24 de julho de 2020

FOLKLORE BOOK TAG

Hoje não é dia de T de TAG. Mas a 𝐠𝐚𝐛𝐢 𝐬𝐤𝐲𝐰𝐚𝐥𝐤𝐞𝐫 do twiiter @ronanlvynch criou originalmente um BOOK TAG do ultimo álbum da Taylor Swift com o titulo de FOLKLORE.

1. The 1: o primeiro livro de uma série que você ame

Eu não curto muito ler livros de uma série. Mas, eu gostei do Orfanato da S.r. Peregrine eu li somente o primeiro livro e realmente amei! Mas, confesso que tenho preguiça de continuar a leitura.






2. Cardigan: um livro que você madrugou para terminar


Em 2013, eu li Extraordinário, A história de Auggie Pullman, o menino de aparência incomum... Lembro de ter madrugado lendo e e me emocionando com Auggie... E três anos depois, madruguei lendo  O livro Auggie& Eu - Três histórias Extraordinárias não é uma continuação do livro Extraordinário e sim um complemento da história... Dos personagens em relação ao Auggie.



3. the last great american dynasty: um livro que arruinou uma série
Filha Das Trevas - Série Saga Da Conquistadora - Livro 1 Autor: White, Kiersten arruinou a possibilidade de eu ler os outros livros... Infelizmente, a leitura não atendeu as minhas expectativas... Um dos motivos é que esse livro NÃO É DE FANTASIA! e isso não fica claro na sinopse. Esse livro é um reconto histórico sobre os filhos do Vlad da Transilvânia e o Império Otomano. Na minha opinião, misturar fatos históricos com licença poética nada mais é, que fazer um "samba do "crioulo doido" na história. Outro ponto negativo, é a narrativa desse livro que é cansativa por ser muito lenta.

4. exile: um livro escrito por dois autores ou narrado por dois pontos de vista

Deixe a Neve Cair reúne três contos que se passam durante uma nevasca natalina e, de certa forma, se cruzam em determinado momento. Os escritores Maureen Johnson, John Grenn, Lauren Myracle se juntam para escrever esses contos

5. my tears ricochet: um livro impactante que você ainda não superou

O livro O Ódio que Você Semeia da autora Angie Thomas É um tipo de leitura que te causa impacto nas primeiras páginas... Não é um livro fácil, não é uma história simples. É a realidade sem maquiagens. É a ficção descrevendo cada detalhe sobre o mundo em que vivemos, expondo os muitos lados dele - e um desses lados é corroído pelo ódio, pela discriminação, pelo preconceito. É impossível não se identificar com Starr independente da cor da pele as suas ações e o seu comportamento são julgados pela cor da sua pele. Starr vive a mesma realidade que muitos outros jovens. Khalil foi assassinado pela mesma realidade que a de muitos outras vítimas. 

6. mirrorball: um livro guilty pleasure que você ama

Cartas de amor aos Mortos Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky


A leitura é bastante intensa. O que era uma lição, acabou virando um verdadeiro diário com desabafos "Alguns segredos só conseguimos contar aos nossos maiores ídolos" se transformando em uma maneira de Laurel lidar com seu primeiro ano em uma escola nova e com a família despedaçada depois da morte de sua irmã.


7. seven: um livro que você leu há muito tempo, mas ainda é favorito




Feliz ano Velho do Marcelo Rubens Paiva eu li na época da "Biblioteca Unibanco" na empresa de telemarketing que eu trabalhava na época... Tive que comprar uma nova edição para colocar na minha estante

8. august: um livro que você tinha grandes expectativas, mas acabou não sendo tudo aquilo

Teorema Katherine; Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines.


