11 de novembro de 2014

Conto contigo?


Essa crônica nasceu depois de uma conversa com um amigo pelo MSN em algum mês do ano de 2010 me encontrei tanto nesse texto quando eu rê-li semana passada que resolvi postar ele novamente.
Que a minha falta de confiança nos últimos tempos virou desconfiança já não é novidade para ninguém, mas agora o que esta rolando é uma “peneirada” de quem realmente eu posso confiar, separando “o joio do trigo”. Não irei magoar ninguém com as minhas “descobertas”, pois no final elas acabam se entregando nos pequenos detalhes, e acabam entregando o porquê que vieram.

Eu mesmo nunca contei com ninguém, confesso que como filha única, eu fui muito (mimada) protegida, mas nunca tive alguém para contar minhas mazelas do dia-a-dia (acho que criança NÃO tem grades problemas, pois é uma fase de descoberta) meus sentimentos não eram expostos desde aquela época, tinha segredos também como qualquer criança que eu nunca tive coragem de contar para ninguém nem para as melhores amiguinhas da época, morria de medo que elas usassem esses segredos contra mim, tipo uma ameaça sabe? O que geralmente aconteciam com as outras crianças. 

Como já falei entre aspas, criança não tem grandes problemas para desabafar muito menos, grandes vivências de vida e suas mazelas se tornam uma proporção bem maior parecendo um problemão na visão dela, esperam do adulto apenas a simples resposta “vai ficar tudo bem” já que eles pensam que nós adultos somos o dono da situação (quem dera!).

Semana passada eu tive um papo meio que puxou esse assunto, sobre o desabafo do homem já adulto, esse sim tem uma vivencia uma histórico de vida e que em algum momento da sua vida ele se vê obrigado a desabafar com alguém… Então, meus caros amigos ai começam os dilemas desse papo:

· Quem do seu ciclo de amizades se interessa de verdade pelo seu desabafo?

· Quando o seu amigo pergunta como você esta ele realmente se interessa por sua resposta?

· E você realmente se importa com a resposta quando pergunta para um desses que você considera seus amigos

(…)

Com essas respostas se torna muito mais fácil “peneirar” esses amigos e saber quem realmente vai se interessar pelo seu desabafo e você com certeza também vai se interessar por esses momentos desabafos desse seu amigo, mesmo sem poder ajudar concretamente você ira saber que é bom desabafar com quem você confia.

Arrumei uma “briga” enorme com mais de mil, por não poder confiar eu acabei desconfiando o que é bem pior, não preciso listar meus amigos muito menos jogar na cara quem é, e quem não é, pessoas que realmente são meus amigos nem sabem que eu os considero tanto assim. Não rotulo as pessoas em relação à amizade, mas exijo o mínimo que é consideração e respeito se as pessoas não conseguirem ter nem o mínimo de respeito nem por você nem por ninguém eu mando passear na mesma hora.

Colaboração: Daniel

7 de novembro de 2014

One lovely blog award!


Nos tempos mais antigos da Blogosfera existiam os "Awards" com imagens lindas e piscantes que faziam o maior sucesso nos blogs. Eu participei de alguns, sempre que fui indicada eu participava direitinho.... No blog "Um lado meio Milla..." comecei a participar dos memes. Porém, sinto falta da interatividade com os outros blogueiros e seus devidos blogs como era antigamente...

Ontem, (já passa da 00:00) á Ana Luísa Bussular respondeu essa mesma TAG indicada por outras blogueiras... Eu chata insistente como sou, implorei pedi para que ela me indicasse para responder á One lovely blog award! que consiste em responder 11 perguntas sobre o seu blog pessoal e um pouco da sua história no mundo da blogosfera.


(Resumindo...) 10 anos e 04 blogs:[Blog-se 2004- 2006], [UOL " zip.net" 2006- 2008], [Blogspot "Versos em Bossa"2008 - 2013],[Blogspot  "Um lado meio Milla" 2014, ....]

1) Por que decidiu criar um blog e quando começou?

