12 de julho de 2017

TBR #MLI2017 | MARATONA LITERÁRIA DE INVERNO 2017


Todo ano, o Victor do canal Geek Freak faz uma maratona literária para estimular a leitura e fazer com que a gente tire o atraso e dê um impulso nos livros acumulados. E esse ano não está sendo diferente! No começo do ano já tivemos a #MLV durante o verão e agora no inverno teremos mais uma maratona.

Ela começará no dia 16 de julho e vai durar até o dia 30 desse mês. Além de um esquenta no dia 15 para dar aquele gás na maratona!

Como nas edições anteriores, teremos uns desafios a cumprir, começando com os livros que vamos escolher para ler durante a #MLI2017.



Os participantes podem escolher se querem participar com desafios, fáceis, intermediários ou hardcore. O que eu escolhi foi o Nivel Facil, já que caso você escolha o intermediário ou hardcore você também terá que cumprir as bombas dos outros níveis.

E os desafios são:

Nível Fácil:
  • Ler um livro com a capa azul: Passarinho - Crystal Chan
  • Ler um livro com menos de 200 páginas: A probabilidade Estatistica do Amor
  • Ler um livro que você comprou pela capa: Tudo aquilo que nunca foi dito Marc Levy



Nível Intermediário:
  • Ler um livro escrito por uma mulher:
  • Ler um livro sem saber a sinopse, ou do que se trata:
  • Ler um livro nacional:
Nível Hardcore:
  • Ler um livro que se passe em um período histórico importante
  • Ler um livro com pontuação no título
  • Ler um livro que é muito criticado ou que alguém não gostou

Vocês vão participar da maratona também? Me contem o que acharam e quais livros vocês pretendem ler!



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):
Snapchat: Lmilla5

11 de julho de 2017

[BOOK HAUL] Livros do primeiro Semestre de 2017


No final do mês de março, eu fiz um BOOK HAUL trimestral. No inicio desse ano, saiu um "trocadinhos" que eu não tava esperando... E algumas voltinhas em livrarias&derivados acabei comprando alguns livros que eu estava querendo ler á um tempo... Porém, prometi que iria trazer o Book Haul do primeiro semestre desse ano.

Livros adiquiridos no primeiro trimestre de 2017

Nesse primeiro semestre, as minhas leituras andam bastante devagar... Escrevi algumas resenhas dos primeiros livros que li esse ano.

Ultimos livros adquiridos

Que tal conhecer minhas próximas leituras e resenhas aqui pro blog? Todas as sinopses foram tiradas do Skoob.

Passarinho - O avô de Joia parou de falar no dia em que matou o irmão dela. O menino se chamava John, e achava que tinha asas. Subia e saltava do alto de qualquer coisa, até ganhar do avô o apelido de Passarinho. Joia não teve a chance de conhecê-lo, pois Passarinho se jogou do penhasco bem no dia em que ela nasceu. Ainda assim, por muito tempo ela viveu à sombra de suas asas. Agora, aos doze anos, Joia mora em uma casa tomada por silêncio e segredos. Os pais culpam o avô pela tragédia do passado, atribuem a ele a má sorte da família. Joia tem certeza de que nunca será tão amada quanto o irmão, até que ela conhece um garoto misterioso no alto de uma árvore. Um garoto que também se chama John. O avô está convencido de que esse novo amigo é um duppy — um espírito maldoso —, mas Joia sabe que isso não é verdade. E talvez em John esteja a chave para quebrar a maldição que recaiu sobre sua família desde que Passarinho morreu.


Em Tudo Aquilo Que Nunca Foi Dito, Marc Levy aborda a relação conflituosa entre um pai e uma filha. Poucos dias antes do seu casamento, Julia recebe um telefonema do secretário de seu pai. Como ela já tinha previsto, Anthony Walsh - empresário brilhante, mas pai distante - não poderá comparecer à cerimônia.A ausência de seu pai em momentos importantes de sua vida da filha não é novidade para Julia. Mas pela primeira vez, a personagem tem que reconhecer que ele tem uma boa desculpa: Anthony Walsh morreu.



A Guerra que salvou a minha vida: A narrativa se passa durante a Segunda Guerra Mundial, onde os irmãos Ada e James vivem com a mãe em Londres. Nós conhecemos a protagonista da trama logo no início, quando somos apresentados a uma menina de dez anos que sofre agressões físicas e psicológicas de sua mãe porque ela tem ”pé torto”. Enquanto seu irmão James – ao qual ela é muito apegada e serve de motivação para que ela siga em frente – pode sair e descobrir o mundo brincando com as outras crianças, ela precisa ficar isolada em seu apartamento, pois sua mãe a considerada uma vergonha e acredita que ela não é merecedora de ser feliz pela deficiência que tem.[resenha]


Em Algum Lugar nas Estrelas: é um romance intenso sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença. Pelo menos é desse jeito que as coisas têm acontecido para Jack Baker. A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai... bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine (o mesmo estado onde vivem Stephen King e boa parte de seus personagens). O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden. 


