tagarelando
Mostrando postagens com marcador tagarelando. Mostrar todas as postagens

23 de janeiro de 2018

Tag:As 10 coisas mais legais do meu mundo!



Hoje vim responder a TAG AS COISAS MAIS LEGAIS DO MUNDO 
''''|e foi criado pela Karol Pinheiro. Aí vão as minhas respostas.

1. Decoração: Eu aprendi a gostar da cor vermelha ja na idade adulta. Lembro-me de ter apenas um moleton desssa cor... quando eu era adolescente. Desde 2015 eu me apeguei a cor vermelha mas, não é qualquer cor e sim o  vermelho marsala . Eu pintaria uma parede ou todas as paredes do meu quarto com essa cor. As as outras de branco, com os móveis do quarto da cor marrom assim com a  imagem abaixo:


2. Livro: Eu sabia que ia amar o livro Extraordinário, desde a primeira vez que ouvi a sinopse no evento da Intrínseca aqui em Floripa. Comprei na mesma semana com a primeira capa que na minha humilde opinião é mais bonita que a azul e virou o livro da minha vida!



3. Viagem: Na minha adolescencia, eu ouvia o programa de rádio Pijama Show, da Rede Atlântida, principal rede de rádios do Rio Grande do Sul. Desde então, eu criei um carinho por essa cidade e pelas bandas de rock gaúcho que ouço desde os dias de hoje...



Eu viajei para POA pela primeira vez em 2010 para assistir o show da banda Acústicos e Valvulados foi praticamente um "bate e volta" e não deu para passear pela cidade com os "amigos virtuais" que eu conversava no messenger naquela época.

4. Música: Eu sou bastante suspeita para falar da banda Acústicos e Valvulados e não perco a oportunidade de escrever sobre a banda (aqui) e (aqui) é um assunto que não me canso de falar sobre... Eu conheci o Rock Gaúcho quando eu tinha 15 anos através de um programa da rádio Atlântida chamado Pijama Show que passava nas madrugadas das 22h:00s ás 03h:00s (saudades daquelas madrugadas...) várias vezes dormi embalada com as músicas: Quintal, Sob o céu de blues, Fim de tarde... Desde aquela época, a musica Fim de tarde... Tornou-se a minha musica preferida, eu costumava ouvir essa musica nas madrugadas dos meus dias mais cansativos. Praticamente uma ressaca existencial...



5. Sapato: Eu lembro que quando eu era criança na geração 80-90 as sandálias Melissa e as suas derivadas era uma verdadeira febre naquela época.  Eu tenho a unha do dedão do pé encravada, desde que me conheço por gente... e sempre morri de vergonha em usar sandálias de dedo. A sandália Melissa, foi a salvação para os meus sofridos pés não mofarem por usar somente tênis.



6. Maquiagem: Para não sair de "cara lavada" para algum lugar devezenquando eu coloco um batom vermelho.



7. Ídolo: Mr. Pi, nome artístico de Éverton Luis Lima Cunha (Porto Alegre, 26 de julho de 1966), é um radialista brasileiro. Apresenta o programa de rádio Pijama Show, da Rede Atlântida, principal rede de rádios do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, Brasil. Com a sua voz aveludada fez parte de boa parte da minha adolescência e inicio da idade adulta...



 No mês de Julho de 2010 um conhecido me falou de um "encontro com os Pijanautas" no shopping Beira-mar aqui de Florianópolis/SC e foi muito... Mágico! estar ali, conversando e trocando idéias com alguém que praticamente vivia no seu imaginário foi um dia muito "fora de série".

8. Doce: Eu e meus pais sempre enlouquecemos quando podemos pedir uma Banana Split como sobremesa depois de almoçarmos no restaurante no final de semana.

Banana Split!
9. Foto: Ainda no ensino médio, nasceu a vontade de fazer faculdade de Psicologia e que eu passaria 5 anos (?), estudando só as matérias que eu gosto! Principalmente, nunca mais veria matemática na minha vida!


Em 2015, eu apresentei o meu Trabalho de Conclusão de Curso naqueles longos e intermináveis 30 minutos entre a minha apresentação #tremia e mais trinta minutos da pontuação dos avaliadores e o recebimento da nota. Em momento algum, pensei na nota... Queria passar TODO o meu conhecimento do projeto em si, e que toda a minha trajetória até ali não foi em vão teve crescimento em todas as etapas principalmente dos estágios (Básico e Específico). No dia seguinte, minha supervisora me mandou um e-mail, parabenizando-me pela apresentação e informando que a minha nota foi 9,5. Fiquei Feliz!