Em 2002 eu tinha uma amiga do grupo de jovens o nome dela é Elisa que, tinha um site pessoal (luxo!!!) hospedado no mesmo site do grupo de jovens pois, o irmão dela era o administrador. O site da Elisa era muito parecido com o formato dos blogs pessoais dos dias de hoje... Ela colocava musicas americanas e as traduções em português e algumas fotos dos seus amigos de faculdade/grupo e imagens do seu seriado favorito F.r.i.e.n.d.s. E u achava tudo aquilo o máximo! Queria fazer um "site pessoal" no mesmo estilo, mas na época ninguém me ajudou e aos poucos fui esquecendo...

1) Em 2004 meu passatempo da época era ter milhares de com gifs piscantes guardados em disquetes... Quando eu encontrei um site chamado comunique-se que do hospedava blogs para jornalistas. O meu Blog-se por incrível que pareça o nome do meu blog era "Minha vida como ela é..." Nelson Rodrigues deve ter dado muitas cambalhotas no caixão pelas baboseiras que eu escrevia na época (escrevia?) para começar... a escrever, guardar as minhas fotos e colocar os meus milhares de gifs guardados... Durou dois anos!

2) Naquela época, eu via aqueles templates lindos no estilo do Brumaximus em blogs mais lindos ainda mas, obviamente não tinha como colocar no blog-se... Então, fuxicando no blog Uol encontrei uma hospedagem gratuito e o endereço era Mylinda.zip.net e eu usava o codinome de La Ballerine com um template lindo em tons pastéis e uma imagem de uma criança vestida de bailarina... Foi nesse blog aliás, que eu escrevia realmente e arriscava em colocar alguma fotografias registradas por mim e os gifs picantes em cada texto que eram peças indispensáveis na época... Esse blog durou 4 anos ( 2005 até novembro de 2008) e por causa desse blog que eu tive as minhas primeiras amizades virtuais; Ludmila, Natalia e a Cah (Hoje em dia elas não são mais blogueiras...). não tinha como salvar o template e como era de um site de "template grátis" a pessoa excluiu o site e acabou excluindo o templante do meu blog....

3) Em novembro/2008 (cansada da bagunça e da UOL...) fiz um blog novinho em folha... Porém o nome "Versos em Bossa..." surgiu durante uma conversa no MSN com as minhas amigas virtuais + um template lindo com uma figura de rosa vermelha no canto. Nessa época, Eu peguei mais gosto pela escrita... e já escrevia textos melhores e já tinha uma maquina digital bacana que quebrava um galho para colocar as minhas fotografias no blog. Esse blog durou até o final do ano de 2013 om uma ida prévia ao Wordspress mas não durou nem mais um mês escrevi nesse blog durante 06 anos. Mas, a contradição do blog e a bagunça logo depois foi algo que não me definia mais.

4) Nesse ano eu criei um blog novinho em folha " Um lado meio Milla... " esse blog veio para abrir um novo ciclo! Quis um novo espaço para mim. Afim de; escrever sobre o meu dia-a-dia e sobre os assuntos do cotidiano e sobre os meus hobbies como livros, musica e fotografias. Colocar os meus próprios registros fotográficos sem ter medo de virar um "Blog-fotográfico", de escrever sobre livros e fotografa-los sem ter medo de virar um "Blog-literário ". Quero escrever textos que revelem mais de mim, escrever sobre o mundo de acordo como eu vejo. Sem contradições (vou tentar...).

2) Quais benefícios o blog te traz?

Benefícios? Melhorou a minha escrita... Consigo expressar no papel aquilo que estou sentindo sem artifícios para ficar censurando oque  eu realmente quero escrever ... As minhas fotografias também melhoraram de alguma forma sou critica demais com os meus registros (principalmente as P&B) e os elogios/ criticas foram me deixando mais segura em fotografar e colocar aqui no blog. Benefícios financeiros? Nem um centavo...

3) Qual é o post mais acessado?

Duas postagens que eu mais gostei de escrever foram também os mais visitados/comentados:
O primeiro foi uma #carta http://ladomilla.blogspot.com.br/2014/08/carta-01-e-moreno.html e a segunda postagem faz parte de um projeto literário estilo 16 on 16 http://ladomilla.blogspot.com.br/2014/08/ultima-ligacao.html.


4) Você usa redes sociais?

Sim! Facebook pessoal do blog , Instagram e Twiiter


5) Como o blog tem evoluído?

Não existe receita tipo; internet, tempo livre e inspiração.... Mas acredito que é a vontade de escrever que mantém essa bagaça aqui.

