23 de novembro de 2018

Parte 01: A saga dos Pinschers.



As melhores “lições de vida” que eu pude ter na infância, adolescência e juventude… Eu só pude aprender tendo vários cães que passaram nessa minha trajetória de vinte e poucos anos.

Quando construímos a casa nova moramos por um tempo na casa da vizinha… E lá conheci a raça que é minha paixão; Pinscher, falem o que quiserem, mas eu adoro essas minis-torturas em forma de cães. Na casa da vizinha, tinha um casal de Pinchers (Bubba e Guri) e eu adorava pegar a Bubba no colo e ficar fazendo carinho... O Guri era genioso e bastante bravo devezenquando ele deixava eu fazer carinho sem tentar me morder. Quando eles cruzaram eu ganhei uma cachorrinha pretinha e se chamava Dara (sim, a cigana…). Porém, eu tive que largar a mania de chupar dedo (mais tarde fiquei com nojo de chupar o meu dedo, pois a cachorrinha lambeu…).

A Dara era uma cachorrinha atentada e não curtia muito criança, inclusive a dona, que mordeu-brincou e mordeu mais outras tantas vezes… A cachorrinha dormia no banheiro com casinha e cobertor quentinho mesmo assim pegou pneumonia e pinscher é forte com doenças, mas quando fica doente dificilmente escapa. Para não ficarmos tanto tempo sem cachorro em casa, ganhamos outra pinscher com o nome de Dara II ela era mais calminha que a primeira cachorrinha, mas com as mesmas características… A Dara II ficava na casinha de madeira na cozinha, tenho muitas lembranças daquela “pestinha” correndo atrás de mim… 

Tive outros cachorros da raça pinscher: O pingo (primeiro cachorro macho era o verdadeiro homem da casa…). O Pedro cachorrinho adotado ele veio com uma doença na cabeça (fiquei traumatizada com esse episódio...). A Thalita era dos meus avós ela faleceu com 17 anos era a xodó da família.


Em 2008/2009 A thalita ficava de chamego com o cachorro do vizinho e ficou prenha… Ganhou dois cachorrinhos ficamos com a menina chamada de Mallu Malenotti como o próprio nome diz Mallu de maluca mesmo e é a cachorra mais cara de pau da historia leva bronca e vem toda manhosaaa para quem deu esporro, ODEIA motos e é mal educada com desconhecidos.

[Continuação...]






Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Lado Milla
Maira Gall