31 de outubro de 2020

E Tagarelou, tagarelou a falar ... ♫ Outubro



Confesso que, eu estava bastante em duvidas de como eu iria organizar a semana Trick or Treat?!?. No lado Milla já é tradição o 01/365, as 31 postagens do mês de Agosto, as postagens natalinas... e a semana  Trick or Treat?!?, tivemos postagens no estilo TOP FIVE de musicas, Seriados, Filmes e novelas sobre bruxas e coisas sobrenaturais:

O T de TAG que consiste em colocar aqui, as tag´s em que eu era desafiada a responder.Em tempos de "Quarentena mundial" e para mudar um pouco de assunto... Esse mês respondi a T DE TAG: Comfort MoviesT de TAG: CRIANÇAS MÁS DA FICÇÃO

Nas Quartas-feiras, nós usamos rosa...Temos o Projeto 52 semanas que consiste em citar 5 respostas para cada uma das 52 perguntas fazendo assim, um Top 5 por semana: Semana 31: Quando não tenho nada para fazer, eu go...; Semana 30: Ficos impaciente com pessoas que :Semana 29: Filmes que me "falam ao coração":Semana 28: Minhas maiores "neuras" e manias são:

Confesso que, eu estava bastante em duvidas de como eu iria organizar a semana Trick or Treat?!?No lado Milla já é tradição o 01/365, as 31 postagens do mês de Agosto, as postagens natalinas... e a semana Haloweem! Na semana Haloweem, tivemos postagens no estilo TOP FIVE de musicas, Seriados, Filmes e novelas sobre bruxas e coisas sobrenaturais... A diferença desse mês é que escrevi sobre as minhas leituras do mês de outubro intitulada de TBR de Halloween e as TAGs Literárias temáticas de Halloween. Trick or Treat?!?.: Happy Halloween! T de Tag: Tag literária de Halloween.Trick or Treat?!?: Filmes sobre bruxas e coisas so...Trick or Treat?!?: TBR de Halloween Parte 02Trick or Treat?!? : TBR de Halloween - Parte 01 Trick or Treat?!? Halloween na Casa da Bruxa. Trick or Treat?!?: História sobre o Halloweenn

O QUE EU LI ESTE MÊS


 Escrevi a  Resenha: A Longa Viagem A Um Pequeno Planeta Hostil da leitura do mês passado... Terminei de ler e fiz a Resenha: A Pequena Sereia & O Reino Das Ilusões escrevi um texto quw wea mais um  desabafo com Nunca vou ler todos os livros que quero. mas antes de terminar a leitura fiz a TAG Até a Página 100: A Pequena Sereia E O Reino Das I...  Montei uma TBR de Halloweem e re-escrevi a Resenha: ECOS - EM HARMONIA COM OS IRMÃOS GRIMM da... e sobre um livro que eu gostaria de re-ler Um livro que eu gostaria de re-lêr antes que 2020 ...


O QUE EU assisti ESTE MÊS


Mês passado, eu li o livro BOM DIA VÊRONICA e no inicio de outubro eu assisti a adaptação cinemátografica da Netflix... Embora, tenham mudado a personalidade dos personagens eu pirei bastante com a adaptação tanto quanto com o livro. 

Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

Trick or Treat?!?.: Happy Halloween!


Chegamos ao ultimo dia do mês de Outubro... E com ele o fim da semana Trick or Treat?!?

Dia das Bruxas (Halloween é o nome original na língua inglesa e pronuncia-se: (hæləʊˈiːn/ hæloʊˈiːn/) é uma celebração observada em vários países, principalmente no mundo anglófono, em 31 de outubro, véspera da festa cristã ocidental do Dia de Todos os Santos. Ela começa com a vigília de três dias do Allhallowtide, o tempo do ano litúrgico dedicado a lembrar os mortos, incluindo santos (hallows), mártires e todos os fiéis falecidos.


Acredita-se que muitas das tradições do Halloween originaram-se do antigo festival celta da colheita, o Samhain, e que esta festividade gaélica foi cristianizada pela Igreja primitiva. O Samhain e outras festas também podem ter tido raízes pagãs. Alguns, no entanto, apóiam a visão de que o Halloween começou independentemente do Samhain e tem raízes cristãs.


Entre as atividades de Halloween mais comuns, estão festas a fantasia, praticar "doce ou travessura", decorar a casa, fazer lanternas de abóbora, fogueiras, jogos de adivinhação, ir em atrações "assombradas", contar histórias assustadoras e assistir filmes de terror. Em muitas partes do mundo, as vigílias religiosas cristãs de Halloween, como freqüentar os cultos da igreja e acender velas nos túmulos dos mortos, permanecem populares, embora em outros lugares é seja uma celebração mais comercial e secular. Alguns cristãos historicamente se abstém de carne no Dia das Bruxas.


Confesso que, eu estava bastante em duvidas de como eu iria organizar a semana Trick or Treat?!?No lado Milla já é tradição o 01/365, as 31 postagens do mês de Agosto, as postagens natalinas... e a semana Haloweem! Na semana Haloweem, tivemos postagens no estilo TOP FIVE de musicas, Seriados, Filmes e novelas sobre bruxas e coisas sobrenaturais... A diferença desse mês é que escrevi sobre as minhas leituras do mês de outubro intitulada de TBR de Halloween e as TAGs Literárias temáticas de Halloween.