Em 2016. eu terminei as sete matérias para finalmente me formar em Psicologia fiz a minha formatura em gabinete (Money que é good nóis num have!). Aluguei a beca de formatura somente para fotografar com os meus e familiares. A foto que eu mais gostei desse dia foi com o meu primo mais novo João que significa a realização de um sonho.

10. Blog: Nesses ultimos tempos, a blogosfera andou caminhando por caminhos sombrios... A minha geração, que era adolescente quando a blogosfera era mato! Ainda são poucas blogueiras que resistem a tantos likes, seguidores e comentários... e adora escrever na blogosfera.

Adicionar legenda

Foi nessa vibe que eu conheci o blog da Isa e agora, Isadora? Eu me sinto abraçada a cada texto que eu leio... E estou adorando a nova vibe roxa, dos gatinhos e das plantas da Isa. Sabe, gente escrevendo sobre gente para gente como era no inicio da blogosfera.



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei comentando com vocês sobre o Blogmas2k17 (principalmente no Snap!!):
Snapchat: Lmilla5

1 de agosto de 2017

Tagarelando sobre o mês...


No inicio do ano, o Resumo do Mês se transformou em um texto corrido com a amiga aqui, "escrevendo pelos cotovelos" sobre os meses que chegariam ao fim no ultimo dia de cada mês.

Essa última semana foi pesada pra quem é mulher e acompanhou as notícias... Um dos meus amigos queridos do Facebook compartilhou um desses textos mal-escritos.Tentei de todas as formas fugir dos sites "jornalisticos" que não informam devidamente e deixam as suas leitoras com mais raiva do que bem informadas. 

Eu senti necessidade de esquecer, virar a página, mudar o disco e mudar de assunto... E escrevi sobre coisas mais leves nesse mês.

 O QUE EU ASSISTI ESTE MÊS



Eu terminei de ver a série Pretty Little Liars. O grande mistério da série se dá pelo suposta morte de Alison, a “abelha-rainha” de seu grupo de melhores amigas, que desapareceu misteriosamente, sem deixar rastros. 

As meninas Spencer Hastings, Aria Montgomery, Hanna Marin e Emily Fields, se encontram na Missa de 1 ano de desaparecimento de Alison. A partir desse dia, quando todas estão “juntas” novamente, as meninas começam a receber mensagens de “-A”, contendo coisas que apenas Alison sabia, o que as faz pensar que a ex-melhor amiga ainda estaria viva, além de várias ofensas às garotas. Mas não poderia ser Alison, poderia? Com o decorrer da série, são apresentados vários suspeitos. Quem quer que seja, ele(a) parece saber todos os segredos das meninas e está observando cada um de seus movimentos. As meninas são amigas novamente, e elas estarão uma com a outra quando os seus segredos vierem à tona.

O cenário é o cotidiano mostrando os personagens Spencer Hastings, Aria Montgomery, Hanna Marin e Emily Fields o seu núcleo social (escola, família, parentes...) vivendo a sua rotina. E o personagem onipresente que intitula-se de -A que sabe de todos os segredos tanto das personagens principais quanto dos seus familiares e está prestes á revelar.

O protagonismo de Sasha Pieterse nas primeiras temporadas se dá, pelos flashbacks quando era "abelha rainha" na escola e quando causava na pequena cidade de Rosewood e pelas memórias que o grupo de amigas compartilham.


Com o retorno de Alison eu enquanto telespectadora fiquei um pouco confusa... com uma Alison assustada e um possível rendimento das suas maldades de quando era uma garota popular (A protagonista não convence... No papel de maldosa nem o possivel arrependimento).

A 5° temporada é a mais cansativa por conta das "mentiras reveladas" que o telespectador ja desconfia de alguma dessas mentiras... A grande maldade são as falsas lembranças que são implatadas nas então crianças e as mentiras acabam gerando outras mentiras mais cabeludas. Sim, eu já suspeitava que seria -A (ou o grupo -A) alguns episódios te dá algumas dicas...  Por isso só dei três estrelinhas.

