9 de dezembro de 2016

Mudar...


_Vamos mudar? 

Mudar... Primeiro eu mudei de fase do desenvolvimento humano; bebê, criança, adolescente e jovem adulto... Mudei de idade, os meus 18 anos de idade pesaram muito mais que os meus atuais 30 anos. 

Mudei de personalidade; Ao longo desse tempo fui moldando os meus pensamentos, sentimentos e a minha maneira de agir ao longo dos meus vinte e tantos anos... . Sinto saudades de quem eu era... Embora, eu saiba que não posso voltar atrás. 

Morei em um pequeno apartamento até os 06 anos de idade. Quando eu completei 07 anos, meus pais acharam que eu precisava socializar com as crianças da minha idade... Então, junto com os meus pais eu mudei de endereço; indo morar em uma casa localizada em um bairro cheio de crianças de diferentes faixa-etária. 

Mudei de companhias, colegas, amigos, amores... Descobri um pouco tarde o real significado da frase “Sua melhor companhia é a si mesmo”... E que os melhores aprendizados acontecem de dentro para fora, e não ao contrário como um dia eu pensei. 

Você veio no meio de TODAS essas mudanças. E desde a sua vinda até o seu abrupto "adeus" bagunçou meus pensamentos e sentimentos e bagunçou ainda mais a Life... Depois de um tempo você quis voltar, como se nada tivesse acontecido... Como se nada tivesse mudado, como se ainda eu tivesse no mesmo lugar esperando você voltar. 

Porém, eu mudei muito, e não preciso que acreditem na minha mudança para que eu tenha mudado é só observar minhas atitudes e verá que, mesmo eu sendo eu mesma, com essa coleção de clichês que me cercam e cercam minhas palavra eu nunca mais serei a mesma.




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 
Estarei comentando com vocês sobre o BEFA (principalmente no Snap!!):
Snapchat: Lmilla5

6 comentários

  1. Nossa, amei o seu post! E realmente sofremos por muitas mudanças ao longo da vida. E existe mesmo essas pessoas que saem de nossas vidas e depois querem voltar como nada estivesse acontecido. Amei seu texto! Já estou seguindo o seu blog! Bjos, Mari

    marinspira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Mudanças e mais mudanças. A vida é cheia delas mesmo! Eu hoje com meus 22 anos às vezes não me reconheço com o que era quando tinha 21 anos. Se um ano pode fazer diferença? Imagine o que dois anos podem fazer.

    Até mais!
    Karolini
    womenrocker.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Uma das coisas mais difícil é percebermos as mudanças das pessoas com quem nos cruzamos no dia-a-dia. Todos os dias vamos mudando, mas quando nos cruzamos com alguém de há muitas mudanças atrás é quase como se fossem duas pessoas diferentes que se encontram.
    Beijinhos, Mafalda

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro mudar. Mudanças nunca foram um problema para mim. Gosto de pensar que hoje eu sou uma pessoa diferente do que era ontem e amanhã serei outra pessoa. Gostei do texto, especialmente do último parágrafo.

    Beijo,
    https://goo.gl/z0jtbf

    ResponderExcluir
  5. As mudanças fazem parte da nossas vidas em todos os momentos, gostei da maneira que vc falou das mudanças que teve ao longo da sua vida ate o momento mesmo não aprofundando muito em detalhes, transmite um sentimento de renovação. Super beijo da Luma

    ResponderExcluir
  6. Mudança é a lei, não é? Ante tinha medo de qualquer possibilidade de transformação, o que talvez seja um trauma da adolescência, mas felizmente depois dos 18, a idade mais terrível e mais incrível da vida (até agora, nos meus 23) comecei a amar mudanças! Nem sempre elas aparecem pros outros, mas estão lá.
    Um beijo!

    ResponderExcluir

© Lado Milla
Maira Gall