24 de setembro de 2017

Eu assisti: How I Met Your Mother

Eu realmente não lembro quando comecei assistir How I Met Your Mother. Porém, foi de uma maneira extremamente despretensiosa... A primeira ameaça que a série poderia sair do catálogo da Netflix eu ainda estava na 3° temporada. Não "maratonar" acabou me proporcionando a deliciar com cuidado cada episódio.

Confesso para vocês que eu não gosto muito de séries no formato Sitcom:

Sitcom, abreviatura da expressão inglesa situation comedy ("comédia de situação", numa tradução livre), é um estrangeirismo usado para designar uma série de televisão com personagens comuns onde existem uma ou mais histórias de humor encenadas em ambientes comuns como família, grupo de amigos, local de trabalho. Em geral são gravados em frente de uma plateia ao vivo e caracterizados pelos "sacos de risadas", embora isso não seja uma regra.
A série How I Met Your Mother é conhecido por sua estrutura única e humor excêntrico, recebeu críticas positivas na maior parte de suas nove temporadas e ganhou status cult ao longo dos anos, com milhões de fãs. O seriado foi indicado para 24 prêmios Emmy. 

Eu realmente não lembro exatamente quando comecei assistir a série How I Met Your Mother . Porém, foi de uma maneira extremamente despretensiosa... a primeira ameaça que a série poderia sair do catálogo da Netflix eu estava na 3° temporada. Não "maratonar" proporcionou deliciar-me em cada episódio. 

É um seriado de comédia com sintuações da vida real. Esse foi um dos motivos do HIMYM ser a minha série de comédia preferida! No decorrer dos episódios aprendemos muito com os conselhos do Ted do futuro, a relação do Marshall e da Lily (como não amar?), As sintuações Legendárias que o Barney passava com os amigos e até o beijo de Barney e Robin me fez torcer até o final para que o casal enfim se acertasse.


O How I Met Your Mother é cheio de lições sobre a vida e passa a mensagem de que não importa quanto tempo demore -- nove temporadas é muita coisa --, o amor da sua vida vai chegar um dia.

Pensando nisso, o site IGN escolheu 19 conselhos que recebemos sobre a vida com Ted Mosby, Lily Aldrin, Marshall Eriksen, Robin Scherbatsky e, claro, nosso lendário Barney Stinson.

19 LIÇÕES DE VIDA QUE APRENDEMOS COM
 HOW I MET YOUR MOTHER 




1. The Platinum Rule (A regra de platina)
Onde apareceu: "The Platinum Rule" (3ª temporada, 11º episódio).


Na terceira temporada de How I Met Your Mother, Barney diz que a regra de ouro é sempre "amar o próximo". O personagem, famoso por fazer piadinhas sacanas, criou então a "Platinum Rule", em que você jamais deve se relacionar com alguém que você tenha qualquer tipo de relação profissional -- como colegas de escola ou trabalho.

Ted ignora completamente o conselho do amigo para sair com Stella, a dermatologista que eventualmente o largaria no altar. Ninguém mandou.

2. The Lemon Law (A lei do limão)
Onde apareceu: "The Duel" (1ª temporada, 8º episódio).


A lei do limão é bem simples: de acordo com Barney, em cinco minutos de um encontro, as pessoas já sabem se vão dar certo ou não como um casal. O personagem ainda fala que os relacionamentos seriam muito mais fáceis -- e os encontros menos constrangedores -- se as pessoas de fato aplicassem a lei do limão.

3. Corra atrás dos seus sonhos sem medo de se machucar: Onde apareceu: "The Window" (5ª temporada, 10º episódio).

"Se você não está assustado, você não está arriscando. E se você não está se arriscando, então o que raios você está fazendo?"

Em The Window, Ted (que é arquiteto) recebe a proposta de voltar a construir o prédio da Goliath National Bank. Porém, após ter seu projeto recusado pela primeira vez, o protagonista da série afirma que tem medo de se magoar novamente.

