29 de maio de 2020

Resenha: Quem é você Alasca?


Quem lê o blog a mais tempo, chegou a ler por aqui A saga das minhas leituras do autor John Green:


O livro Quem é você Alasca?  foi o quinto livro que li do John Green. O primeiro (A Culpa é das Estrelas) foi maravilhoso e devorado rapidamente, o segundo (O Teorema Katherine), foi uma Leitura sofrível! No decorrer do livro veio à pergunta “tem certeza que é o mesmo autor?”. No terceiro, (Deixe a Neve Cair) uma nevasca durante o Natal, é o pano de fundo para três histórias de amor que se entrelaçam, foi uma leitura bastante cansativa... No quarto livro, (Cidades de Papel) essa leitura serviu para que eu fizesse as pazes com o autor John Green... Essa é a leitura que mais se aproxima do livro "A Culpa É Das Estrelas" com escrita tipica do John Green sem deixar o leitor entediado. Li o livro em menos de uma semana, e não economizei nos post-its.


 Titulo: Quem é você Alasca?
Ano: 2005
Páginas: 335
Idioma: português
Editora: Intrínseca

Sinopse: Miles Halter vivia uma vidinha sem graça e sem muitas emoções (ou amizades) na Flórida. Ele tinha um gosto peculiar: memorizar as últimas palavras de grandes personalidades da história. Uma dessas personalidades, François Rabelais, um escritor do século XV, disse no leito de morte que ia em “busca de um Grande Talvez”.


O livro Quem é você Alasca? do autor John Green foi publicado em 2005 nos Estados Unidos. O livro que deu início ao sucesso que seria o autor completou seus 10 anos e em comemoração a editora Intrínseca publicou uma linda edição comemorativa. A Edição especial contém, além da história original: Um texto de apresentação pessoal e revelador assinado por John; Cenas cortadas do manuscrito original; Detalhes do processo de edição do romance; Respostas de John às perguntas dos fãs 

A edição da editora Intrínseca está maravilhosa, a capa é linda e com aquele aspecto brilhoso e com relevo que eu adoro! A diagramação também está super organizadinha e bem espaçada. As páginas são amarelas bem pensadas para proteger nossos olhos após longas horas de leitura.  O ritmo da leitura do livro Quem é você, Alasca? é ótimo.Tudo acontece a todo momento ao redor dos personagens, a linguagem e as estruturas são muito boas e é repleto de passagens de bom humor, o que suaviza e equilibra os aspectos mais pesados do livro.

“Saio em busca de um Grande Talvez.” Miles Halter

“Mas por que Alasca? Ela sorriu com o lado direito da boca. Bom, mais tarde descobri o que significava. Tem origem na palavra aleúte Alyeska que quer dizer “aquele contra o qual o mar quebra”, e eu amo isso. (..)” Miles Halter


O protagonista é Miles Haulter, apelidado de “Gordo”, ele é aquele típico nerd de todos os livros do Green, não tem amigos, é certinho e sempre se apaixona pela garota errada, a mais popular, a mais bonita e inatingível da história. Os outros personagens da história, por outro lado, são sempre muito bem construídos e interessantes, ao meu parecer eles são o tempero dos livros do Green, quase tão importantes quanto o próprio protagonista. 

“Chega uma hora em que é preciso arrancar o Band-Aid. Dói, mas pelo menos acaba de uma vez e ficamos aliviados.” Miles Halter

Miles mora com os pais e está prestes a deixar sua típica cidade e escola para se aventurar em busca do que ele chama de seu “Grande Talvez”, que nada mais é do que a razão de tudo, o sentido que falta em sua vida. Para isso ele decide ir para uma nova escola, Culver Creek, lá rapidamente faz amizade com seu colega de quarto Chip – conhecido como Capitão, e Alasca Young, a garota mais legal e descolada da escola. Miles fica imediatamente hipnotizado pela perspicaz e intrigante Alasca, ela é tudo que ele não é: engraçada, atrevida, sensual e destemida. Alasca é misteriosa e imprevisível. Perfeita para Miles, não fosse ela comprometida! Descobrir a verdadeira Alasca se tornou um desafio instigante para Miles, afinal, Quem é Você, Alasca? é o título perfeito. Seguido de: o primeiro amigo, a primeira garota, as últimas palavras. Após terminar o livro tudo isso faz sentido. 
“Tantos de nós teríamos de conviver com coisas feitas e deixadas por fazer naquele dia. Coisas que terminaram mal, coisas que pareceram normais na hora, porque não tínhamos como prever o futuro. Se ao menos conseguíssemos enxergar a infinita cadeia de consequências que resultariam das nossas pequenas decisões. Mas só percebemos tarde demais, quando perceber é inútil.”Miles Halter
Em meio a cigarros, bebidas, sexo, trotes de escola, novas descobertas e novos amigos, Miles se vê finalmente levando a vida empolgante que jamais havia conhecido, e Alasca parece aproximá-lo cada vez mais de seu “Grande Talvez”, até que um acontecimento muda completamente as vidas de todos em Culver Creek, e eles tem que aprender a lidar com as conseqüências de atos que nem ao menos haviam se dado conta serem relevantes. 

