darkside livros
Mostrando postagens com marcador darkside livros. Mostrar todas as postagens

19 de novembro de 2020

Unboxing Ed. Darkiside: Promoção de Halloween "DARKBAG".

No inicio do mês de outubro, a editora Darkside lançou uma Promoção de Halloween - Ganhe 1 DARKBAG a sua escolha + FRETE GRÁTIS nas compras* acima de R$ 199,00 - com bolsas térmicas exclusivas de diferentes temas dos livros já lançados pela editora. 


Eu escolhi 04 livros que eu já estava querendo faz um tempinho: O Circo Mecânico Tresaulti- Limited Ediition; Geek Love; Bom dia, Verônica e Lady Killers: Assassinas Em Série fazendo "parzinho" com a minha bolsa térmica rosa com a temática da Lady Killers. 



Livro: O Circo Mecânico Tresaulti- Limited Ediition 
Autor: Genevieve Valentine 
Editora: Darkiside 
Páginas: 320 

Sinopse: “Respeitável público, sejam bem vindos ao incrível Circo Mecânico Tresaulti, o lugar para quem acredita no mundo mágico que nos rodeia. Permita-me conduzi-lo por uma viagem única através da luz e das sombras onde descobriremos juntos uma nova forma de ver tudo e a todos. Onde não existe limite entre o picadeiro e a platéia, onde tudo é real e o único limite é a nossa vontade de sonhar.”


Livro:
Geek Love 
Autor: Dunn, Katherine 
Editora: Darkside Books 
Ano: 2018 
Páginas: 

Sinopse: "Senhoras e senhores, sejam bem vindos ao circo dos Binewskis, um lugar repleto de atrações extraordinárias e seres estranhos que vão surpreender o mais cético dos espectadores. Quando os ambiciosos donos de um circo itinerante se vêem diante da decadência de seu próprio negócio, eles decidem mudar o jogo de maneira nefasta. Com o uso de substâncias radioativas e drogas, eles transformam seus filhos em aberrações - um espelho de sua própria moral - para salvar o negócio da família. 

Suas apresentações pelo país inspiram devoção de alguns e ódio de outros, e as tensões e valores familiares são levados a um novo nível. Geek Love lança sua luz sobre as nossas noções de bizarro e normal, belo e feio, sagrado e obsceno. Fãs da série American Horror Story e do filme Freaks, de 1932, vão se transformar com essa história, também uma das favoritas de Neil Gaiman, e tão singular quanto seus personagens." 


Livro:Bom dia, Verônica 
Autores:Ilana Casoy e Raphael Montes 
Editora: Darkside 
Página: 256 
Ano: 2020

Sinopse: A rotina da escrivã de polícia Verônica Torres era pacata, burocrática e repleta de sonhos interrompidos até aquela manhã. Um abismo se abre diante de seus pés de uma hora para outra quando, na mesma semana, ela presencia um suicídio inesperado e recebe a ligação anônima de uma mulher clamando por sua vida. Verônica sente um verdadeiro calafrio, mas abraça a oportunidade de mostrar suas habilidades investigativas e decide mergulhar sozinha nos dois casos. Um turbilhão de acontecimentos inesperados é desencadeado e a levam a um encontro com lado mais sombrio do coração humano. 




Livro:
Lady Killers: Assassinas Em Série
Autora: Tori Telfer
Editora: DarkSide Books
Páginas: 384 páginas
Ano: 2019 

Sinopse: As mulheres podem ser tão letais quanto os homens e deixar um rastro de corpos por onde passam — então o que acontece quando as pessoas são confrontadas com uma assassina em série? Quando as ideias de “sexo frágil” se quebram e fitamos os desconcertantes olhos de uma mulher com sangue seco sob as unhas? 

Lady Killers: Assassinas em Série é um dossiê de histórias sobre assassinas em série e seus crimes ao longo dos últimos séculos, e o material perfeito para você mergulhar fundo em suas mentes. Com um texto informativo e espirituoso, a autora recapitula a vida de catorze mulheres com apetite para destruição, suas atrocidades e o legado de dor deixado por cada uma delas. 

As histórias são narradas através de um necessário viés feminista. Através das páginas de Lady Killers: Assassinas em Série os leitores vão perceber que estas damas assassinas eram inteligentes, coniventes, imprudentes, egoístas e estavam dispostas a fazer o que fosse necessário para ingressar no que elas viam como uma vida melhor. Foram implacáveis e inflexíveis. Eram psicopatas e estavam prontas para dizimar suas próprias famílias. Mas elas não eram lobos. Não eram vampiros. Não eram homens. Mais uma vez, a ficha mostra: elas eram horrivelmente, essencialmente, inescapavelmente humanas.

Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
(principalmente no Snap!!):
© Lado Milla
Maira Gall