Então How I Met Your Mother nos ensina que sim, o futuro é assustador -- principalmente se você se machucou em um relacionamento ou situação anterior. Mas será que vale a pena deixar seu medo vencer e abrir mão de se arriscar -- consequentemente, de não ser feliz?

4. The Cheerleader Effect (o efeito de líder de torcida) Onde apareceu: "Not a Father's Day" (4ª temporada, 7º episódio).

Em "Not a Father's Day", Barney mostra um grupo de meninas que parecem muito bonitas juntas, mas ao aproximar a câmera e mostrá-las separadamente, nenhuma é verdadeiramente atraente.

No episódio, ainda, os amigos mostram à Stinson que esse efeito não ocorre apenas com mulheres, e sim com qualquer grupo. O que ninguém sabia é que foram os criadores da série que inventaram a ideia. Mais tarde, um artigo científico da Universidade da Califórnia foi publicado comprovando esse fenômeno.

O “efeito cheerleader” acontece porque o sistema visual cria um padrão ao observar o rosto de várias pessoas em conjunto, como se fizesse uma média conjunta. Isso significa que os rostos são mais atraentes quando vistos em grupo, porque se parecerem similares a um rosto médio do grupo, o que é mais atraente que o rosto individual de cada um.

5. Nothing Good Happens After 2am (Nada bom acontece após às duas da manhã) Onde apareceu: "Nothing Good Happens After 2 A.M." (1ª temporada, 18º episódio).


"Crianças, nada bom acontece após às duas da manhã. Se você teve alguma ideia, se você sequer pensou em fazer algo depois desse horário, apenas vá dormir". Ted nos ensina isso logo na primeira temporada da série, quando é convidado para ver Robin durante a madrugada -- sendo que ele estava comprometido com Victoria, a confeiteira que foi fazer intercâmbio para a Alemanha.

A regra ainda é relembrada em vários momentos do seriado, sendo eternizada pelos fãs do show.

6. The Hook (ou estar no "gancho") Onde apareceu: "Hooked" (5ª temporada, 16º episódio).



A ideia do "hook" é uma das mais cruéis -- e ao mesmo tempo, uma das mais realistas. O vídeo acima pode estar em inglês, mas quem não é fluente no idioma também consegue entender: ser pego pelo "gancho" é se apaixonar por uma pessoa que não sente o mesmo por você, mas te mantém por perto porque gosta de ser mimado.

Por isso, essas pessoas não tomam coragem para dizer "eu não posso ficar com você", porque isso acabaria com as esperanças de quem está apaixonado. Em vez disso, elas completam a frase falando "por enquanto", ou "agora", sugerindo que, em um futuro próximo, talvez, vocês terminassem juntos. E, de acordo com a teoria, isso nunca vai acontecer.


7. Legendary (Lendário) Onde apareceu: "Sunrise" (9ª temporada, 17º episódio).


"Não é lendário se os seus amigos não estiverem lá para ver."

Dizer que algo era "legendary" (ou lendário) em How I Met Your Mother significava muitas coisas. Mas na nona temporada da série, Barney, personagem que mais usa a expressão -- sempre acompanhado de um "wait for it", ou "espere por isso" --, diz que tudo sempre será lendário se for ao lado dos seus amigos.

Essa mensagem é ótima: quer dizer que não importa se você lambeu o Sino da Liberdade, na Filadélfia, como acontece no seriado, ou se um urso entrou no seu casamento, como acontece no casamento de Barney e Robin. Aquele momento só será inesquecível se você estiver rodeado de pessoas que você ama.

8. Alguns casais têm data de validade Onde apareceu: "Something Blue" (2ª temporada, 22º episódio).


"Você roubou uma trompeta francesa azul por mim."
"Eu teria roubado uma orquestra inteira."

O episódio "Something Blue" mostra como Ted e Robin terminam pela primeira vez. Ao se perguntarem como eles se vêem no futuro, Ted diz que quer estar casado e com filhos, enquanto Robin quer focar em sua carreira. E é quando eles percebem que o relacionamento deles tem data de validade.

