29 de fevereiro de 2016

Resumo do Mês: Fevereiro de 2016


O "Resumo do Mês" é um resumo de tudo que aconteceu no blog no último mês. Eu gosto de fazer um resumo de tudo o que aconteceu porque muitos leitores acabam não tendo a oportunidade de ver todas as postagens, então é uma maneira de compilar e mostrar a todos. Também me ajuda a ver tudo o que escrevi e buscar mais coerência para os próximos meses.

2 ANOS! 

Sinto uma gratidão tamanho do universo! Nesses 730 dias desses 02 anos, contando com este são 338 postagens com apenas 3 categorias. O blog recebeu ao todo 895 comentários, em tempos de, curtir/compartilhar é bom saber que as pessoas param para ler o que eu escrevo e tiram um tempo para comentar pelo menos um "olá" se tornando um estimulo para continuar escrevendo.


EU LI O DIÁRIO DE ANNE FRANK

Comprei a nova edição de O Diário de Anne Frank publicada pela Editora Record, com capa dura e acolchoada. A capa imita o próprio diário da Anne e no interior tem algumas imagens do diário original que está em exposição na Casa de Anne Frank, em Amsterdã. Comprei também outros dois livros que estavam na Whilist Natalina lá por meados de Dezembro. Esse livro, foi o único que não entrou na Whilist Natalina mas, contará para o Book Haul do semestre.


COLEÇÃO DE CLICHÊS

Encontro-me lendo textos antigos... com palavras que mais parecem armas bombardeando versos clichês para os quatro cantos de um quarto vazio...


O QUE VOCÊ QUER DE ANIVERSÁRIO?

Desde que eu era bem pequena essa pergunta me deixava um tanto sem graça. Primeiro fui educada que, não é de bom tom, ficar pedindo presentes. Outra é que, mesmo quando insistem na pergunta eu nunca sei de verdade o que pedir.



  • Começou as aulas da faculdade de Psicologia (pós TCC...) e ta bem corrido... 
  • As idéias/postgens/fotografias ficaram nos rascunhos precisando somente de alguns ajustes para publicar a postagem aqui no blog... 
  • Eu li o Diário de Anne Frank (resenha) e o Mágico de Oz. 
  • Assisti alguns filmes nesse mês. Fiquei com vontade de escrever um post estilo "filmes do mês" e resenha-los escrevendo a minha opinião sobre esses filmes.

20 de fevereiro de 2016

O que você quer de aniversário?

Desde que eu era bem pequena essa pergunta me deixava um tanto sem graça. Primeiro fui educada que, não é de bom tom, ficar pedindo presentes. Outra é que, mesmo quando insistem na pergunta eu nunca sei de verdade o que pedir.


No dia do meu aniversario. O que eu quero? Ah, se já lembrou o dia por mim já está ótimo. Para não dizer que sou totalmente avessa aos presentes gosto daquele em forma de “lembrancinhas” não é algo caro. Mas é algo simples que fez a outra pessoa lembrar-se de você. É gratificante ver que uma pessoa parou para pensar e criar alguma coisa para você, ao invés de só pegar alguma coisa pronta. Acho uma coisa legal de se ver. Mostram que se importam. Mas, admito que,gostaria de ganhar meus presentes em dinheiro para assim poder comprar minhas “bugigangas”.

“Mesmo que não veja muito sentido em aniversários. Parabéns? Parabéns pelo quê? Por sobreviver mais um ano? Um dia para as pessoas serem legais com você? Compensar todos os 364 dias do ano que sequer lembraram seu nome? Talvez pra tentar ser convidado pra sua festa ou sabe-se lá.”
Esse ano, meu aniversario cai em uma Segunda--Feira. Vou usar esse dia para me concentrar, ter um dia meu mesmo, como sugere os aniversários... Manter os pensamentos leves. Eu acredito que, isso atrai energias boas o ano todo. 

Fazer aniversário nesses dois primeiros meses do ano funciona como um ano novo com 365 dias de novas possibilidades... Costumava gostar dos anos pares, bem mais que, os anos ímpares. Mas o ano de 2013 (27) foi tão... Massa! Que tenho medo de continuar afirmando isso. Uma coisa é certa: não espero presentes de ninguém! Talvez o meu maior desejo de aniversario. Seja aquele trecho da canção da Vanessa da Mata: Quero só noticia boa/Quero paparicações no meu dia, por favor,/Brigadeiros, mantras, música/Gente vibrando a favor/.


Esse post surgiu inspirado pelo blog Conspirantes

16 de fevereiro de 2016

Coleção de Clichês

Encontro-me lendo textos antigos... com palavras que mais parecem armas bombardeando versos clichês para os quatro cantos de um quarto vazio:

"É preciso quebrar em vários pedacinhos para que consigamos nos recompor e ficamos mais forte" 

"É necessário transbordar em lágrimas para que floresçam sorrisos."

"Antes de um dia ensolarado vem sempre uma noite de chuva. Acostume-se." 


Esperando dias melhores...


© Lado Milla
Maira Gall