tagarelando
Mostrando postagens com marcador tagarelando. Mostrar todas as postagens

9 de maio de 2017

T de TAG:: Eu Nunca (livros)





Hoje é Terça- Feira.
E nas terças, teremos o T de TAG que consiste em colocar aqui, as tag´s na qual eu fui tagueada
(ou não).

 A Tag escolhida da vez foi a “Eu Nunca” traduzida pelo Paulo do canal Livraria em Casa e criada por um canal gringo. As regras são bem básicas e consistem em responder 10 perguntas. Lets Go?


1. “Eu nunca li isso” – Um livro que você não leu, mas que aparentemente todo mundo já.




TODO MUNDO já leu Harry Potter! E as crianças e adolescentes começaram a gostar de leitura por causa dos livros da JK ROWLING... Quando os livros foram lançados, eu ja era considerada adulta estava no meu primeiro emprego e estava longe dessa nova " febre dos bruxos".

2. “Eu nunca li algo tão maravilhoso” – O seu livro favorito



Fiquei com dó da versão da capa azul desse livro. Ao terminar a leitura me fez ter a sensação que todos deveriam gastar o seu tempo lendo é o livro Extraordinário - R. J. Palácio.

3. “Eu nunca imaginei que conseguiria terminar isso” – Um livro ou uma série que você não curtiu, mas foi até o fim


Teorema Katherine; Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines.

É uma Leitura sofrível! No decorrer do livro veio à pergunta “tem certeza que é o mesmo autor?” fiz algumas tentativas nos dias anteriores, mas a leitura não engrenava só não abandonei a leitura, pois queria comprovar a ruindade do livro... Algumas partes animam, que Colin fala sobre constelações e sobre a importância que é para ele como um garoto prodígio fazer a diferença no mundo tem sacadas realmente bacanas no decorrer da historia... (spoiler)

4. “Eu nunca vou terminar isso” – Um livro ou uma série que você abandonou

A tematica "suicidio" esta me deixando muito mal... Nessas ultimas semanas. 
A leitura do livro Por lugares incriveis não esta rolando...

5. “Eu nunca vou me arrepender de ter lido isso” – Um livro que você leu por recomendação de alguém e acabou gostando


O livro que mais me marcou é Pretinha, eu do autor Júlio Emílio Braz esse livro foi indicação de uma professora de português para a aula de leitura.

No meio de uma aula de leitura a professora disse que eu me parecia muito com a Pretinha da história, não pelo meu tom de pele, pois eu sempre fui branquinha hehehe, mas por ser a mais velha de uma turma que todos tinham onze anos e pelo meu “mau jeito” (no começo) de me enquadrar, em uma escola com métodos tão rigorosos quanto o Harm… Ops! Colégio T. Sofri Bullying todos os dias do ano que estudei no colégio T. Sofria todos os tipos de agressões; intencionais, verbais e psicológicas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas.No meu caso, por exemplo, a crueldade veio também por parte dos adultos professores da época “Ela parece à pretinha da história...” reforçando apelidos e motivos de chacota se eu já não tivesse motivos e não sofresse o suficiente...

6. “Eu nunca faria isso” – Um personagem que tomou alguma decisão ou fez coisas que você não concorda/faria.


Anna do livro "Anna e o Beijo Francês" no começo do livro ella fez uma birra por nada...Em vez de aproveitar a chance de estudar na França... Deixando o leitor morrendo de raiva das atitudes de Anna.

7. “Eu nunca quero ter que admitir que li isso”- Um livro que você tem vergonha de ter lido ou de ler em locais públicos.

O diario de Bruna Surfistinha. Porém, se alguém perguntar eu nego!

8. “Eu nunca li algo tão fofo” – Um livro que tocou seu coração


A Guerra que Salvou a Minha Vida tem narração clara em primeira pessoa, com capítulos curtos. As palavras de Kimberly fluem com a capacidade incrível de transportar o leitor em uma imersão na história.