Feliz Halloween!!! 
e muitas gostosuras e travessuras para todos vocês!

29 de outubro de 2020

Resenha: A Pequena Sereia & O Reino Das Ilusões


A primeira vez que ouvi falar sobre o livro A Pequena Sereia & O Reino Das Ilusões as minhas expectativas eram bem baixas porque em geral essas releituras de contos de fadas não me agradam... Mas, resolvi dar uma chance porque geralmente os livros da linha DarkLove costumam me agradar bastante. 


Titulo: A Pequena Sereia & O Reino Das Ilusões
Autora: Louise O’Neill 
Editora: Darkside Books
N° de páginas 215
Avaliação: ☕☕☕☕☕





A Pequena Sereia & O Reino Das Ilusões é uma releitura da história “A Pequena Sereia” da Disney. Sempre que leio um livro de conto de fadas eu lembro do livro A psicanálise dos contos de fadas que eu já deveria ter adquirido na época da graduação de Psicologia. Para que eu possa entender e até escrever com mais propriedade sobre toda a psiquê por traz dessas histórias... Embora, eu entenda que a literatura nem sempre precise ser didática e nem foi a intenção da autora dar uma aula sobre feminismo. 


“Eu sou o diamante da coroa do meu pai, e ele está determinado a me ostentar como tal. Ele sempre exibe minha beleza por aí e toma qualquer admiração subseqüente como se fosse um direito”

Nas primeiras paginas, o leitor é levado a mergulhar fundo em um oceano narrado pela personagem principal Gaia. Uma sereia prestes a completar 16 anos. muito tagarela e cheia de perguntas como qualquer menina dessa idade. O fascínio de Gaia com os humanos sempre foi comparado com o fascínio de sua mãe que sumiu no mundo sem ninguém saber o seu verdadeiro paradeiro. 

“Eu não sabia que, enquanto eu arrumava meus brinquedos no quarto, meu corpo estava sendo vendido pelo maior lance”

Pela narrativa de Gaia, conhecemos a sua vó Thalassa: Que faz o papel de "mãe" de Gaia e suas irmãs mais novas.. Talia e Cosima Desde que a sua filha sumiu para a superfície... O Rei dos Mares que é um pai bastante rígido e um tanto perverso tanto com as suas filhas quanto para o reino... Oliver é um humano com 21 anos que Gaia se apaixona quando visita a superfície. A Bruxa do Mar e as Russalka que são rejeitadas e não pertecem ao reino. 

“Ninguém nunca se refere ao marido dela como um “anormal” por ter abandonado seus filhos; em vez disso, ficam cochichando que Lorelai deve ter falhado na hora de satisfazê-lo. O ex-marido dela foi reintegrado à sociedade, mas nenhum homem vai querer ficar com Lorelai. Não importa o quão linda ela seja, o peso da reputação manchada de uma sereia dura eternamente”

O livro A Pequena Sereia & O Reino Das Ilusões embora seja uma releitura de conto de fadas é uma leitura para maiores de 18 anos. Pois, são abordados assuntos como: abuso de menor, assédio, mutilação, automutilação, submissão, feminismo e machismo extremo e outros que foram abordados de uma forma um tanto quanto irresponsável. 

“Eu queria que alguém me perguntasse o que eu quero, ao menos uma vez na vida” 

A Pequena Sereia e o Reino das Ilusões chega para trazer um pouco mais de contos de fadas para a linha DarkLove, da DarkSide® Books. Mas não do jeito que você espera; aqui, a história original de Hans Christian Andersen — e também suas versões coloridas e afáveis em desenhos animados — é reimaginada através de lentes feministas e ambientada em um mundo aquático em que mulheres são silenciadas diariamente — um mundo que não difere tanto assim da sociedade em que vivemos. 


Mostra como, em um reino comandado pelo patriarcado, ter uma voz é arriscado. Mas também como querer usá-la é uma atitude extremamente poderosa e valiosa. Ainda mais em tempos tão sombrios. 

A sociedade patriarcal, é um sistema social em que homens mantêm o poder primário e predominam em funções de liderança política, autoridade moral, privilégio social e controle das propriedades. No domínio da família, o pai (ou figura paterna) mantém a autoridade sobre as mulheres e as crianças. 

Louise O’Neill é jornalista e escritora. Nasceu em 1985 em West Cork, na Irlanda e se mudou para Nova York para trabalhar na revista Elle, vivendo o dia-a-dia do mercado de moda intensamente. Voltou para sua cidade natal em 2011 e focou em sua carreira como escritora. Desde então, publicou quatro livros e recebeu diversos prêmios e nomeações com suas obras ya. Atualmente escreve artigos sobre feminismo, moda e cultura pop para uma variedade de jornais e revistas irlandesas. 

“– É que seu pai tem insistido em me chamar de “bruxa”. Este é simplesmente um termo que os homens são às mulheres que não têm medo deles, às mulheres que se recusam à submissão”

Gaia, é uma Sereia prestes a completar 16 anos... Muito tagarela e cheia de perguntas como qualquer menina dessa idade. Desde o inicio da narrativa compreendemos o fascínio da Pequena com o mundo terreno comparado com o fascínio de sua mãe que sumiu no mundo sem ninguém saber o seu verdadeiro paradeiro... É compreensível as suas escolhas para viver um amor com Oliver mas acho que a narrativa se perde com um romance que não demonstra nenhuma química... Oliver é um humano com 21 anos vivendo o luto de sua namorada que morreu em um naufrágio provocado pelas Salka e demonstra ter uma relação difícil com a sua mãe. Enfim, Oliver é um babaca! e ao decorrer da narrativa Gaia percebe o quanto seu amado é mimado e outras falhas no comportamento do seu amado. 



