pelo garoto... O garoto era desenhista e um dia ele foi desafiado a desenhar as garotas e ele teve a ideia de desenhar partes do rosto das meninas que ele mais gostava... A parte que ele mais gostava de mim era a boca que ele achava muito bonita... Depois daquele dia, eu aprendi a gostar de alguns detalhes do meu corpo até dos meus olhos estrábicos... Mas, ainda assim nunca me achei bonita.

Aprendi desde cedo a gostar dos "Detalhes" sem precisar de meios como maquiagem, Photoshop ou filtros para mentir ou disfarçar algo que eu não sou... As mulheres se tornaram feias não por mostrarem suas imperfeições, mas, por não saber lidar com a cara limpa diante dos milhares "Selfies" cadê as "caras&bocas" e sorrisos nas fotos?



Who says
Who says you're not perfect
Who says you're not worth it
Who says you're the only one that's hurting
Trust me
That's the price of beauty
Who says you're not pretty
Who says you're not beautiful
Who says



Esse trecho da canção da Selena foi um "tapa com luva de pelica" em mim (principalmente) pois sempre quis seguir ou ter os padrões de uma pessoa considerada bonita e tive vários exemplos nesses vinte e poucos anos... que, esses padrões mudam e as opiniões também... Escutava antigamente que "beleza não se expõe na mesa" hoje se expõe nas redes sociais, mas, mostramos algo maquiado algo que não é real. 

A verdadeira beleza esta nos "Detalhes" nenhuma maquiagem pode ser mais indispensável que olhos brilhando, sorriso no rosto... Maquiagem não disfarça "cara amarrada" então, bora ser feliz isso sim é indispensável para sermos bonitos por dentro e por fora!


Vejam agora a postagem coletiva das outras blogueiras que participam do projeto #bedarjuntas:




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei comentando com vocês sobre o BEDA (principalmente no Snap!!):
Snapchat: Lmilla5

14 comentários

  1. Adorei Linda seu post,tbm sofri com óculos Na minha infância,ate hoje.Fiz ate um post no meu blog sobre isso! Ah estou participando desse desafio tbm,da uma molhadinha la...
    http://claudiabeatrizblog.blogspot.com.br/2016/08/eu-sou-linda-e-voce.html

    ResponderExcluir
  2. Amei o teu post Camy, já tive problemas com óculos também, quem nunca né, já chegaram até a quebrar o meu óculos na época de escola, mas vida que segue, todas essas coisas servem pra nosso tornar quem somos hoje em dia! Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Adorei Camy !! Uso óculos de grau desde a 4º série, e sempre, SEMPRE mesmo me zoaram por causa disso, mas eu nunca liguei, meus '4 olhos' me fizeram enxergar o mundo com mais cor! E isso pra mi foi melhor e maior do que qualquer critíca! Sou apaixona por óculos, pretendo ter uma coleção bem diversificada e acho que sem óculos eu não seria quem sou hoje rsrsrs'

    Amei <3

    ResponderExcluir
  4. Acho que sempre sofremos um pouco com que os outros opinam de nossas vidas... É UMA questão de aprender...
    Ja'fui gordinha e sei como é isso...
    Beeeijos!

    http://www.luhcastt.com/

    ResponderExcluir
  5. A um tempo atrás eu fiz um post sobre a descoberta de algo bonito em mim e terminei dizendo que temos que prestar atenção às dicas que a vida dá sobre a pessoa maravilhosa que cada um de nós é... E lendo esse relato do menino que desenhou sua boa associei a isso, acho que pode ter sido uma das suas milhares dicas.
    O que você disse é verdade: maquiagem não esconde cara amarrada e, a longo prazo, mau caratismo. Então bora ser bonito de verdade por dentro, já que por fora é uma eterna construção social entre um padrão de momento e outro!

    ResponderExcluir
  6. Nunca usei óculos mais já sofri .
    Tenho os olhos grandes , na escola tinha
    Um menino que me chamava de olho
    de peixe . Isso me deixava extremamente
    Chatiada e me sentia um lixo . Tudo mudou
    Quando virei adolescente tudo cresceu
    No corpo eu passei a entender mais as coisas.
    Não vivo hoje no mundo padrão,maquiagem pra
    Mim não e vida e nunca sera. Ficar de cara
    Limpa e gostoso demais , e ser voce mesma
    E mais gostoso ainda . ...