Muitos casais possuem data de validade, seja ela diferentes objetivos de vida -- como aconteceu com o casal do seriado -- ou questões emocionais, como o fato de uma pessoa querer um relacionamento sério, enquanto a outra só quer curtir a vida.

9. Para um relacionamento dar certo, você só precisa de duas coisas: química e timing. Onde apareceu: "The Best Man" (7ª temporada, 1º episódio).



O título desse item diz por si só: para um relacionamento dar certo, é necessário que haja química e timing. Então não interessa se você e a pessoa não conseguem ficar perto um do outro sem sentir aquela faísca e aquele sentimento que quase não conseguimos guardar dentro do peito. Se o timing não estiver certo -- isto é, se a pessoa não quiser um relacionamento sério naquele momento da vida e vice-e-versa, a relação provavelmente não vai para frente.

10. “Você pode deixar para trás a sua raiva, e é só quando você faz isto que ela se vai de verdade e você pode seguir em frente.” Onde apareceu: "Happily Ever After" (4ª temporada, 6º episódio).


"Você pode pensar que as suas únicas opções são engolir sua raiva ou jogá-la na cara de alguém, mas existe uma terceira opção: você pode simplesmente seguir em frente."

Quando Stella larga Ted no altar, os amigos do protagonista esperam que Mosby fique bravo e chateado -- com toda a razão. Porém, Ted diz que está bem e que não está disposto a sentir ódio da ex-noiva.

Por conta de uma reviravolta no episódio, o protagonista decide confrontar Stella e descontar toda a sua raiva por ter sido abandonado, mas desiste ao ver sua ex com Tony e sua filha, e percebe que, para de fato seguir em frente, é necessário deixar a raiva para trás.

11. O futuro é assustador, mas você não pode ficar simplesmente correndo de volta para o passado só porque ele é bem conhecido. Onde apareceu: "Challenge Accepted" (6ª temporada, 24º episódio).


"O futuro é assustador, mas você não pode apenas correr para o passado porque é familiar. Sim, é tentador, mas é um erro."

Quando surge a possibilidade de Robin e Barney voltarem -- para a alegria de muitos fãs --, a ex-estrela pop canadense percebe que só queria voltar com o antigo namorado porque estava com medo.

E essa é a mensagem que How I Met Your Mother quer passar. Sim, o futuro é assustador, mas você não pode correr de volta para o passado só por medo de se machucar. É o que falamos no terceiro item da nossa lista: para ser feliz, muitas vezes é necessário se arriscar.

12. Teoria Dahmer Dobler (A teoria Dahmer Dobler) Onde apareceu: "PS. I Love You" (8ª temporada, 15º episódio).



A teoria Dahmer Dobler também faz parte das regras reais de How I Met Your Mother: um gesto de amor pode ser visto como "fofo" ou "assustador", dependendo da relação entre as pessoas. Na série, eles usam o termo "Dobler", se referindo à Lloyd Dobler, do filme Digam o que Quiserem, que levanta o rádio gigante na janela da menina pela qual ele é apaixonado -- e todos acham isso incrivelmente romântico, porque é um amor correspondido.

Porém, se não for um sentimento recíproco, automaticamente essa atitude é considerada "Dahmer", se referindo ao famoso serial killer americano Dahmer. Ficou confuso? Vamos dar um exemplo aqui: Marshall chamou Lily para sair pela primeira vez entrando no quarto dela sem ela saber e fez uma pequena serenata. Ela achou adorável, mas poderia ter achado terrível -- se não gostasse dele.


13. Cada passo em nossa vida está conectado Onde apareceu: "How Your Mother Met Me" (9ª temporada, 16º episódio).






A maior lição que How I Met Your Mother pode nos ensinar é que cada escolha em nossas vidas vai nos levar ao nosso destino. Não importa quantas vezes passamos desapercebidos pela pessoa certa, uma hora vocês vão se encontrar. E isso nos dá uma esperança sem igual.