Deixando de lado a história de sua mãe que foi tratada de uma maneira resumida sendo que esse era o principal motivo de Gaia vir até a superfície. O que faz a narrativa feminista não fazer muito sentido e a partir dai o Plot Twist necessário durante 
a narrativa da história que realmente monstrou os objetivos da personagem desde o inicio e que realmente me surpreendeu.



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

28 de outubro de 2020

Semana 31: Quando não tenho nada para fazer, eu gosto de:


Encontrei o projeto 52 semanas bem bacana na Blogosfera que consiste em citar 5 respostas para cada uma das 52 perguntas abaixo, fazendo assim, um Top 5 por semana. É o projeto mais longo que eu já participei... Mas, parece ser divertido !!! Pretendo responder ao projeto todas as Quartas-Feiras. 

Assistir seriado na Netflix:


Fazer uma temporada de filmes em baixo das cobertas é algo que eu gosto muito de fazer quando eu não estou fazendo nada ...

DORMIR:




Amo dormir. (me julguem!) no começo do ano passado (que eu não estava trabalhando...) adorava tirar uma soneca depois do almoço (delicia...) hoje só durmo a tarde no final de semana...

LER:


Ler é bom em qualquer momento principalmente quando não temos nada para fazer...

OUVIR MÚSICA


Eu ouço música o tempo todo, mas também gosto de parar e fazer só isso: fechar os olhos e apenas ouvir. Também gosto de cantar e sair dançando com pouca roupa pelo quarto quando não tem mais ninguém em casa.


VER FOTOS


Hoje, nós não temos mais o costume de ver álbuns de fotos, já que é tudo compartilhado na hora. Mas meu pai sempre gostou muito de fotografia e eu herdei os gostos dele (junto com a falta de talento), então, às vezes, eu abro minha pasta de fotos e vejo tudo. Também gosto de ver fotos de lugares que tenho vontade de conhecer (e ficar sonhando acordada).

Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

27 de outubro de 2020

T de Tag: Tag literária de Halloween.


Hoje o T de TAG é um post especial de Halloween. Essa TAG foi criada pela Clarice do blog Sai da Minha Lente e Vanessa do blog Sabor Absinto.

Hoje é Terça- Feira. E nas terças, temos o T de TAG que consiste em colocar aqui, as tag´s na qual eu fui tagueada(ou não).

1. Fantasma: Aquele livro que explodiu no lançamento, mas hoje ninguém mais ouve falar;



Eu soube do laçamento do livro A culpa nas estrelas em um evento literário da Ed. Intrínseca no inicio de 2013. Na época, explodiu resenhas e vídeos sobre o livro e logo depois veio o filme explodiu em elogios&criticas hoje em dia serve  como um "..."  Pois todos os outros livros que são escritos pelo Jonh Green tem escrito "do mesmo escritor de A Culpa das Estrelas".

2. Frankstein: Um personagem que todo mundo acha que é um monstro, mas você sabe que no fundo ele é só incompreendido;

No  livro Auggie&eu temos a chance de saber o que se passa na cabeça do personagem mais controverso do romance: Julian, o menino que lidera a cruzada de bullying contra Auggie. No capítulo do Julian R. J. Palacio faz uma comovente incursão no mundo de uma criança que tem o coração muito maior do que seus atos de bullying e crueldade podem fazer mostrar, mas precisa de ajuda para enxergar isso.

3. Morcego: Um livro que você passou a madrugada lendo;



Quando eu comecei a ler o livro Extraordinário eu me identifiquei demais com o Auggie e sobre a sua vivencia de bulling na  escola... Eu passei  o dia e a madrugada inteira lendo esse livro.

4. Zumbi: Uma leitura que você achou difícil e teve que forçar o cérebro para conseguir entrar na história;


Eu estou achando a leitura do livro A longa viagem a um pequeno planeta hostil um pouco difícil e tenho que forçar o cérebro para conseguir entrar na história.

5. Bruxa: Um personagem difícil de se relacionar; 


 
6. Múmia: Um livro que você enrolou para ler;


Eu comecei o esquenta da MLI2017 com o livro Em Algum Lugar nas Estrelas, da Clare Vanderpool que estava "mofando" na minha bolsa á alguns meses... O começo foi um pouco lento, tentando administrar as saídas do final de semana (Aniversário de criança) e lêr ao mesmo tempo, mas no final das contas percebi que tinha atingido a minha meta pessoal de 100 paginas por dia e levei dois dias para ler o meu primeiro livro. Eu tirei proveito dos Sprints que aconteciam nas redes sociais e os chats do aplicativo da MLI 2017 para dar um pouco mais de gás na leitura.

7. Esqueleto: Aquele lançamento que você cansou de esperar;




Depois da decepção do Teorema... eu fiquei com um pouco de receio de ter muitas espectativas com os livros do John Green. Pretendo ler esse livro no próximo mês.