A edição física do livro é de longe uma das mais caprichadas da editora e uma das mais lindas que já vi. Essa história é maravilhosamente marcante! É a minha leitura preferida desse ano. Um ponto que me tocou bastante, é que em várias partes a autora deixa claro que os dois irmãos não sabem ler ou não sabem o nome de atividades simples do dia a dia, e era necessário um adulto e Susan se tornou aos poucos uma mãe ideal para aquelas crianças... Ada me arrancou lagrimas e risos durante a sua trajetória em vê-la perceber que é capaz de muitas coisas, algumas até que ela nem imaginava. Senti cada emoção junto com os personagens

9. “Eu nunca ri tanto” – Um livro que te fez rir alto


Vovó Vigarista do Walliams, David vi esse livro no evento da editora Intrínseca e gostei tanto da "sinopse" que comprei depois de uma semana do evento. é uma leitura maravilhosa! Que você ri muito no inicio e no final você chora muito!!!

10. “Eu nunca teria sobrevivido minha infância sem ter lido esse livro” – Um livro favorito da sua infância


Um grupo de jovens enfrenta o mais diabólico dos crimes! Num clima de muito mistério e suspense, cinco estudantes – os Karas – enfrentam uma macabra trama internacional: o sinistro Doutor Q.I. pretende subjugar a Humanidade aos seus desígnios através de uma perigosa droga que está sendo testada em alunos dos melhores colégios de São Paulo…

Esses foram os livros dessa Tag Literária. Se gostou, fique à vontade para fazer, vou curtir muito saber as suas respostas. Depois me conta, tá? 

ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

2 de maio de 2017

T de TAG: De blogueira para blogueira





Eu sou péssima em seguir rotina, e sou péssima em convencer-me disso... 

Eu tenho algumas TAGs salvas no rascunho do meu blog e fiquei pensando em uma maneira de responder essas TAGs de uma forma que não fique muito massante para os leitores do Lado Milla. 

Aproveitando o inicio do mês, criaremos então um novo "marca-dores" para esse genuíno Blog. Além do, #canção de segunda e o projeto semanal 52 semanas nas quintas - feiras ... Nas terças-feiras teremos o T de TAG que onsiste em colocar aqui, as tag´s na qual eu fui tagueada (ou não) todas as terças -feiras..



A Flavi do Memórias de uma Guerreira criou uma tag De blogueira para blogueira. Que são todas voltadas a blogosfera mas bem pessoais. Sem mais, vamos as perguntas: 

Regras: Fale quem criou e quem te indicou.
Indique até 6 blogueiras pra responder.


Por que resolveu a criar o blog? 

Escrever é uma atividade solitária... Eu gosto de escrever sobre os meus traumas, manias, defeitos e sonhos. Outras vezes escrevo sobre as musicas que eu estou ouvindo, resenho os livros que leio e ultimamente estou escrevendo as séries que vejo no Netflix. Ter um blog pessoal é uma oportunidade de escrever qualquer tipo de assunto que eu me dispuser a escrever no Blog. 

De onde se inspirou para ter este nome? 

Então, o blog se chamaria "Um lado meio Milla..." por ser um blog pessoal nada mais justo ter meu apelido de infância no nome do blog. Quando completei a 50° postagem vi que, estava dando certo e que vinha cumprindo o papel de blog pessoal com, textos pessoais no estilo "my dear diary..." 

Qual é o seu maior medo diante da blogosfera? 

A nossa língua portuguesa é linda mas pode ferir quando é mal interpretada... Ser mal interpretada, esse é um dos meus piores medos na blogosfera . Escrevi uma vez, sobre o termo "mais amor na blogosfera" e um grupo específico se ofendeu e acabou excluindo-me da "panelinha" que aquele grupo de divulgação se tornou. 

Já passou por algum momento ruim com blog? Se sim, o que fez para contornar a situação? 

Não foi com o blog mas refletiu nele. Ano passado, a vida off-line andou um tanto bagunçada obrigando-me a colocar o blog em "Hiatus" por três meses. Contornando com o BEDA no mês de agosto. 

O que te faz manter com o blog mesmo diante de tantos problemas da blogosfera? 

Escrever é uma atividade solitária... O que me faz manter um blog nos dias atuais é somente a vontade de escrever e fotografar. É um grito no escuro... que devezenquando tocam alguém na blogosfera. 

Qual é seu maior sonho em relação ao blog? 

Quero ser reconhecida por algo que escrevi...

Caso tenha um sonho com o blog, o que tem feito para conseguir alcançar ele? 

A única coisa que faço no momento é divulgar. Estou escrevendo e fotografando também...

Você acredita que seu blog pode servir de inspiração para outras pessoas? Por que?
  