Então tudo bem se, quando era mais novo, você estudou com alguém que nunca teve lá muita intimidade: o futuro é um mistério. Pode ser que não dê em nada, mas o destino também pode dar um empurrãozinho, como acontece com Ted e Tracy.

14. Todo mundo tem uma bagagem: Onde apareceu: "The Wedding Bride" (5ª temporada, 8º episódio).


A não ser que você e a pessoa com quem você está se relacionando morem em uma ilha deserta a vida inteira, entenda que seres humanos têm bagagem psicológica. Isto é, antes de você, existiram outras pessoas na vida da sua atual namorada(o) -- e não tem nada de errado com isso.

Então todo mundo já passou por coisas boas e ruins em outros relacionamentos, que talvez elas levem consigo para sempre. Pode ser uma traição, uma lembrança de onde a pessoa gostava de tomar café da manhã ou até dos motivos pelos quais as pessoas brigavam. No caso de Ted, o protagonista foi abandonado no altar e não sabia como contar isso.




15. The Graduation Goggles (Os óculos de "formatura"): Onde apareceu: "The Exploding Meatball Sub" (6ª temporada, 20º episódio).


"Óculos de formatura: que nem acontece no colegial. São quatro anos de valentões zoando crianças com aparelhos. Mas no dia da formatura, você fica todo emocional porque você percebe que nunca vai ver aqueles idiotas novamente."

"Graduation goggles" é, provavelmente, uma das referências mais divertidas em How I Met Your Mother, mas uma que nem todo mundo lembra. A teoria afirma que, pouco tempo antes de uma fase da sua vida acabar, você vai sentir falta dela, mesmo que tenha sido horrível.

Ou seja, você pode ter vivido um relacionamento péssimo, mas nos últimos segundos antes de terminar, você vai olhar para trás com um pouco de saudade -- mesmo que você tenha certeza que quer terminar. No fundo, você só está sentindo falta porque está indo embora.



16. “Quando você encontra alguém que você quer ao seu lado, você faz algo para isto acontecer.” Onde apareceu: "Sunrise" (9ª temporada, 17º episódio).




Sim, falamos nessa lista que How I Met Your Mother dá muita importância para o destino, mas não é só isso. São diversos os momentos na série em que os personagens falam que se você ama algo ou alguém, você não deve deixá-la ir e sim, valorizá-la. Relacionamentos precisam sempre de liberdade, mas não de montanhas russas.

Na nona temporada, Ted finalmente decide deixar Robin ir -- ou seja, aceita que ela vai se casar com Barney. E é quando ele diz que se você quer uma pessoa ao seu lado, você deve fazer algo a respeito disso. Afinal, o destino dá uma mãozinha, mas não vai manter os sentimentos da pessoa por você sem a sua ajuda.

17. "Quase aquilo que você quer, mas não exatamente":Onde apareceu: "Farhampton" (8ª temporada, 1º episódio).


Esse é um dos episódios mais profundos e, ao mesmo tempo, mais hilários de How I Met Your Mother. Quando Victoria entra vestida de noiva no bar McLaren's à procura de Ted, ela está convencida que não quer casar com seu noivo alemão, Klaus. O protagonista da série decide então conversar com Klaus -- é então que ocorre um dos melhores diálogos da série:

Klaus: "Victoria não é a minha 'lebenslanger schicksalsschatz' (que significa "o tesouro do destino ao longo da vida"). Ela é a minha 'Beinahe-Leidenschaftsgegenstand', o que quer dizer que ela é a coisa que você quase quer, mas não exatamente."

Ted: "Como você sabe que ela não é a sua 'lebenslanger schicksalsschatz'? Talvez, com os anos, ela se torne mais 'lebenslanger schicksalsschatz'."

Klaus: "'Lebenslanger Schicksalsschatz' não é algo que se desenvolve com o tempo. É algo que acontece instantaneamente. Esse sentimento passa por você como a água de um rio após uma tempestade, preenchendo e te esvaziando de uma vez só. Você sente pelo seu corpo, nas suas mãos, no seu coração, na sua barriga, na sua pele... Você já se sentiu dessa maneira?"