    ResponderExcluir
  7. Muito bom, Milla. Sabe eu sofri bullying na escola e até hoje tenho um pouco de problema com a minha aparência. Só não uso maquiagem todos os dias, porque me sinto ainda pior, sinto que não sou eu. Então deixo para ocasiões especiais, para dias que eu me sinta especial. Eu trabalho com crianças e adolescentes, um dia desses uma menina me contou que se sentia feia porque as pessoas da escola diziam isso para ela. Eu dei um monte de conselhos (como se eu fosse a pessoa mais realizada do mundo) para que ela se aceitasse como era e ignorasse a opinião de quem não acrescenta nada. Uns dias depois, ela veio me agradecer dizendo que agora ela se sentia mais bonita graças a mim. E sabe que nesse dia eu me senti a pessoa mais linda do planeta? As vezes quando a gente trabalha a beleza interior ela surge na exterior. Assim como o seu post, que mostrou a pessoa linda que você é. Beijão e desculpe pelo textão. <3

    ResponderExcluir
  8. Que lindo esse texto, eu também a minha vida toda me senti a patinho feio por ser a mais gorda do grupo. Mesmo quando era mais magra eu era a mais pesada do grupo e isso me chateava demais. Hoje, mais especificamente esse ano, comecei a tentar me ver com outros olhos, olhos mais gentis e está sendo uma jornada incrível!
    Beijos,

    Amanda
    http://talesandtalks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Amei seu post, eu sofri na infância por ser muito magra, me sentia muito feia e fora do padrão ate que comecei a evoluir meu pensamento e agora me acho linda e o resto que se lasque. E menina você é linda! Beijos!

    ResponderExcluir
  10. exatamente, a maquiagem é pra te alegrar, se sentir MAIS bonita (nota que "grifei" o mais), nao adianta se enxer de make, se tu nao te acha bonita, vai continuar nao te achando com make
    e sobre auto estima, nao sei se tu conhece o canal "Tá, Querida", se nao, olha esse video https://www.youtube.com/watch?v=aFRA5LNYNdM
    beijos, otimo post

    ResponderExcluir
  11. Ri demais quando você falou "Naquela época, ganhei fama de mal criada. Porque eu respondia os 'engraçadinhos' com palavrão rs" hahah Ainda que você respondia! Eu quando criança sempre chorava quando alguém pegava no meu pé, o que só piorava a situação, porque viam que eu ficava desconfortável e faziam de tudo para me deixar mais para baixo ainda. Eu inventava mil desculpas para não ir à escola e não tinha nem vontade de levantar da cama. Então, quando eu tinha 12 anos minha mãe teve que me trocar de escola. Na época, claro, parecia horrível (eu era muito emotiva e tímida), mas agora acho engraçado. Mas a questão é: trocar de ares faz bem. Me fez perceber que não preciso me encaixar em padrões e que independente do que eu faça, nunca é possível agradar a todos. E tudo bem não ser perfeita, tudo bem não ser igual à todos, tudo bem ser você mesma. Se fosse possível eu curtiria esse post mil vezes e voltaria no tempo para fazer aquela guria chorona ler e perceber que não havia nada de errado nela. Beijooos <3

    https://itiskimby.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  12. Ótimo tema de interação! Realmente os padrões impostos pela sociedade são sufocantes e, por mais que às vezes tentamos não nos encaixar, quando jovens, é muito difícil ter essa percepção aberta e simples. Que ser bonito não depende de estar dentro ou fora de algum padrão que sequer deveria existir, ser bonito depende de se sentir bonito, como você é. Não conhecia a "profecia auto realizadora" e acho que podíamos fazer o movimento reverso: auto afirmar a beleza como individual das características de cada um, como cada um é e gosta de ser.
    xoxo

    ResponderExcluir
  13. Já me fizeram me sentir a menina mais feia do mundo, diante de ridicularizações e ofensas. Ultimamente me injuriam e tentaram fazer com que eu me sentisse mal por ser magra. Mas eu não peguei aquilo pra mim como verdade absoluta, porque sei da minha realidade, da minha saúde e da minha beleza ou falta dela. Já fui muito de me sentir feia, depois recuperei minha autoestima e passei também a me cuidar mais, me valorizar, e hoje eu digo com total certeza que eu não tenho mais nenhum complexo quanto a isso. Sou indiferente, não me sinto feio nem bonita, me acho normal rsrsrsrs.
    Essa música da Selena eu amava na época e até hoje tenho um carinho especial por ela <3
    Beijo

    Juhlihipy

    ResponderExcluir

➤ Todos os comentários são moderados.
➤ Comentários rasos e sem sentido não serão aceitos: Nem respondidos e muito menos retribuídos.
➤ Se você NÃO leu o post ou o assunto NÃO te interessa, NÃO COMENTA!
➤ A você que leu o post e vai fazer um comentário pertinente ao assunto, meu muito obrigada.
O mais breve possível passarei em seu blog para retribuir o carinho.

© Lado Milla
Maira Gall