 O QUE EU LI ESTE MÊS



No final do mês de março, eu fiz um BOOK HAUL trimestral. No inicio desse ano, saiu um "trocadinhos" que eu não tava esperando... E algumas voltinhas em livrarias&derivados acabei comprando alguns livros que eu estava querendo ler á um tempo... Porém, prometi que iria trazer o Book Haul do primeiro semestre desse ano. Comprei 13 livros no primeiro semestre desse ano.


O livro Em Algum Lugar nas Estrelas, da Clare Vanderpool que estava "mofando" na minha bolsa á alguns meses... Ignorei o marcador de páginas e re-comecei a ler do inicio, antes mesmo de começar a ler os escolhidos para a minha TBR da Maratona Literária. 


Comprei o livro O Pequeno Principe com uma edição chuchu da editora Agir e é uma leitura que sempre gosto de re-lêr quando tenho oportunidade. 


Falo um pouco mais da Maratona Literária de Inverno de 2017 nos próximos posts.

 O QUE EU OUVI ESTE MÊS


Eu ouvi bastante músicas para escrever o #cançãodesegunda, escrevi sobre a Coletânea “Dois Lados” com os sucessos do Skank são cantados por novos artistas brasileiros, como: francisco, el hombre, A Banda Mais Bonita da Cidade, Fernando Anitelli, Anavitória, Cobra Coral, Garotas Suecas, dentre outros. Eles imprimem sua personalidade ao cantar as músicas dos mineiros, e o resultado ficou bem interessante. O projeto gerou um álbum duplo com 15 faixas cada, ou seja, são 30 músicas cantadas por diversos artistas.

Chico Buarque divulgou nesta sexta-feira, 28, a música Tua cantiga, uma das faixas de seu novo disco de estúdio, Caravanas, que tem previsão de lançamento para a segunda quinzena de agosto. O single está disponível em todas as plataformas digitais e ganhou também um videoclipe. A letra é assinada por Chico e a melodia é do pianista Cristóvão Bastos, com quem Chico já costuma trabalhar.



O QUE EU escrevi ESTE MÊS


Eu senti necessidade de esquecer, virar a página, mudar o disco e mudar de assunto... Eu escrevi sobre as séries que eu ando vendo depois que descobri as maravilhas da NETFLIX e como eu me tornei uma Fangirl. Eu escrevi um texto antigo sobre saudades e Quando as lembranças sufocam... no meu antigo blog e resolvi re-escrever o texto aqui também.

Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

1 de junho de 2017

Tagarelando sobre o mês...

No inicio do ano, o Resumo do Mês se transformou em um texto corrido com a amiga aqui, "escrevendo pelos cotovelos" sobre os meses que chegariam ao fim no ultimo dia de cada mês.


Nesses últimos dias, eu fiquei pensando em como eu iria começar a Tagarelar sobre o quinto mês desse ano. No seu ultimo newsletters a Ana Vitória descreveu um sentimento quase que mundial: Tá foda, né? Tá foda demais. "São governos cambaleantes, exército na rua, atentado terrorista que mata adolescentes, o terrorismo de um prefeito que escolhe derrubar um prédio com pessoas dentro...". Eu também não soube escrever... Não sei se deveria escrever alguma coisa sobre isso. 

No ensino fundamental, eu sempre gostei da matéria de Estudos Sociais. No ensino médio, essa matéria transformou-se nas matérias de Geografia, História e Atualidades... Eu sempre gostei muito da História do Brasil. Os meus professores de História tinham um jeito peculiar de passar o conteúdo que conseguia prender a atenção até do aluno menos interessado... 

Quando o professor expôs o conteúdo sobre os anos de Ditadura Militar no Brasil que foi uma época de grande opressão, tortura, mortes... Onde a "liberdade de expressão" simplesmente não existe em um governo ditatorial da época. Na aula seguinte, a continuação daquele conteúdo foi sobre os diferentes tipos de arte que eram censurados pela ditadura, o professor nos contou que enquanto os militantes eram torturados e mortos... alguns intelectuais da arte da época preferiam não ser censurados, criando musicas bobas no estilo Um barquinho a navegar.... ♫ Nos dias atuais, é torturante não conseguir escrever sobre isso tudo. É frustrante ter mais duvidas do que certezas nos dias atuais. Pensei em escrever mais sobre a série Os dias eram assim... mas acabei colocando somente as musicas da trilha sonora.

