28 de abril de 2014

Mais do mesmo


Eu não gosto quando me colocam em certos “
papéis” na vida...  E na maioria das vezes parece que o mundo é das pessoas que “quebram barreiras” não se poupam e não poupam os outros das suas maldades... Enfim, me auto-proibi de escrever sobre... Encontrei esse texto nas andanças pelo facebook e negritei as partes que eu me identifiquei.   


“Minha amiga disse que eu sou muito folgada, quero que o mundo se adapte a mim. E que esse é o meu problema, eu já começo colocando barreiras, vou morrer sozinha. Não gosto quando praguejam que eu vou morrer sozinha, como se eu estivesse fazendo por merecer esse grande final. E não gosto, principalmente, porque isso não seria um castigo e sim uma escolha. Juro que prefiro solidão a um do que a dois. Ou, no auge do egoísmo, parar com um desses carinhas que a gente sabe que são incríveis, mas não rola, não flui. Eles merecem ser amados e eu não tenho o direito de privá-los disso. Acredito que folgada seja quem se espalha nessa comodidade. Não crio barreiras. Elas se criaram sozinhas quando eu me posicionei pro mundo. E acho que se for pra ser, se for mesmo pra ser, o cara quebra as barreiras. Se não for, elas me poupam. E tem me poupado! De todos os tantos anos que me virei do avesso pra me adaptar aos outros, só ganhei cicatrizes. Parei. Se é a melhor postura, não sei, mas hoje eu ando sem dor. Minha amiga derruba barreiras, escancara as portas e tá aí, sem amor. Sentimento não é um favor. Prefiro ser minha a viver disposta a ser de quem for.”

Marcella Fernanda

25 de abril de 2014

(projeto 101 em 1001) Comprar uma estante para guardar os meus livros.


Ano retrasado comecei a colocar os meus (poucos) livros na prateleira que ficava em cima da minha cama e nessa mesma época começou aguçar mais o hábito de leitura noturna então comecei a comprar mais livros (comprava 1 livro por mês) e começou a acumular livros (mais de 3ou9) na prateleira e ela começou a “ameaçar” a cair. rs

Minha prateleira que ficava em cima da cama
Pseudo-estante que ficava dentro do guarda-roupa.
Ano passado ganhei um guarda-roupa sem a “prateleira” com uma pseudo-estante. Mas, desde a época que os livros ficavam na prateleira, eu tinha vontade de ter uma estante livros alá “pinterest” rs zoeiraaa, queria uma estante para colocar os livros organizadinhos... não muito grande para não ocupar muito espaço e como eu falei, eu não tinha tantos livros Assim...

Enfim, a estante!



 No dia internacional do livro 23 de abril chegou a estante que eu tinha comprado antes do feriadão de Pascoa e no mesmo dia passei um pano molhado para tirar a poeira que veio da loja e no mesmo dia arrumei as Cinco prateleiras! E as duas gavetas #animação!

1° arrumação
Ontem (24 de abril) fiz a ultima arrumação colocando alguns "cacarecos" que eu não tinha colocado anteriormente e ficou assim:



 Nesse final de semana (ou no outro...) pretendo fazer um “Book-shelf tour” fotográfico (claro!). Mostrando os detalhes dos meus livros e dos "cacarecos"  que eu coloquei na na minha estante.

E ai, oque vocês acharam da minha estante nova? 

16 de abril de 2014

Correios #01 - Chegou Pelo Correio!



Já aviso de antemão que essa TAG não será muito atualizada... Por motivos de: 1)Não compro muitos livros pela internet. 2) O blog não faz parcerias com nenhum tipo de editora.


Semana passada, fiquei feliz de saber que a Lorena do blog http://www.milalices.com.br/ mandou pelo correio (mesmo com a greve) uma “surpresinha” para mim, a safadinha não me deu maiores detalhes sobre... Fiquei curiosa até o pacotinho chegar #maldade.




 O pacote em questão era um livro da Melissa Panarello intitulado de Três AMEI a capa (sexy sem ser vulgar rs) e a sinopse me deixou enlouquecida pois, um dos personagens é fotógrafo (por isso a capa tão linda...)
in love com essa capa...





Já escrevi aqui nesse blog o quanto eu gosto de dedicatória em livros e a Lorena escreveu uma bem bacana no livro que fui presenteada.
  
 Os posts andam bem fotográficos, notaram ??? agora oficialmente sem PC : ( vou fotografar e carregar o cartão de memória comigo para descarregar quando eu estiver mais folgada no trabalho e ir "postando" aqui.

© Lado Milla
Maira Gall