Acho que sim... Escrever é a melhor forma de desabafar e colocar para fora tudo que incomoda quando fica trancado dentro da gente.

Você já conseguiu alguma parceria para o blog? Se sim, como e com quem foi? 

Não.

Caso não tenha conseguido nenhuma parceria, com que tipo de empresa você gostaria de trabalhar?

Eu gostaria de trabalhar com editoras de livros. Pos escrevo resenhas dos livros que eu estou frequentemente lendo.

O que pretende fazer quando chegar aos $100,00 dólares do Google Adsense? 

Não sei. 

Você já investiu financeiramente em algo para o blog? Se sim, qual o valor do investimento e em que foi aplicado? 

Sim. Tenho uma Maquina Fotográfica que uso para registrar as fotografias das postagens.

Não fui tagueada. Porém, quem  quiser responder me avisem para que eu possa conferir as suas respostas.





Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

30 de abril de 2017

Tagarelando sobre o mês: Tchau Abril!


O Resumo do Mês é um resumo de tudo que aconteceu no blog no último mês. Eu gosto de escrever o resumo de tudo o que aconteceu no mês, porque muitos leitores acabam não tendo a oportunidade de ver todas as postagens, então é uma maneira de compilar e mostrar tudo que rolou no Lado Milla de uma forma resumida...
No inicio do ano, o "resumo do mês" se transformou em um texto corrido com a amiga aqui, "escrevendo pelos cotovelos" sobre os meses que chegariam ao fim no ultimo dia de cada mês.

No inicio do mês, começamos com uma contagem regressiva #12dias para a minha formatura em Psicologia.


Enfim, Psicóloga! escrevi um pouco mais sobre a minha graduação e sobre a minha formatura.
Nesses últimos 3 anos de graduação, eu fui abençoada com amigos, colegas e professores... Que me incentivaram a dar sempre o meu melhor! Algumas "puxadas de orelha" quando era preciso e conforto em momentos de sufoco e duvidas...
O tempo voa... Esse texto, eu escrevi em 2011 no meu blog antigo com idéias que incomodavam  até os dias de hoje... Aquela nostalgia obrigatória que chega a incomodar.
BEBEMORAÇÃO DE FORMATURA
Na semana passada, parecia que um caminhão desgovernado tinha passado por cima de mim. Alguém anotou a placa!?!

Que mês! Tive um dejavú um tanto que, agonizante no show dos Acústicos e Valvulados ou seria Velhas da chalaça ou chalaça... No mesmo tempo que eu conhecia TODO MUNDO da "chalaça..." Precisou alguns segundos para não conhecer ninguém e estar em uma festa estranha com gente esquisita ... ♫ um dia ainda escrevo sobre isso.

No mês passado, eu escrevi que eu tinha perdido o controle da minha vida comprando mais de um livro por mês... hauhauahua mostrei todas as novas aquisições no Book Haul do trimestre. Comprei mais tres livros nesse mês...


 O QUE EU ASSISTI ESTE MÊS


O Vale a pena ver de novo começou a reprisar a novela Senhora Do Destino apesar dos "cortes" para adequar-se o horário estou acompanhando e lembrando o quanto a novela foi bacana e o marco naquela época.

 O QUE EU LI ESTE MÊS


Eu estou lendo... “A Guerra que Salvou a Minha Vida” é um daqueles romances que você lê com um nó no peito, sorrisos no rosto e – entre um parágrafo e outro – lagrimas nos olhos. Uma obra sobre as muitas batalhas que precisamos vencer para conquistar nosso lugar no mundo. Há esse livro... tive a sensação de querer proteger essa leitura e ao mesmo tempo indicar a todo mundo!



 O QUE EU OUVI ESTE MÊS



Indo para o cursinho eu coloco musicas para ouvir no modo "aleatório" e estou ouvindo bastante rock nacional, indie e MPB. Nada muito especifico...


Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):


31 de janeiro de 2017

Tagarelando sobre o mês ...


O Resumo do Mês é um resumo de tudo que aconteceu no blog no último mês. Eu gosto de escrever o resumo de tudo o que aconteceu no mês, porque muitos leitores acabam não tendo a oportunidade de ver todas as postagens, então é uma maneira de compilar e mostrar tudo que rolou no Lado Milla de uma forma resumida... Nesse primeiro mês do ano, o Resumo vai ser a amiga aqui, "escrevendo pelos cotovelos" sobre o mês de Janeiro.