A vida de recém-formada está devagar... Estou sentindo falta dos estágios, dos trabalhos no CAPSI aqui de Florianópolis. Estou agradecendo muito também de não precisar sair de casa tão cedo nesses dias frios e chuvosos...

Enquanto não conseguimos escrever sobre "a vida real" escrevemos sobre: livros, Musicas, filmes e seriados  e as TAGs e projetos do blog: #cançao de segunda e história da musica;  #T de TAG; e #52 semanas.  E outras apostagens sobre: resenhas literárias e resenhas das séries que estou assistindo atualmente na Netflix.

 O QUE EU ASSISTI ESTE MÊS


Estou tendo muito tempo livre... Então, estou maratonando as minhas séries preferidas. Terminei de assistir OC - Um estranho no paraiso e escrevi uma analise sobre a série. Logo em seguida, comecei a assistir Gossip Girls e estou na terceira temporada...

Assisti algumas séries atuais;  13 Reasons Why A série gira em torno de Clay Jensen, um estudante tímido do ensino médio que encontra na porta de sua casa uma caixa com 13 fitas cassete gravadas por Hannah Baker, uma colega que cometeu suicídio recentemente. Cada um dos lados das fitas relata um motivo – e uma pessoa – que motivou Hannah ao suicídio. E ainda abordando sobre o mesmo assunto, escrevi sobre o filme em formato de documentário que assisti ainda no ano passado A Girl Like Hear.

A 1º temporada da tão comentada série Cara, gente branca que ainda irei escrever sobre as minhas impressões dessa série.

 O QUE EU LI ESTE MÊS


Eu terminei a leitura do livro A Guerra que Salvou a Minha Vida é um lançamento da DarkSide Books, é a primeira Editora do Brasil dedicada ao terror e à fantasia A editora criou uma coleção Darklove com histórias sobre a força feminina na literatura. Escrito pela autora Kimberly Brubaker Bradley. Vencedor do Newbery Honor Award e primeiro lugar nos mais vendidos do New York Times, assim como é adotado em diversas escolas nos EUA. [Resenha]

E comecei a leitura do livro Em algum lugar das estrelas mas ainda não terminei...da mesma editora.

 O QUE EU OUVI ESTE MÊS



Estou ouvindo muito as musicas da trilha sonora da série Os dias eram assim...



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

16 de maio de 2017

TAG: Viciada em Séries


Hoje é Terça- Feira.
E nas terças, teremos o T de TAG que consiste em colocar aqui, as tag´s na qual eu fui tagueada
(ou não).

A Tag escolhida da vez foi "Viciada em Séries". A Lara do blog Reliquias de Lara visitando alguns blogs de pessoas que também são viciadas em séries e resolveu juntar o melhor das duas versões. E hoje, eu vou responder essa Tag para vocês.

1. Qual sua série favorita?

Eu estou assistindo How I Met Your Mother que foi uma premiada sitcom estadunidense da CBS criada por Carter Bays e Craig Thomas. Estreou no dia 19 de setembro de 2005. A temporada 2013-14, sua nona edição, é a última, encerrando-se em 31 de março de 2014, após 208 episódios. A série mostra Ted Mosby em 2030 narrando aos seus filhos a história de como conheceu a mãe deles.



2. Qual seu seriado antigo favorito?

Gilmore Girls (Gilmore Girls: Tal Mãe, Tal Filha como conhecida em português) é uma série do canal americano CW que ganhou popularidade mundial no começo dos anos 2000. Criada por Amy Sherman-Palladino e estrelada por Lauren Graham e Alexis Bledel, o seriado é exibido no Brasil pelo canal Warner Channel na TV paga. A série estreou em 5 de outubro de 2000 e terminou em 15 de Maio de 2007 na sua sétima temporada no canal The CW.


A série conta a história do cotidiano da mãe solteira Lorelai Victoria Gilmore (Lauren Graham) e sua filha Lorelai "Rory" Leigh Gilmore (Alexis Bledel) que vivem no pequeno povoado fictício de Stars Hollow, em Connecticut, pequena cidade com personagens bem peculiares e localizada cerca de trinta minutos de Hartford. A série explora diversos assuntos como família, amizades, conflitos geracionais e classes sociais.

