2 de fevereiro de 2019

Semana LM: Quando eu me tornei gente que escreve.


Quando eu tinha 15 anos eu ganhei o meu primeiro computador (semi-usado) e mesmo contrariados meus pais deixaram o computador ficar na escrivaninha do meu quarto. Eu lembro da minha emoção quando eu criei a primeira pasta com o meu nome no computador com os meus escritos... Principalmente, eu não precisava sentir vergonha da minha letra. A coisa que eu mais gostava de fazer no computador além de escrever, era testar as diferentes tipos de fontes no Word. No final daquele ano, eu conheci as dores e as delicias de finalmente ter internet discada em casa. A internet era mais barata na madrugada e eu só poderia ficar acordada até tarde somente nos finais de semana... 

Resumindo: eu só mexia na internet nos dias de semana quando eu ia passar a tarde no serviço da mãe.


aqui

Há primeira vez que ouvi falar sobre Blog ou algo parecido foi em 2002. Uma colega do grupo de jovens tinha um site pessoal (luxo!!!) que era muito parecido com o formato dos blogs pessoais.

Eu comecei a escrever na internet em 2003, numa plataforma para jornalistas que era gratuita e bastante precária, considerando os blogs famosinhos na época... A linha editorial desde o meu primeiro blog é não-ter-linha-editorial. Os meus textos eram um aglomerado de mimimi´s adolescentes e Ilustrados com imagem piscantes.

Quando eu desencanei dos sites eu comecei a visitar os Blog´s da plataforma Uol (zip.net) que eram a sensação da Blogosfera 2000 com aqueles maravilhosos templates e imagens piscantes... Eu fui percebendo que aquela plataforma não suportava aquela explosão de cores que a blogosfera tinha... O endereço era mylinda.zip depois de tantos templates piscantes, coloridos, rosa bem no estilo patricinha e preto no estilo emo. Eu me apeguei ao template da Bailarina: 

A Bailarina- Dançando com os meus sonhos e ilusões.
No final de 2008, eu fui ser clean no Blogger. Eu fui influênciada por algumas amizades que eu tinha na Blogosfera na época, e  acabei criando o versosembossa.blogspot.com e eu acabei me tornando "alguém que escreve na Blogosfera" eu escrevia sobre o meu dia-a-dia na faculdade, o quanto  eu estava odiando o estágio ñ obrigatório... e nos shows que eu comecei a ir naquele ano.

Desde o inicio, quando começaram a surgir os primeiros blogs eu nunca soube o que estava fazendo "A minha amiga tinha um site pessoal que era muito parecido com o formato dos blogs pessoais dos dias de hoje... Eu sempre achei tudo aquilo o máximo! Queria fazer um "site pessoal" no mesmo estilo ...".

 A primeira vez que visitei a plataforma e apertei no botão -criar um blog -  A cada texto que eu escrevia e publicava a sensação de não saber o que eu estava fazendo permanecia... Conheci pessoas que não faziam a menor idéia da dimensão que tudo aquilo iria tornar-se, éramos somente pré-adolescentes escrevendo sobre dramas de adolescentes.

Sobre as amizades que fiz na blogosfera foram poucas pessoas que permaneceram sendo "Gente que escreve.".




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei comentando com vocês sobre o Blogmas2k18:

Um comentário

© Lado Milla
Maira Gall