6) Já viveu algum fato importante por causa do blog?

Não... As relações virtuais são frias, tanto quanto, as relações da vida real no inicio do blog participei de vários projetos fotográficos estilo XonX afim de, trocar ideias e conversar. O grupo acabava antes mesmo de fazer as primeiras postagens e antes mesmo de conhecer outros blogs e de fazer possíveis amizades.... :(

7) De onde nasce a inspiração de escrever e continuar o blog?

A Clarice Lispector tem uma frase que ficou muito famosa em tempos de redes sociais que é "Enquanto eu tiver perguntas e não houver resposta continuarei a escrever.". Acredito que a minha ânsia de escrever esta no jogo de perguntas/respostas ao longo dos acontecimentos da vida... Já escrevi o porque de ter um blog pessoal  e continua sendo o meu refugio. Preciso e tenho necessidade de fotografar e escrever para expressar de alguma forma tudo o que sinto e na maioria das vezes eu não consigo falar.

8) O que você tem aprendido a nível pessoal e profissional esse ano?

2014 foi correria: faculdade, estágio obrigatório e eu estava trabalhando... O inicio desse blog foi encarado com "novo ciclo..." por todos acontecimentos e mudanças que estavam acontecendo no decorrer desse ano porém, faltando menos de dois meses para acabar o ano de 2014 e eu não sei... Não é #mimimi mas as coisas deveriam ser mais certas e não ficar oscilando. #sóacho!

9) Qual a sua frase favorita?

"Tenho um sorriso bobo, parecido com soluço/Enquanto o caos segue em frente/Com toda a calma do mundo..."

10) Qual conselho você daria para quem está começando agora no mundo dos blogs?

A Blogosfera mudou muito nesses últimos anos... Eu sempre incentivo as adolescentes que eu conheço, a ter um espaço como o blog para escrever e exercitar a escrita... Pois, essa fase de adolescência é uma das fases mais perturbadoras da vida de uma pessoa e escrever sobre aquilo que incomoda, ajuda a passar por esses momentos com muito mais calma... O outro lado da moeda seria a "Profissão Blogueira" que apesar de ser mais "glamuroso" tem MUITO trabalho/investimento e deixa de ser algo prazeroso que é quando você escreve e desabafa sobre o seu dia-a-dia... 

11)  O que os blogs que você vai indicar tem em comum?

Essa tchurminha gosta MUITO de escrever e de dividir com seus leitores desde o dia-a-dia nada glamuroso  da vida  ou acontecimentos do cotidiano com um pouco mais  de humor:
  1. Rita http://ritacolatino.blogspot.com.br/ 
  2. Gabriela http://www.novaperspectiva.com/ 
  3. Carolina Botelho http://carolinabotelhoemsenhoritaagridoce.blogspot.com.br/
  4. Erika Leite http://www.canseidesernerd.com 
  5. Del http://bonjourcircus.blogspot.com.br/ 
  6. Ana Vitória http://sooo-contagious.blogspot.com.br
  7. M°Fernanda http://www.fernandaprobst.com.br/


1 de novembro de 2014

Nouveau vent ...



Quase novembro, a ventania de primavera levando para longe os últimos maus espíritos do inverno.

Novos ventos...

Setembro bagunçou demais a vida ...
Um giro de 260° não teria tirado tantas coisas do lugar quanto, a bagunça que fez na minha vida...

Se doeu?Não, por incrível que pareça... 
O sentimento de "Fiz tudo que foi possível..." predominou. 

As lágrimas vieram por conta de feridas antigas. 
Sempre sangra um pouco quando "coçamos" lembranças!

Momentos e lembranças que deixaram esses últimos meses incluindo o mês de outubro um tanto quanto, nostálgicos. Saudade de tudo que já eu vivi...

Saudades de momentos que eu nem lembrava mais... Saudades do passado, querendo saber mais sobre os meus amanhãs (apesar do medo!) e querer preencher a todo o custo...  os meus horários livres.

Mas, é novembro! Não é justo "cagar"esse ano de 2014 por causa dos últimos meses... A palavra de ordem é: Dignidade! e bastante trabalho... para  fechar o ano  dignamente com chave de ouro!

© Lado Milla
Maira Gall