Apesar de o diálogo ser relativamente longo, o conselho que a série dá é bem simples: quando você conhece a pessoa certa, você simplesmente sabe.

18. A pessoa está chegando o mais rápido possível: Onde apareceu: "As Fast As She Can" (4ª temporada, 23º episódio).


"Eu sei que você está cansado de esperar. E você talvez precise esperar mais um pouquinho, mas ela está à caminho, Ted. E ela está vindo o mais rápido que pode."

Em "As Fast As She Can", Tony termina com Stella (novamente), e a ex-noiva de Ted pede ajuda para que o protagonista a ajude a reconquistar seu antigo amor. Após muitas discussões, Stella afirma que Tony é "o cara certo para ela".

E essa mensagem é importantíssima: sim, pessoas terminam, e muitas vezes, isso é dolorido. Mas nunca perca as esperanças. O amor da sua vida ainda está procurando você -- e garantimos que ela está chegando o mais rápido que pode.

19. Aproveite cada segundo ao lado de quem você ama:Onde apareceu: "The Time Travelers" (8ª temporada, 20º episódio).




Esse monólogo de Ted é o mais emocionante de toda a série. O primeiro motivo para isso é que é a primeira dica que os criadores deram de que a Mãe (Tracy) morreria em How I Met Your Mother. Mas a maneira como Ted fala é uma das maiores declarações de amor que vemos no seriado.

E o último conselho que recebemos é que devemos amar as pessoas do melhor jeito que pudermos, e sempre aproveitarmos a companhia de quem queremos por perto, porque nós nunca sabemos quando elas vão embora. Não precisa ser necessariamente quando a pessoa que você ama morrer -- afinal, pessoas terminam relacionamentos todos os dias. Mas o importante é nunca se esquecer de aproveitarmos cada segundo ao lado de quem nós amamos, porque nada é eterno.



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

10 comentários

  1. Eu comecei a assistir HIMYM, e no dia seguinte, retiraram a série do catálogo. Imagina meu sofrimento ;-;
    Mesmo assim, adorei o seu post. Eu amo de paixão o Barney <3

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia essa série, mas acabei de colocar na minha lista. Acho que eu e meu namorado vamos adorar assisti-la. Obrigada pela dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. essa serie e muito engraçada
    já vi alguns episódios

    ResponderExcluir
  4. A série é ótima e os conselhos são maravilhosos (com exceção dos do Barney). Mas, não há como não comentar: HIMYM<<<<Friends, não tem jeito.

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Não cheguei a assistir a série, tinha dado uma bela enjoada de sitcons, e nunca imaginei que essa série tinha tantas pérolas de sabedoria, adorei cada uma delas e realmente concordo com elas. Inclusive eu e meu marido frequentados o mesmo local durante muito tempo até nos encontrarmos, será mesmo o destino.

    ResponderExcluir
  6. Oi Camyli, tudo bem?

    Não assisti a série, mas sempre ouvi muitos comentários positivos em relação a mesma. Também já tinha lido alguns posts sobre HIMYM, mas nunca li um que fosse tão completo e que me desse motivos tão valiosos. Parabéns pelo post, foi muito bem construído e abordado. A lei do limão chamou minha atenção e concordo com ela!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Tenho vontade de assisti lá mais tenho medo de decepcionar com a série

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bom? Não cheguei a assistir essa série. Depois de ler seu post me deixou interessada e curiosa, parece ser mesmo engraçado e bacana. Os conselhos são maravilhosos, menina, vou começar a assistir agora.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Faz pouco tempo que comecei a ver algumas séries e essa ainda não tinha despertado a minha curiosidade. Seu post foi bem instrutivo para mim, pois eu não sabia o que era formato sitcom. Essas lições de vida transmitidas pela série me deixaram interessada por ela!
    Bjs!
    http://contosdacabana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oiee!
    Já ouvi falar muito dessa série, e já peguei vários spoilers haha mas penso em assistir um dia, parece uma história incrível.
    Beijos

    ResponderExcluir

© Lado Milla
Maira Gall