8. Abóbora: um livro que você achou que ia ser maravilhoso, mas virou abóbora no meio do caminho;




Teorema Katherine é uma Leitura sofrível! No decorrer do livro veio à pergunta “tem certeza que é o mesmo autor?” fiz algumas tentativas nos dias anteriores, mas a leitura não engrenava só não abandonei a leitura, pois queria comprovar a ruindade do livro... Algumas partes animam, que Colin fala sobre constelações e sobre a importância que é para ele como um garoto prodígio fazer a diferença no mundo tem sacadas realmente bacanas no decorrer da historia...



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

25 de outubro de 2020

Nunca vou ler todos os livros que quero.



Esse post é mais uma reflexão retórica do que qualquer outra coisa. Ao comentar em um Instagram Literário sobre como "Criar os Primeiros Hábitos de Leitura" eu comecei a refletir sobre os meus primeiros hábitos literários... Eu não estou me referindo nas leituras obrigatórias que éramos obrigados a ler no ensino escolar (fundamental/médio) e nem dos livros técnicos que eu li na graduação em Psicologia. 

Em 2010, resolvi organizar os livros que eu tinha em casa em uma pseudo prateleira que ficava em cima da minha cama. Nessa mesma época, começou aguçar mais o meu hábito de leitura noturna. 



Na medida que eu ia lendo os poucos livros que eu tinha na estante (a maioria desses livros foram herdados dos meus pais) eu comecei a perceber os meus gêneros literários preferidos. Então, eu comecei a comprar alguns livros...Naquela época, com a rotina apertada de uma estudante de graduação em Psicologia eu conseguia ler 01 livro por mês e como o salário de estagiária era uma merreca eu comprava poucos livros também. 

Eu não lembro qual eram os pré-requisitos para a compra... Porém, eu acredito que os meus hábitos literários não tenham mudado tanto assim: 

Os pré-requisitos para a compra de um livro novo é: a)Ter terminado de lêr o livro anterior; b) Dar uma garimpada nos sites das editoras atrás dos últimos lançamentos e inclui aqui pesquisar na Amazon por preços menores...; c)Fazer uma lista de possíveis livros que eu gostaria de ler. 



No primeiro semestre de 2013, eu fiz uma cirurgia de joanete (hálux valgo) que trata o desvio do dedão do pé que provoca dor. Na época, eu precisei fazer repouso de ficar praticamente 06 meses sem colocar os pés no chão... Tirei um semestre sabático na faculdade então, eu pude me dedicar as minhas leituras preferidas. 

Nessa época, eu ouvi pela primeira vez o termo "consumismo literário" nos primeiros vídeos literários que rondavam no Youtube. Na época, eu assistia os Youtubers fazendo o famoso Bookshelf Tour pela sua estante de livros Confesso que eu julgo bastante os "Criadores de Conteúdo" que fazem esse tipo de conteúdo. "(...) Comprei/recebi 20 livros no mês passado e ainda não li..."(...). Isso ainda me dá uma verdadeira angustia existencial: Eu jamais conseguiria chegar a 10 livros não lidos, não me imagino devorada por eles sem nunca conseguir dar conta. 

Ano passado, eu li bem menos do que eu gostaria... E comprei poucos livros também. 

No inicio desse ano, eu comecei a re-ler o livro Feliz Ano Velho do Marcelo Rubens Paiva com uma edição diferente no qual eu li o livro pela primeira vez... No projeto Biblioteca Unibanco em que eu ajudei a implementar na empresa que eu trabalhei na época. Ainda escreverei sobre isso. 

A primeira organização da minha estante de livros...


Ai veio a pandemia do Covid 19... Esse ano, está sendo um ano completamente atípico principalmente para as minhas leituras e para os meus hábitos literários (leituras coletivas online, instagram literário, fazer um conteúdo literário...). As voltinhas no centro da cidade era só por motivos necessários incluindo as livrarias para comprar alguns livros. Comprei outros livros na internet com a previsão de chegada para o mês de novembro e a assinatura anual da TAG que é um Clube de Assinatura de Livros... Lembrando que, esse é um ano atípico! 

Fiz uma listinha mental, e percebi que comprei poucos livros esse ano. Faltam dois meses... para o ano acabar! Considerando que 2020 está sendo um ano atípico... Eu consegui diminuir 1/3 da lista dos livros "não lidos" da minha estante. Percebi que nunca vou ler todos os livros que quero pois, sempre vai surgir livros que eu vou quero ler (graças a deus!) mas, se eu conseguir ler todos os livros da minha estante eu já estou feliz.



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também!

21 de outubro de 2020

Até a Página 100: A Pequena Sereia E O Reino Das Ilusões


Essa semana, eu comecei a ler A Pequena Sereia E O Reino Das Ilusões e ao chegar na página 100 eu resolvi escrever a Tag "Li Até a Página 100..." antes de escrever uma resenha mais elaborada do livro.
Li Até a Página 100 e... é uma tag criada pelo blog Eu leio, eu Conto e o objetivo é responder as perguntas sobre a sua leitura do momento, depois que chegar na página cem do livro. Descobri a tag através do blog Palácio dos Livros. Quem ai gostou da tag pode fazer também, mas sempre lembrando de creditar quem merece, claro.


Primeira frase da página: Você não está preparada, minha criança. Seja paciente. Sua hora irá chegar. 

Do que se trata o livro? Em seu aniversário de quinze anos, quando finalmente sobe à superfície para conhecer o mundo de cima, Gaia avista um rapaz em um naufrágio e se convence de que precisa conhecê-lo. Mas do que ela precisa abrir mão para transformar seu sonho em realidade. 

