Mylife
Mostrando postagens com marcador Mylife. Mostrar todas as postagens

26 de setembro de 2021

Cosy Diary #01

Compartilhando as coisas boas da minha semana


Ano passado, eu comecei a escrever o Diário de Quarentena no inicio da pandemia. Mas, eu acabei travando a minha escrita quando trata-se de escrever sobre a minha vida... Sinto falta de escrever no blog pessoal sem pensar em um "nicho" especifico. Por isso, tentarei trazer um pequeno resumo da minha semana com maior frequência, para deixar registrado na categoria cozy. Me inspirei no conteúdo da Clayse Sai da Minha Lente que se inspirou no conteúdo da Dai, do Colorindo Nuvens.

Tomei a minha primeira dose da vacina 



Pfizer (ta passada?). Mesmo assim, continuo seguindo as restrições e mantendo os mesmos cuidados. Há mais de um ano e meio sem sair de casa para lazer; Saudades dos amigos de estrada estou sentindo falta dos shows das bandas que eu gosto. Saio apenas para obrigações com médicos, supermercados e ir no final de semana na casa dos meus avós seguindo todos os rituais de higiene necessárias...

Comprei sandálias Melissa: 



A minha mãe é louca por bolsas & sapatos! Nesse ponto, a genética falhou miseravelmente comigo. Eu consigo contar nos dedos da mão esquerda a quantidade de bolsas e sapatos que eu tive na vida. Eu tenho uma questão por causa dos meus pés... Na época, eu comprava somente um tênis por ano! Eu lembro de usar Melissa na infância... Mas, nunca mais tinha visto um modelo de sandália [Melissa Aranha 79 Special] que ficasse legal nos meus pés [FOTO] e esse modelo é o meu queridinho dos últimos anos...

FIZ A PRIMEIRA TATOO :




 Eu acho que eu já tinha escrito sobre a vontade de fazer uma tatuagem em uma postagem no estilo Coisas que eu gostaria de fazer antes dos 30 anos mas coragem que é bom, nada. Na verdade, não era bem coragem que faltava mas sim dar um sentido legal para um rabisco que iria ficar no meu corpo para sempre... Quando eu encontrei esse desenho do eletrocardiograma com um pinscher rondando a internet eu guardei nos meus arquivos do computador e decidi que queria esse desenho no meu pulso. O significado é além do meu amou amor pelo Sr. Fernandão. 

SOBRE O TRABALHO DE FORMIGUINHA...



Eu já estava trabalhando em Home Office antes mesmo da quarentena.

Ano retrasado, eu comecei a trabalhar com Formatação de trabalhos acadêmicos. Como todo trabalho, tem "dores de cabeça" o pessoal acha que é só eu expirrar e sai um trabalho acadêmico pronto! Sempre explico que é um trabalho de formiguinha... E a qualidade do trabalho depende da qualidade de informações que o contratante me oferece. Apesar, das "dores de cabeça" essa é uma forma de organizar as minhas economias no final do mês.



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 



25 de julho de 2021

"Querer privacidade e criar um Blog Pessoal..."


Quando eu comecei a escrever as primeiras linhas desse texto eu lembrei de uma frase que eu vi em um perfil na Blogosfera: "Querer privacidade e criar um Blog Pessoal...". É irônico, essa capacidade de transformar cada texto banal em algo tão pessoal. Mas, eu não sei escrever de outro forma... Talvez, seja uma maneira boba/antiquada/clichê de escrever... Será que vale a pena se expor na internet?


O Lado Milla foi criado pela necessidade urgente de escrever! A escrita funciona para mim como o poder da fala na psicanálise. Segundo Lacan, "a cura é uma demanda que faz parte da voz do sofredor, de alguém que sofre pelo seu próprio corpo ou por seu pensamento.". A Blogosfera despertou em mim essa maneira despretensiosa de escrever sobre as coisas que aconteciam na minha vida e percebi que tem coisas que só sai da gente por escrito... 

De uns tempos para cá, eu não consigo manter a escrita de uma forma Lifestyle, eu escrevo sobre as minhas ultimas leituras no meu blog literário Expresso Literário. Mas, quando eu começo escrever sobre a Life eu travo... 

expressoliterarios.blogspot.com

Será que eu fiquei com medo de escrever? A pandemia e o isolamento social travou o meu jeito de escrever aqui... Eu gosto de escrever enquanto a vida acontece. Mas, a Life deu uma parada brusca né? As coisas no mundo deram erradas em níveis faraônicos.

É frustrante pensar nisso as vezes...

Tenho medo de expor os meus sentimentos? Tenho medo de parecer bobinha escrevendo sobre os meus sentimentos enquanto o mundo está um caos. 




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

14 de maio de 2014

Dia Perfeito...

Dia Perfeito...
Semana passada a Ana Luisa, do blog “Minha Vida Como Ela É” escreveu um post sobre “as motivações de cada individuo para viver a vida...” com o titulo de A vida é ter pelo que esperar.

Não sei se, eu me encaixo no estereótipo de alguém que sofre de algum transtorno de ansiedade na GRANDE maioria das vezes saio desses momentos “estressantes” sem nenhuma dor no estomago. Outras tantas, o meu pescoço crio pequenas “corassas” devido o acumulo de estress que a ansiedade proporciona.

Nos velhos tempos de “fofoloGuê” e que nem se sonhava entupir uma pagina de  imagens com “hashtags”. A modinha entre as adolescentes era fazer contagem regressiva para momentos bacanas que iriam vivenciar: viagens, shows, visita à casa de amigos...

  Lembrei-me dos velhos tempos quando recebi a resposta do e-mail de um “amigo de estrada” dizendo que tinha show marcado em Florianópolis/SC no dia 15 de maio de 2014 o tal amigo em questão é o Rafael Malenotti vocalista da banda Acústicos e Valvulados isso no dia 26 de abril, no mesmo dia eu entrei na minha pagina do Facebook e coloquei uma foto e na legenda escrevi: #28dias!

Nem parece ser o 15° show da banda que eu vou. Pois a espera é a mesma daquela guriazinha se 2008 que saiu toda arrumadinha para ir ao primeiro show de rock gaúcho do lado de casa...







Nesses 28 dias a vida seguiu...  Com as obrigações da vida adulta: Faculdade – Trabalho – Estágio. Semana passada (sexta-feira) eu me lembrei desse show e comecei a fazer uma programação de coisas que eu teria que fazer até chegar a hora do show (horário do batista 23h23min) eu já fiz essa “programação” milhares de vezes na minha cabeça... Não é uma espera angustiante, muito pelo contrario, é uma espera bacana de um momento bacana que esta por vir.
“... Eu sei que pode parecer besteira
Mas tem gente que espera
Uma vida inteira...”

Hoje exatamente dia 14 de maio 2014 às 19h: 15min faltam # 1dia para o meu 15° show da banda Acústicos e Valvulados (debutante! kkk)


É bom buscar sentidos para a própria vida. Não é um show é um momento bacana da sua trajetória... Busque repetir os momentos felizes e revivê-los. Lembra-se de algo bom que você fez no passado? Viagens, shows, passeios... Retorne a esses lugares.
© Lado Milla
Maira Gall