24 de janeiro de 2019

Aquele que comecei a escrever um livro... parte II



"... Saudade engole a gente menina ..." 
ouvindo: Tanta Saudade - Chico Buarque

Quando Bernardo chegou no campus estava no "olho do furacão" no meio da linha imaginária que dividia BIXOS & VETERANOS algum engraçadinho do lado dos veteranos jogou um ovo que acertou em cheio o rosto de Bernardo e logo em seguida parecia a cena de filme, os alunos pareciam os gladiadores gritando:_ SPARTACUS!!!
(...)

Naquela chuva de ovos, tinham alunos chacoalhando pacotes de farinha, deixando os alunos no meio de uma fumaça tão branca quando a neve... Mariana depois de levar duas ovadas e um veterano abriu o saco de farinha todo na sua cabeça caminhou um pouco tonta e encontrou as suas amigas que tinham carregado ela da sala de aula e outros alunos da sua turma resolveu entrar na brincadeira abraçando aquelas pessoas desconhecidas e tão sujas  de ovo e farinha quanto ela.

No outro lado do campus,  estava Bernardo tão sujo de ovo e farinha quanto um novato. Dessa vez perdeu as contas da quantidade de ovos e sacos de farinha (que eram a grande novidade daquele ano) despejaram na sua cabeça...  Sentou-se um pouco no banco para respirar e se livrar um pouco daquela massa (mistura de ovo e farinha) que tinha no seu cabelo e escorria no seu rosto.  

 OS GEMEOS


Os amigos de Bernardo,  Bruno e Breno os gêmeos bi vitelinos com personalidades tão diferentes uma da outra que é complicado imaginar que eles foram gerados na mesma gestação e que ocuparam a barriga ao mesmo tempo.
Bruno e Breno tem 19 anos de idade, nasceram no sul do estado. Mudaram-se a dois anos atrás, para a capital quando passaram no vestibular para a universidade Federal para o curso de Direito. Conheceram Bernardo nessa mesma época e tornaram-se amigos inseparáveis desde então, conhecidos no campus da universidade como "3B" ou também, "Os três mosqueteiros". Porém, as semelhanças acabam nesse momento.
A personalidade de Breno é de uma pessoa bem madura para um garoto  de 19 anos. Breno é um garoto estudioso, era o CDF do ensino médio e sempre tinha que ajudar o seu irmão Bruno que  tinha dificuldades nas matérias que envolviam números e fórmulas... Era um garoto muito caseiro, que gostava de assistir filmes e séries na Netflix. Só saia de casa para assistir os shows das bandas undergrounds que eram pouco conhecidas.
Há dois anos atrás, quando Bruno e Breno passaram no vestibular  e mudaram para a capital para cursar Direito na universidade federal da capital. Breno conheceu "Sol" o seu nome na identidade é Solange  o mesmo nome da sua bisavó paterna que nem chegou a conhecer mas, os seus amigos lhe chamavam somente de Sol.

Sol ficou amiga dos gêmeos Bruno e Breno e logo depois os três conheceram Bernardo.

(...)

9 comentários

  1. Gostei imenso da sua escrita. Estou super curiosa por ler toda a história. Me deu uma saudade dos tempos de faculdade... Amei.

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem? Está escrevendo muito bem. Fazia tempo que não passava por aqui, então desejo muito sucesso em 2019. E que realize grandes coisas. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  3. Gostei de como está história começou. Tem aquela pegada de seriado que a gente fica afim de ver os próximos acontecimentos. E Bruno e Breno é a cara de famílias que gostam de nomes combinando. Rsrs

    ResponderExcluir
  4. Olá, bom dia!
    Cadê a continuação?? rs
    Gostei muito e estou curiosa para continuar a leitura... rs

    ResponderExcluir
  5. Oie!

    Sua escrita é muito boa, suas palavras tão bem escritas. Fico no aguardo pela continuação.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Amei e ja posso afirmar que estou curiosa para saber as quais serao as proximas cenas .Olha parabens pela escrita vc e otima

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Sua escrita é muito gostosa! O texto é envolvente, desperta o desejo de ir correndo para uma universidade.

    ResponderExcluir
  8. Ebaaaa! Continuação da história! Já quero mais! :D

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pela história, achei a temática envolvente e a escrita clara e objetiva. Trabalho na área literária, já pensou em publicar com editora ou mesmo independente?

    ResponderExcluir

© Lado Milla
Maira Gall