“Passamos a vida inteira no labirinto, perdidos, pensando em como um dia conseguiremos escapar e em como será legal. Imaginar esse futuro é o que nos impulsiona para a frente, mas nunca fazemos nada. Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente.” Alasca Young

Neste livro,  há uma forte carga emocional inserida nos menores detalhes e banalidades. Por isso leiam tudo com atenção pois os diálogos são as grandes chaves para a mensagem que o autor quis passar. A primeira vista Quem é você, Alasca? pode ser considerado apenas mais um livro sobre colégios, trotes e descobertas adolescentes, mas o que o difere dos outros é justamente a sensibilidade e riqueza de detalhes com os quais Green abordou o tema. Esse livro me revelou um autor maduro que também sabe abordar temas mais sérios com a devida leveza e profundidade. Me emocionei em várias passagens e fiquei com o coração apertado por muitas páginas. É um livro feito para provocar a reflexão sobre várias coisas. Vale a pena ler! 

E, afinal, o que é uma morte “instantânea”? Quanto tempo dura um instante? Um segundo? Dez? A dor desses segundos deve ter sido horrível (…) somente o mais puro pânico. (…) Duvido que a duração de um instante de dor lancinante pareça realmente instantânea. Miles Halter


Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

8 comentários

  1. Já li há um tempo e gostei bastante, é um dos meus preferidos do autor!

    ResponderExcluir
  2. Acredita que tenho esse livro em casa, mas nunca li? Preciso me aventurar!

    ResponderExcluir
  3. Já tinha ouvido falar desse livro, mas ainda não tive a oportunidade de lê-lo.
    Obrigada pelo review.

    ResponderExcluir
  4. Oiii!

    Lendo a sua resenha eu me arrependo de ter passado o livro para frente sem ter dado oportunidade para a história.
    eu conheço essa edição, mas não sabia que ela era tão rica de conteúdo assim. Gostei de conhecer sua visão da obra e quem sabe um dia eu tenho a oportunidade de ler.

    Beijinhos,
    Ani
    www.entrechocolatesemusicas.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Meus favoritos do autor são "Cidades de papel" e "A culpa é das estrelas". "Quem é você, Alasca?" eu não gostei muito na época que li, acredita? Mas tenho vontade de reler, talvez eu mude de opinião. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  6. Oiii

    Eu tentei ler dois livros do Green (O Teorema Katherine e Cidades de Papel) e acabei abandonando os dois, foram cansativos e acho que fui tentar ler talvez em um mal momento leitor, enfim, infelizmente não tenho certeza se os livros do John Green são pra mim, embora ele seja um autor extremamente talentoso e mega simpático. Talvez um dia eu também faça as pazes com a escrita do autor, mas por enquanto ainda acho melhor deixar passar.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Camyli

    Eu tenho este livro há muito tempo na estante junto com mais dois livros do autor e realmente não sei porque deixei de lado e não li o livro. Lendo sua resenha eu fiquei com vontade de lê-lo por isso vou dar prioridade para leitura. Obrigada pela dica.


    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Tenho muita curiosidade de ler esse livro, do autor li apenas dois gostei de um o outro nem tanto, adorei a resenha e saber mais sobre leitura!

    ResponderExcluir

➤ Todos os comentários são moderados.
➤ Comentários rasos e sem sentido não serão aceitos: Nem respondidos e muito menos retribuídos.
➤ Se você NÃO leu o post ou o assunto NÃO te interessa, NÃO COMENTA!
➤ A você que leu o post e vai fazer um comentário pertinente ao assunto, meu muito obrigada.
O mais breve possível passarei em seu blog para retribuir o carinho.

© Lado Milla
Maira Gall