Gilmore Girls tem como características os diálogos rápidos com poucas pausas, frequentes referências à cultura popular e política, e comentários sociais, manifestados mais claramente no difícil relacionamento de Lorelai com seus pais da alta sociedade Richard Gilmore (Edward Herrmann) e Emily Gilmore (Kelly Bishop).

3. Qual série você indica para todo mundo?

OC- Um estranho no paraiso, Gilmore Girls e How I Met Your Mother...

4. Qual foi a última série que você assistiu?


13 Reasons Why (resenha) : A série gira em torno de Clay Jensen, um estudante tímido do ensino médio que encontra na porta de sua casa uma caixa com 13 fitas cassete gravadas por Hannah Baker, uma colega que cometeu suicídio recentemente. Cada um dos lados das fitas relata um motivo – e uma pessoa – que motivou Hannah ao suicídio.

5. Já ficou triste com o final de alguma série?


A série Gilmore Girls é a série da minha vida! Apesar de não ter gostado das ultimas duas temporadas fiquei realmete triste com aquele final. A revival "Um ano para recordar" não me agradou muito.

6. Qual seu personagem favorito?

Phillips é simplesmente conhecido como Grant, o trovador de Stars Hollow, a cidade fictícia de Gilmore Girls.


O músico apareceu esporadicamente durante as sete temporadas da série, tocando seu violão e gaita e cantando em seu microfone. Enquanto Lorelai (Lauren Graham) e Rory (Alexis Bledel) andavam pela cidade, o trovador frequentemente era visto fazendo seus covers de músicas famosas.

7. Qual personagem que você odeia?


A Julie, a personagem “biscate” de The O.C. No começo da série, era aquele suposta “boa esposa”, que na verdade só estava com ele pra gastar todo o seu dinheiro. Em todo o seriado, ela sempre quis chamar atenção, aparecer mais que os outros, e tinha muita inveja da Kirsten. A personagem tem cara de "atriz porno" e a voz dublada da atriz é sexy de uma maneira forçada. Estou assistindo a terceira temporada e ela não melhora...

8. Qual série você tem vontade de assistir?


Perception é um drama sobre a mente humana. A série é centrada no Dr. Daniel Pierce, interpretado por Eric McCormack (o Will da série Will and Grace), um talentoso, excêntrico e paranoico neurocientista e professor que conhece a fundo a mente e os comportamentos humanos.


Ele é recrutado por Kate Moretti, uma antiga estudante sua que agora trabalha no FBI. Juntos, eles vão ajudar na resolução dos mais diversos crimes, no melhor estilo “casos da semana”.

9. Qual série você não tem vontade de assistir?


Eu  assisti alguns episódios aleatórios da série FRIENDS na Wharner Chanel... Eu tentei assistir a série inteira na Netflix mas não consegui passar dos primeiros episódios da 1° temporada. A risada mecanica entre uma piada forçada e outra acabou me irritando para continuar assistindo a série.

10. Você já assistiu uma série só por assistir?



Full House eu assistia essa série quando eu era criança com minha mãe e até me animei em revê-la na Netflix. Eu costumava assistir durante o almoço... mas, não rolou o mesmo entusiasmo de quando eu era criança.

11. Qual série tem o melhor figurino?

The O.C. (The O.C.: Um Estranho no Paraíso foi uma série de televisão produzida pela Warner, relata a história de um grupo de adolescentes e das suas famílias que vivem em Newport Beach, do Condado Orange (Orange County, daí o O.C.), localizado na Califórnia. Foi a primeira série juvenil a ter agradado o público de qualquer parte do mundo. Criada por Josh Schwartz, a série foi para o ar a primeira vez a 5 de agosto de 2003. É uma série que tenta aliar comédia e drama com uma trilha sonora juvenil, sem ter nomes sonantes da música comercial mas sendo, ao mesmo tempo, muito atual. Uma série que agrada muito o público pelo mundo todo. 


O figurino dos personagens estilo 2000 lançaram moda na época. Hoje em dia, ainda acho os figurinos maravilhosos!

12. Melhor abertura ou música tema?

Where You Lead da divina Carole King não é só o tema de Gilmore Girls. É uma dos melhores temas da televisão! A letra – uma referência ao livro bíblico de Rute – tem uma força feminina muito marcante, e com a adição de Louise Goffin na regravação de 2005, remeteu ainda mais à dinâmica de Lorelai e Rory.