O que está achando até agora? As sereias são criadas desde muito pequenas para atingir um nível de perfeição que nunca é saciada aos olhos de uma sociedade patriarcal

A sociedade patriarcal, é um sistema social em que homens mantêm o poder primário e predominam em funções de liderança política, autoridade moral, privilégio social e controle das propriedades. No domínio da família, o pai (ou figura paterna) mantém a autoridade sobre as mulheres e as crianças. 

É difícil viver com julgamento do outro. Ler isso, foi completamente desconfortável. Senti um nó na garganta... (Spoiler) Um pai dizer que a filha esta engordando muito... E por isso o homem que ela iria se casar preferiu a sua irmã. (Spoiler)Sempre que eu leio um livro de "Conto de Fadas" eu lembro do livro A psicanálise dos contos de fadas que eu já deveria ter adquirido na época da graduação... Para entender toda a psiquê por traz dessas histórias. 

O que está achando do protagonista? Gaia, é uma Sereia prestes a completar 16 anos. muito tagarela e cheia de perguntas como qualquer menina dessa idade. O fascínio de Gaia com os humanos sempre foi comparado com o fascínio de sua mãe que sumiu no mundo sem ninguém saber o seu verdadeiro paradeiro. 

Vai continuar lendo? Sim! 

Melhor quote até a página 100: “- É seu pai que tem insistido em me chamar de “bruxa”. Este é simplesmente um termo que os homens dão as mulheres que não tem medo deles, as mulheres que se recusam a submissão.”.




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também!

Semana 30: Fico impaciente com pessoas que:


Encontrei o projeto 52 semanas bem bacana na Blogosfera que consiste em citar 5 respostas para cada uma das 52 perguntas abaixo, fazendo assim, um Top 5 por semana. É o projeto mais longo que eu já participei... Mas, parece ser divertido !!! Pretendo responder ao projeto todas as Quartas-Feiras. 

Paciência é uma palavra que não existe no meu dicionário... Sou extremamente calma. Porém, há muitas coisas que me deixam impaciente, não espero o momento certo e acabo me estressando mesmo! 

Esse post foi um dos mais fáceis para escrever, porque ainda tenho uma lista enorme de coisas que me fazem perder a paciência. 

Reclamam de tudo: gente que adora falar mal da própria vida e da dos outros. Sempre olham para o lado ruim, geralmente nunca tem um assunto legal, animador, ou algo do tipo. Reclamar é chato e não te traz nada de bom. 

Pessoas grosseiras: Você mal chega no ambiente e sempre tem aquelas pessoas que querem deixar claro que não gostam de você e te respondem um simples "Oi" com grosseria. Não tenho paciência e mando logo um FODA-SE. 


Fazem perguntas idiotas: tolerância zero. 




Que fiquem me apressando: Eu gosto de tomar banhos demorados... Eu gosto de almoçar com calma... Eu costumo perder a paciência quando ficam me apressando nesses momentos 



Ser acordada: Eu fico muito impaciente quando sou acordada e meu dia fica péssimo! 





Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 
Estarei tagarelando por lá também 


20 de outubro de 2020

T DE TAG: Comfort Movies


A Melly do @aiinundale tem uma pasta no computador com todos os filmes pra os quais ela "corre" quando o mundo está caótico demais e é necessário um conforto. Por isso, ela criou uma TAG chamada Comfort movies

⭐ UM FILME QUE VOCÊ VIU MAIS VEZES DO QUE PODE CONTAR 

O filme A ultima Musica. O primeiro filme em que a Miley Cyrus foi protagonista depois da fase Hannah Montanna. Eu acho que já assisti esse filme mais de 100 x mas eu sempre assisto de novo quando tenho oportunidade. 

⭐ UM FILME SUBESTIMADO QUE VOCÊ AMA 

O filme, A Culpa É Das Estrelas fiquei com ciuminho na época do lançamento porém eu amo demais tanto o livro quanto o filme. 

⭐ UM FILME QUE É SEU PORTO SEGURO QUANDO O MUNDO ESTÁ UM CAOS (aquele que te acalma). 

O filme Como Se Fosse a Primeira Vez é uma comédia romântica que sempre me acalma. 

⭐ UM FILME QUE VOCÊ ASSISTE DESDE A INFÂNCIA E NUNCA ENJOOU.

Os Saltimbancos Trapalhões sei todas as musicas até hoje... 

⭐ UM FILME QUENTINHO PROS DIAS FRIOS. 

Os Intocáveis é um filme que dá um quentinho no coração...

⭐ UM FILME ESTRANHO MAS QUE FALA DIRETO COM SEU CORAÇÃO 

O filme Coraline é um filme de terror infantil que tem uma linguagem cativante. 

⭐ UM QUE TE FAZ CHORAR MAS VOCÊ AMA TANTO QUE SABE ATÉ AS FALAS 

O filme Agora e Para Sempre, A adolescente Tessa sofre de leucemia e decide fazer uma lista de tudo que deseja realizar antes de morrer.

⭐ UM FILME DESCONHECIDO QUE É SEU AMOR.

Os fantasmas se Divertem é um filme antigo que era desconhecido por mim até semana passada que virou o meu amorzinho... Que fala um pouco sobre o apego material além do normal que temos com coisas terrenas que infelizmente não podemos carregar para o outro lado.


Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

16 de outubro de 2020

Um livro que eu gostaria de re-lêr antes que 2020 acabe...


Na verdade, eu tenho vontade de re-lêr A Guerra Que Salvou A Minha Vida desde o primeiro semestre de 2019 quando li a continuação da História de Ada em a continuação A Guerra Que Me Ensinou A Viver.

Sinopse: Ada tem dez anos (ao menos é o que ela acha). A menina nunca saiu de casa, para não envergonhar a mãe na frente dos outros. Da janela, vê o irmão brincar, correr, pular – coisas que qualquer criança sabe fazer. Qualquer criança que não tenha nascido com um “pé torto” como o seu. Trancada num apartamento, Ada cuida da casa e do irmão sozinha, além de ter que escapar dos maus-tratos diários que sofre da mãe. Ainda bem que há uma guerra se aproximando.Os possíveis bombardeios de Hitler são a oportunidade perfeita para Ada e o caçula Jamie deixarem Londres e partirem para o interior, em busca de uma vida melhor.


Esse ano, comecei a organizar as minhas resenhas literárias:Re-escrevendo alguma delas e fotografando os mes livros para ilustrar melhor as postagens . Tanto aqui, no Blog quanto no Bookstagram Expresso Literário e voltou essa vontade de re-lêr A Guerra Que Salvou A Minha Vida e a continuação A Guerra Que Me Ensinou A Viver.


Qual o livro que você gostaria de lêr ou re-lêr 
antes que 2020 acabe?

Trick or Treat?!?: Filmes sobre bruxas e coisas sobrenaturais...



Quando eu comecei a escolher os Filmes sobre bruxas e coisas sobrenaturais... Eu percebi que os filmes escolhidos foram bastante diversificados. Porém, são considerados Trashs...

1 – Elvira, a Rainha das Trevas (1988)

d3oXFcP
Sinopse (AdoroCinema): Elvira (Cassandra Peterson) é a anfitriã de um programa de baixo orçamento sobre filmes de terror, mas tudo pode mudar quando ela herda da tia Morgana (Cassandra Peterson) uma velha mansão em Fallwell, Massachusetts, uma pequena cidade com apenas 1313 habitantes. Ela sonha em vender a casa e ir para Las Vegas, mas encontra dois sérios problemas: o primeiro são os adultos da cidade, que ficam espantados com o modo de como ela se veste e se comporta. Liderados por Chastity Pariah (Edie McClurg), eles fazem forte oposição à presença de Elvira na localidade. O segundo problema é Vincent Talbot (William Morgan Sheppard), um tio de Elvira que não herdou nada, mas deseja obter de qualquer maneira um “livro de receitas” que também foi herdado por Elvira, que dará a ele imensos poderes para fazer diversos tipos de bruxarias.

2 – Abracadabra (1993)

hocus-pocus-2

Sinopse (AdoroCinema): Winnie (Bette Midler), Sarah (Sarah Jessica Parker) e Mary (Kathy Najimy) são três bruxas do século XVII, que chegam ao século XX após seus espíritos serem evocados no Dia das Bruxas. Banidas há 300 anos devido à prática de feitiçaria, elas estão dispostas a tudo para garantir sua juventude e imortalidade. Porém precisarão enfrentar três crianças e um gato falante, que podem atrapalhar seus planos.



3 – Sabrina, Aprendiz de Feiticeira (1996)

Sabrina-the-Teenage-Witch-GIF

Sinopse (AdoroCinema): Sabrina (Melissa Joan Hart) é enviada pelos seus pais para morar com suas duas tias excêntricas, contra a vontade da adolescente. Lá, ela descobre que após seu 16º aniversário ela se tornará uma feiticeira, assim como suas tias. A partir daí a menina começa a enfrentar as dificuldades e benefícios dos poderes recém-adquiridos.

4 – Jovens Bruxas (1996)

anigif_enhanced-17085-1409687107-17
Sinopse (AdoroCinema): Uma jovem (Robin Tunney) se muda de São Francisco para Los Angeles para começar uma nova vida. Lá conhece três alunas do colégio onde estuda que se dedicam ao ocultismo e à magia (tanto que têm a fama de bruxas entre seus colegas). Quando as quatro fazem amizade e começam a praticar magia juntas, desencadeiam um poder que foge do controle, gerando trágicas conseqüências.

5 – Matilda (1996)

tumblr_m09vyv0Mha1rn95k2o1_500

Sinopse (AdoroCinema): Matilda Wormwood (Mara Wilson) é uma criança brilhante de apenas seis anos, que cresceu em meio a pais grosseiros e ignorantes. Seu pai Harry (Danny DeVito) trabalha como vendedor de carros, enquanto que sua mãe Zinnia (Rhea Perlman) é dona de casa. Ambos ignoram a filha, a ponto de esquecerem de matriculá-la na escola. Desta forma Matilda fica sempre em casa ou na livraria, onde costuma estimular sua imaginação. Após uma série de estranhos eventos ocorridos em casa, quando Matilda descobre que possui poderes mágicos, Harry resolve enviá-la à escola. O local é controlado com mão de ferro pela diretora Agatha Trunchbull (Pam Ferris), o que faz com que Matilda apenas se sinta bem ao lado da professora Honey (Embeth Davidtz), que tenta ajudá-la o máximo possível.