Terminamos o ano com as postagens do Blogagem Especial do Final de Ano (Ainda quero escrever com mais calma sobre isso...). Os primeiros momentos desse ano, eu fiquei com uma das piores cólicas menstruais da vida... Passei o Reweion na praia na casa dos meus avós; com meus pais; meus tios e agregados... Nos últimos segundos eu corri para a praia e agradeci que aquele ano finalmente estar acabando... 1/365 -2017!

Nos primeiros anos do blog, quando este ainda se chamava Um Lado meio Milla... Escrevi uma crônica sobre o verão com o subtítulo de "Quem olha para tempo não faz viagem..." E o meu dia, estava muito parecido como eu descrevi naquela crônica: Uma crônica sobre o verão... 

"... Hoje eu acordei muito mais cedo do que de costume, (...) olhei o celular e verifiquei no visor do celular que o dia estava nublado... (...) Queria ir a praia, e naquele dia nublado possivelmente iria chover e literalmente "afogar" os meus planos do inicio do final de semana."
O Projeto 52 semanas é o primeiro projeto a longo prazo que eu participo aqui no blog. Na verdade, essa é a segunda vez que estou participando. Pois, na primeira tentativa eu flopei vergonhosamente... Já preparei mais da metade das postagens do 52 semanas que saem toda quinta-feira.

Em uma noite daquelas cheias de sonhos&pesadelos estranhos um desses sonhos, virou esse texto quase uma crônica  Somebody....♫ . Estou re-escrevendo alguns dos meus textos que já passaram por aqui nos anos anteriores.

 O que eu assisti este mês


A Filha do Pastor: é a releitura com um pouco mais de violência da fabula da bíblia "o filho pródigo"; Assisti esse filme ano passado na Netiflix  o enredo e a trilha sonora são impecáveis.

Qualquer gato vira lata 2: Tati (Cléo Pires) e Conrado (Malvino Salvador), que terminam juntos o primeiro filme, viajam a Cancún, onde ele participa de uma conferência para o lançamento de seu livro. Lá, ela aproveita a ocasião para pedi-lo em casamento, com transmissão via internet para todos os amigos no Brasil.  Esse filme é maravilhoso! é uma mistura de drama/comédia na medida certa e é cinema nacional né? Devemos valorizar...

Ano passado, eu estava assistindo OC - Um estranho no paraíso um pouco mais devagar... Porém, curtindo a série que relata a história de um grupo de adolescentes e das suas famílias que vivem em Newport Beach, do Condado Orange (Orange County, daí o O.C.), localizado na Califórnia. É uma série que tenta aliar comédia e drama com uma trilha sonora juvenil, sem ter nomes sonantes da música comercial mas sendo, ao mesmo tempo, muito atual. Uma série que agrada muito o público pelo mundo todo. No mês que vem, pretendo retornar a ver a série que andei tirando umas "férias" nesses meses festivos.


 O que eu li este mês



Em uma saída despretensiosa para comprar um livro para a minha prima adolescente de Natal e comprei o livro Mamãe é Rock da Ana Cardoso. Este é um livro sobre a maternidade e todos os sentimentos loucos que as mães têm em relação a quem de alguma forma criam, seja um filho natural, adotivo, neto ou sobrinho. É sobre família e é sobre as mães também, esses seres que falam uma língua estranha e chata que só entende quem entra para o clube e se torna uma delas. As crônicas da Ana Cardoso, além de divertidas são super bem escritas. A leitura nos trazem as dores e delícias de ser mãe, mulher, empresária... Abrem o cotidiano da família da autora pra que você sinta-se de casa.


 O que eu ouvi este mês




Fui ao meu primeiro show do ano! A banda gaucha Cartolas fez um show aqui em Florianópolis/SC. A casa de show era bastante escrota mas, os meninos da banda foram um show a parte... O #Canção de Segunda daquela semana foi com três musicas da banda Cartolas. No #Cançãodesegunda teve musica do gênero infantil que grudou como chiclete me fazendo cantarolar direto e uma "playlist da vergonha" com musicas vergonhosas para se ouvir em público.



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):
Snapchat: Lmilla5

© Lado Milla
Maira Gall