Gostaram das minhas respostas? Concordam ou discordam de alguma coisa que eu disse? Deixe ai nos comentários, mas sejam bonzinhos, porque essa é só a minha opinião pra vocês me conhecerem melhor. Não vou indicar ninguém pra tag, mas quem quiser sinta-se à vontade para responder também.





ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):


9 de maio de 2017

T de TAG:: Eu Nunca (livros)





Hoje é Terça- Feira.
E nas terças, teremos o T de TAG que consiste em colocar aqui, as tag´s na qual eu fui tagueada
(ou não).

 A Tag escolhida da vez foi a “Eu Nunca” traduzida pelo Paulo do canal Livraria em Casa e criada por um canal gringo. As regras são bem básicas e consistem em responder 10 perguntas. Lets Go?


1. “Eu nunca li isso” – Um livro que você não leu, mas que aparentemente todo mundo já.




TODO MUNDO já leu Harry Potter! E as crianças e adolescentes começaram a gostar de leitura por causa dos livros da JK ROWLING... Quando os livros foram lançados, eu ja era considerada adulta estava no meu primeiro emprego e estava longe dessa nova " febre dos bruxos".

2. “Eu nunca li algo tão maravilhoso” – O seu livro favorito



Fiquei com dó da versão da capa azul desse livro. Ao terminar a leitura me fez ter a sensação que todos deveriam gastar o seu tempo lendo é o livro Extraordinário - R. J. Palácio.

3. “Eu nunca imaginei que conseguiria terminar isso” – Um livro ou uma série que você não curtiu, mas foi até o fim


Teorema Katherine; Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines.

É uma Leitura sofrível! No decorrer do livro veio à pergunta “tem certeza que é o mesmo autor?” fiz algumas tentativas nos dias anteriores, mas a leitura não engrenava só não abandonei a leitura, pois queria comprovar a ruindade do livro... Algumas partes animam, que Colin fala sobre constelações e sobre a importância que é para ele como um garoto prodígio fazer a diferença no mundo tem sacadas realmente bacanas no decorrer da historia... (spoiler)

4. “Eu nunca vou terminar isso” – Um livro ou uma série que você abandonou

A tematica "suicidio" esta me deixando muito mal... Nessas ultimas semanas. 
A leitura do livro Por lugares incriveis não esta rolando...

5. “Eu nunca vou me arrepender de ter lido isso” – Um livro que você leu por recomendação de alguém e acabou gostando


O livro que mais me marcou é Pretinha, eu do autor Júlio Emílio Braz esse livro foi indicação de uma professora de português para a aula de leitura.

No meio de uma aula de leitura a professora disse que eu me parecia muito com a Pretinha da história, não pelo meu tom de pele, pois eu sempre fui branquinha hehehe, mas por ser a mais velha de uma turma que todos tinham onze anos e pelo meu “mau jeito” (no começo) de me enquadrar, em uma escola com métodos tão rigorosos quanto o Harm… Ops! Colégio T. Sofri Bullying todos os dias do ano que estudei no colégio T. Sofria todos os tipos de agressões; intencionais, verbais e psicológicas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas.No meu caso, por exemplo, a crueldade veio também por parte dos adultos professores da época “Ela parece à pretinha da história...” reforçando apelidos e motivos de chacota se eu já não tivesse motivos e não sofresse o suficiente...

6. “Eu nunca faria isso” – Um personagem que tomou alguma decisão ou fez coisas que você não concorda/faria.


Anna do livro "Anna e o Beijo Francês" no começo do livro ella fez uma birra por nada...Em vez de aproveitar a chance de estudar na França... Deixando o leitor morrendo de raiva das atitudes de Anna.

7. “Eu nunca quero ter que admitir que li isso”- Um livro que você tem vergonha de ter lido ou de ler em locais públicos.

O diario de Bruna Surfistinha. Porém, se alguém perguntar eu nego!

8. “Eu nunca li algo tão fofo” – Um livro que tocou seu coração


A Guerra que Salvou a Minha Vida tem narração clara em primeira pessoa, com capítulos curtos. As palavras de Kimberly fluem com a capacidade incrível de transportar o leitor em uma imersão na história.