É uma Leitura sofrível! No decorrer do livro veio à pergunta “tem certeza que é o mesmo autor?” fiz algumas tentativas nos dias anteriores, mas a leitura não engrenava só não abandonei a leitura, pois queria comprovar a ruindade do livro... Algumas partes animam, que Colin fala sobre constelações e sobre a importância que é para ele como um garoto prodígio fazer a diferença no mundo tem sacadas realmente bacanas no decorrer da historia... (spoiler)

9. this is me trying: o livro debut de um autor

eu sou burra que não entende esses termos, não sei o que é isso


10. illicit affairs: um casal que você nunca foi fã


O livro A Culpa É Das Estrelas o autor não trabalhou direito o casal Isaac e Monica já que logo eles iriam terminar por isso eu odeio eles por não ter tido nenhum tipo de química...


11. invisible strings: um livro que você leu no momento errado


Mariam tem 33 anos. Sua mãe morreu quando ela tinha 15 anos e Jalil, o homem que deveria ser seu pai, a deu em casamento a Rashid, um sapateiro de 45 anos. Ela sempre soube que seu destino era servir seu marido e dar-lhe muitos filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Laila tem 14 anos. É filha de um professor que sempre lhe diz: "Você pode ser tudo o que quiser." Ela vai à escola todos os dias, é considerada uma das melhores alunas do colégio e sempre soube que seu destino era muito maior do que casar e ter filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Confrontadas pela história, o que parecia impossível acontece: Mariam e Laila se encontram, absolutamente sós. E a partir desse momento, embora a história continue a decidir os destinos, uma outra história começa a ser contada, aquela que ensina que todos nós fazemos parte do "todo humano", somos iguais na diferença, com nossos pensamentos, sentimentos e mistérios.







Na época que eu li esse livro eu estava muito mal (no trabalho, na faculdade, em casa...) e essa leitura me deixou muito mal se tornando uma leitura ruim naquele ano.


12. mad woman: uma personagem feminina meio insana


Anna Oliphant não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris. Porém, seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, sua fiel melhor amiga e um namoro prestes a acontecer. Mas, ao chegar a Paris, ela conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito, que além de muitas qualidades, tem uma namorada...



Anna Oliphant. Foi a personagem adolescente que eu mais odiei ao decorrer da leitura... Uma menina mimada, que na maioria das vezes fazia ceninha quando estava com o seu pai. Faz o leitor querer dar uns belos tapas nessa garota...


13. epiphany: um livro que te deixou totalmente sem palavras


O Diario de Myriam, Myriam Rawick. A Guerra da Síria vista pelos olhos de uma menina.O Diário de Myriam é um registro comovente e verdadeiro sobre a Guerra Civil da Síria.

14. betty: um livro que todo mundo odeia, mas você ama

Não, sei...


15. peace: um livro que você sente ciúmes


A Culpa É Das Estrelas do John Green. possui um enredo bem elaborado, de fácil leitura e compreensão. Em diversas passagens do livro o autor se aprofundou no assunto para trazer aos leitores um retrato dos adolescentes que sofrem com o câncer, ao mesmo tempo, tenta passar a mensagem que eles querem ser vistos como “pessoas” e não como “vítimas do câncer”.




16. hoax: um livro de fantasia que te fez sofrer

ECOS,é um lançamento da DarkSide Books, é a primeira Editora do Brasil dedicada ao terror e à fantasia A editora criou uma coleção Darklove com histórias sobre a força feminina na literatura.


Tudo começa, 50 anos antes da segunda Guerra Mundial, Otto estava em uma floresta em algum lugar do mundo brincando de "Pira se esconde" (esconde-esconde), até que ele se perde na floresta e começa a ler um livro "A 13º Gaita de Otto Mensageiro" que comprara de uma cigana momentos antes.  Esse livro me fez sofrer porque leio de madrugada e ficava curiosa na medida que eu ia lendo...


ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):


Nenhum comentário

Postar um comentário

➤ Todos os comentários são moderados.
➤ Comentários rasos e sem sentido não serão aceitos: Nem respondidos e muito menos retribuídos.
➤ Se você NÃO leu o post ou o assunto NÃO te interessa, NÃO COMENTA!
➤ A você que leu o post e vai fazer um comentário pertinente ao assunto, meu muito obrigada.
O mais breve possível passarei em seu blog para retribuir o carinho.

© Lado Milla
Maira Gall