3 de dezembro de 2015

#3 Vibrações de Amor & Ponto final.

Chegou Dezembro... Esse é o mês que independente de como foram os últimos 330 dias (bons ou ruins...) da sua vida. Esse ano de 2015 terá um ponto final. Os dias desse mês de dezembro servem para pontuar (.) esse ano. Eu "pontuei" muitas coisas no decorrer desses dois semestres de 2015: 
  • Estágio específico (I e II) de Psicologia; 
  • Estágio na Pastoral do Imigrante; 
  • Apresentei o TCC; 
  • Finalizei 3 das 7 matérias que preciso para me formar em Psicologia; 
  • Coloquei um "ponto final"em algumas amizades que não estavam me fazendo muito bem (real/virtual). 
Colocar alguns pontos finais (.) na life faz um bem danado... Alguns finais, são recompensas de um trabalho bem feito. Outros finais, não tão bons assim... Doem bastante, ninguém nasce sabendo lidar com o ''FIM'': Eu sofro, eu choro e deito na cama querendo dormir eternamente... Mas, no dia seguinte é libertador! Dezembro também é o mês de boas vibrações para concluir um bom ano de 2015. O mês anterior, sempre me deixa angustiada: As primeiras decorações de Natal... as ultimas provas da faculdade... O final do semestre e o repentino espírito natalino. 

Para criar esse "espírito natalino" de uma maneira mais "ilustrativa" montei um moodboard: 
moodboard: Uma prancha de temperamento ou painel semântico é um tipo de cartaz de projeto que pode ser composto de imagens, texto e amostras de objetos em uma composição da escolha do criador do quadro.


Café: O ano de 2015 foi o ano que eu mais tomei café!!!
Livros: Eu li bastante durante esse ano... E fiz algumas resenhas aqui no blog também
Escrevi no blog, escrevi um TCC esse foi um ano que eu escrevi bastante!
Música: Conheci bandas novas e vi velhos amigos da chalaça...
Fotografei quase nada... mas, esse é o meu registro preferido do ano.
Arvore de natal devidamente montada para o tal "espirito natalino" entrar em casa e na life.


2 de dezembro de 2015

#2 [WISHLIST] Livros que eu quero no Natal.

Natal é o mês para ganhar presentes e lembrancinhas e tem aquele familiar "gente boa" que te dá dinheiro para gastar sem erro de errar o presente :) Enfim, fiz a minha "wishilist a fim de, encontrar alguma alguma alma caridosa nessa internetês para me presentear literária" com os livros que eu gostaria muito de ganhar/comprar.
Auggie & Eu: A história de Auggie Pullman, o menino de aparência incomum que tem encantado milhares de leitores desde o lançamento do romance Extraordinário, em 2013, ganha agora novas perspectivas: Julian, Christopher e Charlotte, personagens da vida de Auggie, narram nos três contos reunidos no livro Auggie e eu seus encontros e desencontros com o amigo extraordinário.

O capítulo do Julian dá voz a um personagem controverso: o menino que liderava o bullying contra Auggie na escola. Enfim temos a oportunidade de entender o que o levou a agir dessa forma e o que Julian pensa das próprias ações. Em Plutão, o narrador é Christopher, o primeiro amigo de Auggie. Os dois meninos compartilham lembranças da infância e, apesar de terem se distanciado, aprendem que boas amizades sempre valerão um esforcinho a mais. Shingaling mostra Auggie pelos olhos de Charlotte, a única menina entre as três crianças escolhidas para apresentar a Auggie sua nova escola. Com ela entramos no universo das garotas e vemos como a chegada de Auggie afetou as relações entre elas. Para quem sente saudades do menino cativante de feições e personalidade extraordinárias e tem curiosidade em saber mais sobre sua história, Auggie & eu é um verdadeiro presente.

O Presente do Meu Grande Amor: Se você gosta do clima de fim de ano e tudo o que ele envolve, presentes, árvores enfeitadas, luzes pisca-pisca, beijo à meia-noite, vai se apaixonar pelo livro. Nestas doze histórias escritas por alguns dos mais populares autores da atualidade, há um pouco de tudo, não importa se você comemora o Natal, o Ano Novo, o Chanucá ou o solstício de inverno. Casais de formam, famílias se reencontram, seres mágicos surgem e desejos impossíveis se realizam. O pessimismo não tem lugar neste livro, afinal o Natal é época de esperança.

Por lugares incriveis: Dois jovens prestes a escolher a morte despertam um no outro a vontade de viver. Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.

Cartas de amor aos mortos: Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky.

Claros sinais de loucura: Você nunca conheceu ninguém como Sarah Nelson. Enquanto a maioria dos amigos adora Harry Potter, ela passa o tempo escrevendo cartas para Atticus Finch, o advogado de O sol é para todos. Coleciona palavras-problema em um diário, tem uma planta como melhor amiga e vive tentando achar em si mesma sinais de que está ficando louca. Não é à toa: a mãe tentou afogá-la e ao irmão quando eles tinham apenas dois anos, e desde então mora em uma instituição psiquiátrica. O pai, professor, tornou-se alcoólatra.

A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar conta a história de Esther Grace Earl, diagnosticada com câncer da tireoide aos 12 anos. A obra é uma espécie de diário da jovem, com ilustrações, fotos de seu arquivo pessoal, textos publicados na internet, bate-papos com os inúmeros amigos que fez on-line e reproduções de cartas escritas em datas comemorativas como aniversários. A jovem perdeu a batalha contra a doença, mas deixou um legado de otimismo e celebração ao amor. Atualmente sua mãe, Lori Earl, preside a instituição sem fins lucrativos This Star Won´t Go Out (tswgo.org), que apoia pacientes e famílias que lutam contra o câncer.

Projeto Rosie: Para se ter a vida de Don Tillman, não é preciso muito esforço. Às terças-feiras come-se lagosta com salada de wasabi (seguindo um roteiro com refeições padronizadas que evitam o desperdício de ingredientes e de tempo no preparo); todos os compromissos são executados de acordo com o cronograma – alguns minutos reservados para a prática do aikido e do caratê antes de dormir; uma hora para limpar o banheiro; três dias da semana reservados para suas idas à feira – e se, apesar dessa programação, algum desagradável contratempo surgir em sua rotina, não há nada que não possa ser solucionado com meia hora de pesquisa científica. Exceto as mulheres.

A lista: Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente.Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira. Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas.



1 de dezembro de 2015

Blog every Day Christmas.

 BEDA é um projeto inspirado no VEDA (Vlog Every Day April) e que significa Blog Every Day August. O que quer dizer que a ideia é fazer um postagem por dia – ou, convenhamos, tentar ao máximo!– durante todo o mês de agosto. Agosto é um mês bem importante na blogosfera, isso porque dia 31/08 é o Blog Day,
Nesse clima natalino a idéia é fazer uma postagem por dia nesse clima de festividades – ou, convenhamos, tentar ao máximo!– durante todo o mês de Dezembro. Resolvi nomerar o projeto de:


Além do cronograma normal do Blog: 




Esperem muitos textos, resenhas, fotografias e musicas natalinas nesse mês de Dezembro!

© Lado Milla
Maira Gall