6 – Da Magia à Sedução (1998)


pm
Sinopse (AdoroCinema): As mulheres da família Owens tem poderes mágicos. Mas uma maldição as persegue há mais de duzentos anos: qualquer homem que se apaixona por uma delas, morre. Descendentes da bruxa que começou este feitiço, Sally (Sandra Bullock) e Gillian (Nicole Kidman) são duas irmãs que foram criadas por suas tias (Dianne Wiest e Stockard Channing). Já adultas, enquanto Sally se mostra bastante reservada, Gillian foge de casa para ter o primeiro de muitos namorados. Após algum tempo, Sally se casa e tem duas filhas, mas seu marido acaba morrendo atropelado. Até que chega o momento em que ela deve ajudar Gillian, que se envolveu com Jimmy Angelov (Goran Visnjic), um búlgaro agressivo que as ameaça. Sentindo que correm perigo, as duas o envenenam, mas, temendo as conseqüências de tal ato, Gillian convence Sally que o melhor é trazê-lo de volta a vida. Uma decisão que trará uma série de complicações com polícia e com seus próprios poderes.

7 – A Bruxa de Blair (1999)

blair-witch-project-portable
Sinopse (AdoroCinema): Três estudantes de cinema embrenham-se nas matas do estado de Maryland para fazer um documentário sobre a lenda da bruxa de Blair e desaparecem misteriosamente. Um ano depois, uma sacola cheia de rolos de filmes e fitas de vídeo encontrada na mata. As imagens registradas pelo trio dão algumas pistas sobre seu macabro destino.

8 – As Brumas de Avalon (2001)

Morgaine-the-mists-of-avalon-32191807-500-250
Sinopse (AdoroCinema): Morgana (Julianna Margulies) recorda que a maioria do que foi dito sobre o Rei Arthur (Edward Atherton) e aqueles que o cercavam é mentira, pois, como sacerdotisa de Avalon, onde nasceu a religião da Deusa-Mãe, viveu estes acontecimentos, que começaram quando acontece o maior levante já visto na Bretanha. Os saxões varriam o país matando igualmente cristãos e seguidores da deusa de Avalon. Se um grande líder não unisse cristãos e pagãos, a Bretanha estaria condenada ao barbarismo e Avalon ao desaparecimento. Gorlois (Clive Russell), o pai de Morgana, lutava incansavelmente contra as hordas de saxões. Nesta época Morgana era apenas uma criança, que vivia na Cornuália com Igrane (Caroline Goodall), sua mãe, que era ainda uma seguidora da antiga religião e praticava secretamente a antiga magia. Morgause (Joan Allen), a irmã de Igrane, também lá morava e apreciava o poder de Avalon. Um dia Viviane (Anjelica Huston), que também tia de Morgana e, principalmente, era a grã-sacerdotisa de Avalon, passou a visar apenas um objetivo: salvar Avalon dos saxões. Ela teve uma visão que o rei morreria em 6 meses, sem deixar herdeiros. Viviane comunica a Igrane que ela irá gerar este líder, mas não com Gorlois, seu marido, e sim com um homem que usa o símbolo do dragão e é um seguidor da deusa. A ideia desagrada Igrane, sendo que Morgause diz que não tem marido a quem trair e também tem o sangue de Avalon, assim quer fazer este homem se apaixonar por ela e gerar esta criança. Viviane se opõe, dizendo que ninguém pode viver o destino de outro, e fala para Morgause que ela tem um rei e filhos no seu futuro, mas não dá explicações. Viviane planeja salvar Avalon através da unção e treinamento de sua sobrinha, Morgana, como sua sucessora, manipulando a linhagem real para gerar Arthur, um rei que abraçará tanto as crenças pagãs quanto o cristianismo. Desta forma Avalon seria salva, pois a ilha é o centro pagão do poder e um mundo místico invisível para aqueles que não crêem. Porém, conforme o cristianismo avança pela Inglaterra e mais pessoas se afastam da Deusa, esse reino misterioso se torna difícil de alcançar até mesmo para os que têm fé, com a ambiciosa Morgause se empenhando em frustrar seus planos. Viviane tem um temperamento determinado e boas intenções, mas comete um erro que atingirá Morgana pessoalmente e afetará toda a Bretanha.

9 – Harry Potter (2001)

Hermione-GIF-s-hermione-granger-34185636-500-243

Sinopse (AdoroCinema): Harry Potter (Daniel Radcliff) é um garoto órfão de 10 anos que vive infeliz com seus tios, os Dursley. Até que, repentinamente, ele recebe uma carta contendo um convite para ingressar em Hogwarts, uma famosa escola especializada em formar jovens bruxos. Inicialmente Harry é impedido de ler a carta por seu tio Válter (Richard Griffiths), mas logo ele recebe a visita de Hagrid (Robbie Coltrane), o guarda-caça de Hogwarts, que chega em sua casa para levá-lo até a escola. A partir de então Harry passa a conhecer um mundo mágico que jamais imaginara, vivendo as mais diversas aventuras com seus mais novos amigos, Rony Weasley (Rupert Grint) e Hermione Granger (Emma Watson).