A edição física do livro é de longe uma das mais caprichadas da editora e uma das mais lindas que já vi. Essa história é maravilhosamente marcante! É a minha leitura preferida desse ano. Um ponto que me tocou bastante, é que em várias partes a autora deixa claro que os dois irmãos não sabem ler ou não sabem o nome de atividades simples do dia a dia, e era necessário um adulto e Susan se tornou aos poucos uma mãe ideal para aquelas crianças... Ada me arrancou lagrimas e risos durante a sua trajetória em vê-la perceber que é capaz de muitas coisas, algumas até que ela nem imaginava. Senti cada emoção junto com os personagens

9. “Eu nunca ri tanto” – Um livro que te fez rir alto


Vovó Vigarista do Walliams, David vi esse livro no evento da editora Intrínseca e gostei tanto da "sinopse" que comprei depois de uma semana do evento. é uma leitura maravilhosa! Que você ri muito no inicio e no final você chora muito!!!

10. “Eu nunca teria sobrevivido minha infância sem ter lido esse livro” – Um livro favorito da sua infância


Um grupo de jovens enfrenta o mais diabólico dos crimes! Num clima de muito mistério e suspense, cinco estudantes – os Karas – enfrentam uma macabra trama internacional: o sinistro Doutor Q.I. pretende subjugar a Humanidade aos seus desígnios através de uma perigosa droga que está sendo testada em alunos dos melhores colégios de São Paulo…

Esses foram os livros dessa Tag Literária. Se gostou, fique à vontade para fazer, vou curtir muito saber as suas respostas. Depois me conta, tá? 

ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

2 de maio de 2017

T de TAG: De blogueira para blogueira





Eu sou péssima em seguir rotina, e sou péssima em convencer-me disso... 

Eu tenho algumas TAGs salvas no rascunho do meu blog e fiquei pensando em uma maneira de responder essas TAGs de uma forma que não fique muito massante para os leitores do Lado Milla. 

Aproveitando o inicio do mês, criaremos então um novo "marca-dores" para esse genuíno Blog. Além do, #canção de segunda e o projeto semanal 52 semanas nas quintas - feiras ... Nas terças-feiras teremos o T de TAG que onsiste em colocar aqui, as tag´s na qual eu fui tagueada (ou não) todas as terças -feiras..



A Flavi do Memórias de uma Guerreira criou uma tag De blogueira para blogueira. Que são todas voltadas a blogosfera mas bem pessoais. Sem mais, vamos as perguntas: 

Regras: Fale quem criou e quem te indicou.
Indique até 6 blogueiras pra responder.


Por que resolveu a criar o blog? 

Escrever é uma atividade solitária... Eu gosto de escrever sobre os meus traumas, manias, defeitos e sonhos. Outras vezes escrevo sobre as musicas que eu estou ouvindo, resenho os livros que leio e ultimamente estou escrevendo as séries que vejo no Netflix. Ter um blog pessoal é uma oportunidade de escrever qualquer tipo de assunto que eu me dispuser a escrever no Blog. 

De onde se inspirou para ter este nome? 

Então, o blog se chamaria "Um lado meio Milla..." por ser um blog pessoal nada mais justo ter meu apelido de infância no nome do blog. Quando completei a 50° postagem vi que, estava dando certo e que vinha cumprindo o papel de blog pessoal com, textos pessoais no estilo "my dear diary..." 

Qual é o seu maior medo diante da blogosfera? 

A nossa língua portuguesa é linda mas pode ferir quando é mal interpretada... Ser mal interpretada, esse é um dos meus piores medos na blogosfera . Escrevi uma vez, sobre o termo "mais amor na blogosfera" e um grupo específico se ofendeu e acabou excluindo-me da "panelinha" que aquele grupo de divulgação se tornou. 

Já passou por algum momento ruim com blog? Se sim, o que fez para contornar a situação? 

Não foi com o blog mas refletiu nele. Ano passado, a vida off-line andou um tanto bagunçada obrigando-me a colocar o blog em "Hiatus" por três meses. Contornando com o BEDA no mês de agosto. 

O que te faz manter com o blog mesmo diante de tantos problemas da blogosfera? 

Escrever é uma atividade solitária... O que me faz manter um blog nos dias atuais é somente a vontade de escrever e fotografar. É um grito no escuro... que devezenquando tocam alguém na blogosfera. 

