7 de fevereiro de 2019

Resenha: A Bruxa não Vai Para a Fogueira



Título: A Bruxa não Vai Para a Fogueira Neste Livro
Autor: Amanda Lovelace
Compre: amazon


Sinopse: Aqueles que consideram “bruxa” um xingamento não poderiam estar mais enganados: bruxas são mulheres capazes de incendiar o mundo ao seu redor. Resgatando essa imagem ancestral da figura feminina naturalmente poderosa, independente e, agora, indestrutível, Amanda Lovelace aprofunda a combinação de contundência e lirismo que arrebatou leitores e marcou sua obra de estreia. A princesa salva a si mesma neste livro, cujos poemas se dedicavam principalmente a temas como relacionamentos abusivos, crescimento pessoal e autoestima. 

Agora, em A bruxa não vai para a fogueira neste livro, ela conclama a união das mulheres contra as mais variadas formas de violência e opressão. Ao lado de Rupi Kaur, de Outros jeitos de usar a boca e O que o sol faz com as flores, Amanda é hoje um dos grandes nomes da nova poesia que surgiu nas redes sociais e, com linguagem direta e temática contemporânea, ganhou as ruas. Seu A bruxa não vai para a fogueira neste livro é mais do que uma obra escrita por uma mulher, sobre mulheres e para mulheres: trata-se de uma mensagem de ser humano para ser humano – um tijolo na construção de um mundo mais justo e igualitário.

Sabe aquele livro que da vontade de marca-lo inteiro de tantas frases boas que ele tem e você enche de post it. São essas frases que te fazem parar, refletir e às vezes até mudar seus conceitos.


Mulheres: Nós podemos fazer ouro do lixo
– um feitiço.

Quando nossas habilidades se tornam muitas, eles tentaremos trancar na escuridão sem ao menos uma vela para nos guiar. Mal sabiam que o nosso fogo-raiva de mulher iluminaria nosso caminho para casa muito bem.
_ você é o seu próprio farol.

Ser uma mulher é estar pronta para a guerra, sabendo que todas as possibilidades estão contra você.
_ e nunca desistir apesar disso
As mulheres aguentam não apenas porque somos capazes disso;
não, as mulheres aguentam porque não temos nenhuma outra opção.
_eles nos queriam fracos e nos obrigaram a ser fortes

Eles vão tentar roubar sua luz & usá-la como arma contra você mesma. Mas há
uma boa notícia: eles não tem perseverança para controlá-la como você tem.
Queime todos os que tentarem queimar você.
_ 2° mandamento das bruxas

Ser mulher não tem que significar essa competição torta. Vamos cultivar a ideia de ser mulher até que ela cresça e se torne irmandade espalharemos sementes de lavanda sobre nossas velhas feridas até que fiquemos finalmente curadas.
_ suas irmãs não são suas inimigas
Rainhas não precisam fazer referências diante de ninguém.
rainhas não precisam de beijos delicados nas costas de suas mãos
rainhas não precisam se desculpar antes de fazer exigências
rainhas não precisam pedir a aprovação de ninguém.
& neste castelo feito do fogo das bruxas somos todas
umas rainhas filhas da puta.
_ e elas beberam vinho e riram para todo o sempre.


[Situação] Há esse livro... Sabe aquele tipo de leitura que fica na sua mente? Tá ai! Ele me instigou a escrever sobre as minhas dores e as alegrias; No que compreendo sobre as coisas que eu sinto e principalmente sobre as coisas que fogem da minha compreensão mesmo sentindo muito!




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

6 comentários

  1. Esse livro parece ser bem interessante, né? Não o conhecia. Adorei a resenha ♥ e a seleção de frases :)

    ResponderExcluir
  2. Que frases maravilhosas! Já havia visto esse livro na livraria onde costumo comprar meus livros mas nunca cheguei a folhear, vou colocar ele na minha lista, talvez compre ele em breve.

    www.agendaleatoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. A Amanda Lovelace está na minha lista há séculos! Sou louca pra ler os livros dela, e esse parece ser incrível <3 Adorei a sua resenha!

    ResponderExcluir
  4. Fiquei interessada em ler! Já li/ouvi opiniões muito diferentes a respeito dele, e me deixou com vontade de tirar minhas propripr conclusões haha
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  5. Que frases mais poderosas! Já havia visto o livro, mas não sabia do seu conteúdo, fiquei muito curiosa para ler, é com certeza um livro que vale a pena ter na coleção.

    http://blink-moments.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oie, eu amo a Rupi com todo meu core, então se a vibe dos livros têm essa conexão, possívelmente iria adora a Amanda. Adoro ler poesias e poemas que trazem num fundo uma construçao crítica. Espero pode comprar o livro em breve :) Adorei o texto. abraços!

    ResponderExcluir

© Lado Milla
Maira Gall