10 – A Feiticeira (2005)

tumblr_n1lqmmZM9A1rob81ao3_r1_250
Sinopse (AdoroCinema): Isabel (Nicole Kidman) é uma bondosa bruxa, que vive no vale californiano de San Fernando e deseja mudar de vida. Isabel está decidida a renegar seus poderes sobrenaturais e levar uma vida normal. Enquanto isso Jack Wyatt (Will Ferrell), um ator que deseja resgatar sua carreira, se dedica integralmente à nova versão da clássica série de TV “A Feiticeira”, exibida nos anos 60, na qual interpretará o personagem Darrin. Por acaso Jack conhece Isabel, por quem sente uma atração imediata. Convencido de que Isabel poderia interpretar a personagem Samantha na série, Jack a convence a se tornar atriz. Por sua vez Isabel vê em Jack a chance de levar uma vida normal, sem precisar usar seus poderes, e por isso aceita o papel.

11 – Stardust – O Mistério da Estrela (2007)

tumblr_lgjzuiCxXa1qgeyd8o1_500

Sinopse (AdoroCinema): O jovem Tristan (Charlie Cox) tenta conquistar o amor da bela e fria Victoria (Sienna Miller) indo em busca de uma estrela cadente. A jornada o leva a uma terra esquecida e misteriosa, além dos muros da cidade. Porém Tristan não é o único atrás da estrela cadente. Os quatro filhos do rei de Stormhold (Peter O’Toole) e os espíritos de seus três filhos já falecidos também estão atrás dela, assim como a feiticeira Lamia (Michelle Pfeiffer), que deseja usá-la para recuperar a juventude. Para enfrentar todos estes concorrentes Tristan precisará ganhar o amor da estrela, que se transformou em uma garota chamada Yvaine (Claire Danes).

12 – O Aprendiz de Feiticeiro (2010)

tumblr_n5q8sbRTtk1sq6b0ro1_500
Sinopse (AdoroCinema): Balthazar Blake (Nicolas Cage) é um feiticeiro que mora em Manhattan. Ele busca defender a cidade de seu arquinimigo, Maxim Horvarth (Alfred Molina), mas não é capaz de cumprir esta tarefa sozinho. Para tanto ele recruta Dave Stutler (Jay Baruchel), um rapaz comum mas com um potencial oculto, para ser seu aprendiz. Balthazar passa então a ministrar um rápido curso na arte e ciência da magia, de forma a torná-lo seu aliado na luta constante contra as forças de Horvarth.



13 – Dezesseis Lua (2013)


Beautiful-Creatures-beautiful-creatures-33719142-500-208
Sinopse (AdoroCinema): Cidade de Gatlin, na Carolina do Sul, Estados Unidos. Ethan Wate (Alden Ehrenreich) é um estudante do terceiro ano do colegial, que não vê a hora de sair do local. Ele considera Gatlin uma cidade pacata demais, onde nada de interessante acontece, mas se vê preso ao local por ter que cuidar de seu pai, que não deixa o quarto desde que a esposa faleceu em um acidente de carro, um ano antes. Já há alguns meses Ethan é atormentado por sonhos misteriosos, onde vê uma garota desconhecida. Um dia, ele a encontra em sua sala de aula. Trata-se de Lena Duchannes (Alice Englert), uma jovem de 15 anos que está morando com o tio, Macon Ravenwood (Jeremy Irons), descendente da família que fundou Gatlin. O problema é que Macon e seus familiares têm fama de serem satanistas, o que faz com que boa parte da população da cidade se volte contra eles. Não demora muito para que Ethan se interesse por Lena, sem saber que ela e os integrantes de sua família possuem poderes. Eles precisarão lutar pelo amor que sentem um pelo outro, especialmente devido à uma maldição que assombra a união.

14 – Oz, Mágico e Poderoso (2013)

Y7ZwbKX
Sinopse (AdoroCinema): Oscar Diggs (James Franco) trabalha como mágico em um circo itinerante, é bastante egoísta, mas é seu envolvimento com mulheres que o acaba levando para uma mágica aventura na Terra de Oz. Chegando lá, ele conhece a bruxa Theodora (Mila Kunis), que o apresenta para a irmã Evanora (Rachel Weisz). Acreditando que estaria fazendo um bem para a população local, ele decide enfrentar a bruxa Glinda (Michelle Williams), mas descobre que ela lembra um amor do passado e seu comportamento em nada se assemelha ao de alguém realmente malvado. Dividido entre saber quem é do bem e quem é do mau, Oscar se depara com um lugar rico em belezas, cheio de riquezas, estranhas criaturas e também mistérios. Vivendo este conflito, o ilusionista vai usar sua criatividade para salvar o tranquilo povo de Oz das garras de um poderoso inimigo. Para isso, contará com a inusitada ajuda de Finley, o macaco alado, e uma menina de porcelana.

15 – Malévola (2014)

tumblr_n5f2bxCP5Z1qabls9o1_500
Sinopse (AdoroCinema): Baseado no conto da Bela Adormecida, o filme conta a história de Malévola (Angelina Jolie), a protetora do reino dos Moors. Desde pequena, esta garota com chifres e asas mantém a paz entre dois reinos diferentes, até se apaixonar pelo garoto Stefan (Sharlto Copley). Os dois iniciam um romance, mas Stefan tem a ambição de se tornar líder do reino vizinho, e abandona Malévola para conquistar seus planos. A garota torna-se uma mulher vingativa e amarga, que decide amaldiçoar a filha recém-nascida de Stefan, Aurora (Elle Fanning). Aos poucos, no entanto, Malévola começa a desenvolver sentimentos de amizade em relação à jovem e pura Aurora.



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

© Lado Milla
Maira Gall