Qual é seu maior sonho em relação ao blog? 

Quero ser reconhecida por algo que escrevi...

Caso tenha um sonho com o blog, o que tem feito para conseguir alcançar ele? 

A única coisa que faço no momento é divulgar. Estou escrevendo e fotografando também...

Você acredita que seu blog pode servir de inspiração para outras pessoas? Por que?
  
Acho que sim... Escrever é a melhor forma de desabafar e colocar para fora tudo que incomoda quando fica trancado dentro da gente.

Você já conseguiu alguma parceria para o blog? Se sim, como e com quem foi? 

Não.

Caso não tenha conseguido nenhuma parceria, com que tipo de empresa você gostaria de trabalhar?

Eu gostaria de trabalhar com editoras de livros. Pos escrevo resenhas dos livros que eu estou frequentemente lendo.

O que pretende fazer quando chegar aos $100,00 dólares do Google Adsense? 

Não sei. 

Você já investiu financeiramente em algo para o blog? Se sim, qual o valor do investimento e em que foi aplicado? 

Sim. Tenho uma Maquina Fotográfica que uso para registrar as fotografias das postagens.

Não fui tagueada. Porém, quem  quiser responder me avisem para que eu possa conferir as suas respostas.





Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

30 de abril de 2017

Tagarelando sobre o mês: Tchau Abril!


O Resumo do Mês é um resumo de tudo que aconteceu no blog no último mês. Eu gosto de escrever o resumo de tudo o que aconteceu no mês, porque muitos leitores acabam não tendo a oportunidade de ver todas as postagens, então é uma maneira de compilar e mostrar tudo que rolou no Lado Milla de uma forma resumida...
No inicio do ano, o "resumo do mês" se transformou em um texto corrido com a amiga aqui, "escrevendo pelos cotovelos" sobre os meses que chegariam ao fim no ultimo dia de cada mês.

No inicio do mês, começamos com uma contagem regressiva #12dias para a minha formatura em Psicologia.


Enfim, Psicóloga! escrevi um pouco mais sobre a minha graduação e sobre a minha formatura.
Nesses últimos 3 anos de graduação, eu fui abençoada com amigos, colegas e professores... Que me incentivaram a dar sempre o meu melhor! Algumas "puxadas de orelha" quando era preciso e conforto em momentos de sufoco e duvidas...
O tempo voa... Esse texto, eu escrevi em 2011 no meu blog antigo com idéias que incomodavam  até os dias de hoje... Aquela nostalgia obrigatória que chega a incomodar.
BEBEMORAÇÃO DE FORMATURA
Na semana passada, parecia que um caminhão desgovernado tinha passado por cima de mim. Alguém anotou a placa!?!

Que mês! Tive um dejavú um tanto que, agonizante no show dos Acústicos e Valvulados ou seria Velhas da chalaça ou chalaça... No mesmo tempo que eu conhecia TODO MUNDO da "chalaça..." Precisou alguns segundos para não conhecer ninguém e estar em uma festa estranha com gente esquisita ... ♫ um dia ainda escrevo sobre isso.

No mês passado, eu escrevi que eu tinha perdido o controle da minha vida comprando mais de um livro por mês... hauhauahua mostrei todas as novas aquisições no Book Haul do trimestre. Comprei mais tres livros nesse mês...


 O QUE EU ASSISTI ESTE MÊS


O Vale a pena ver de novo começou a reprisar a novela Senhora Do Destino apesar dos "cortes" para adequar-se o horário estou acompanhando e lembrando o quanto a novela foi bacana e o marco naquela época.

 O QUE EU LI ESTE MÊS


Eu estou lendo... “A Guerra que Salvou a Minha Vida” é um daqueles romances que você lê com um nó no peito, sorrisos no rosto e – entre um parágrafo e outro – lagrimas nos olhos. Uma obra sobre as muitas batalhas que precisamos vencer para conquistar nosso lugar no mundo. Há esse livro... tive a sensação de querer proteger essa leitura e ao mesmo tempo indicar a todo mundo!



 O QUE EU OUVI ESTE MÊS



Indo para o cursinho eu coloco musicas para ouvir no modo "aleatório" e estou ouvindo bastante rock nacional, indie e MPB. Nada muito especifico...


Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):


© Lado Milla
Maira Gall