Feliz Ano Velho: A partir do acidente que sofreu ao dar um mergulho e bater a cabeça, Marcelo vê sua vida mudar radicalmente. Seus dias no hospital, as visitas que recebeu, as histórias que viveu são relatadas sob uma nova perspectiva: a de um jovem que sempre fez tudo o que podia e queria, e que, agora, sentado em uma cadeira de rodas, vê-se impotente diante dos acontecimentos, dependendo da ajuda de amigos e familiares para reaprender a viver.


Bling Ring (A Gangue de Hollywood) - Entre 2008 e 2009, as residências de Lindsay Lohan, Orlando Bloom, Paris Hilton e diversas outras celebridades foram invadidas e saqueadas. Os ladrões, um grupo de jovens criados em um endinheirado subúrbio de Los Angeles, levaram o equivalente a 3 milhões de dólares em joias, dinheiro e artigos de grife, como relógios Rolex, bolsas Louis Vuitton, perfumes Chanel e jaquetas Diane von Furstenberg. As notícias surpreendentes sobre o caso chocaram Hollywood e intrigaram o mundo. Por que esses garotos, que em nada correspondiam à tradicional imagem dos bandidos, realizaram crimes tão ousados?


Uma Maratona Literária  #MLI2017 cairia bem nesse inverno né???



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):
Snapchat: Lmilla5

10 de julho de 2017

Canção de Segunda: La bicicleta - Shakira


"La bicicleta" é uma canção dos cantores colombianos Carlos Vives e Shakira que estará presente no próximo álbum de estúdio de Vives, intitulado Vives. A canção foi escrita por ambos os cantores e produzida por Andrés Castro e marca a primeira colaboração de Shakira com um colega colombiano. "La bicicleta" destina-se a representar os estilos musicais da porção caribenha da Colômbia. É uma canção com uma mistura de vários elementos musicais — vallenato, pop e cumbia, apresenta instrumentos de sopro indígenas e acordeões. Liricamente, é uma canção nostálgica, descrevendo o passeio do duo com uma bicicleta em lugares de sua infância.

A crítica especializada avaliou a canção positivamente, elogiando-a por sua melodia cativante e a inclusão de vários elementos da música colombiana. Após a sua divulgação, o single conseguiu atingir o top 10 em inúmeras paradas latinas da Billboard, incluindo o número dois nas Hot Latin Songs e um no Latin Pop Airplay. Um videoclipe para "La bicicleta" foi filmado em 19 de maio de 2016em Barranquilla e Santa Marta sob a direção de Jaume de Laiguana. O clipe estreou em 8 de julho de 2016 e apresenta Shakira e Vives andando de bicicleta ao longo da costa caribenha da Colômbia, visitando suas cidades natal e em contato com os moradores locais. Após a sua divulgação o videoclipe recebido de forma positiva pelos críticos devido à sua natureza lúdica e representação precisa da cultura colombiana. A canção ganhou dois prêmios Grammy no 17º Latin Grammy Awardsnas categorias de Canção do Ano e Gravação do Ano.
    


A Bicicleta
Não vou fazer nada
Remexendo nas feridas do passado
Não vou perder
Não quero ser um cara do outro lado


O seu jeito descomplicado
em uma bici que me leva a todos os lados
Um vallenato desesperado
Eu guardo uma cartinha aonde eu escrevi
Que sonho com você e que te amo tanto
É que faz tempo que meu coração
Está batendo por você
Eu a guardo aonde eu escrevi
Que sonho com você e que te amo tanto
É que faz tempo que meu coração
Está batendo por você


Eu posso ser feliz
Andando relaxada entre as pessoas
Eu te quero assim
E gosto de você porque é diferente


Do meu jeito, descabelado
Em uma bicicleta que leva você a todos os lugares
Um vallenato desesperado


Eu guardo uma cartinha aonde eu escrevi
Que sonho com você e que te amo tanto
É que faz tempo que meu coração
Está batendo por você
Eu a guardo aonde eu escrevi
Que sonho com você e que te amo tanto
É que faz tempo que meu coração
Está batendo por você


Ela é a favorita, cantando na área
Ela mexe o quadril como um navio sobre as ondas
Fica com os pés descalços, como uma criança adora
E seu cabelo é longo é um sol que te deseja
Ela gosta de ser chamada de menina
Ela gosta que a olhem quando dança sozinha
Ela gosta mais de casa, quando as horas não passam
Ela gosta de Barranquilla, gosta de Barcelona


Leva, me leva na sua bicicleta
Me ouça, Carlos, me leve na sua bicicleta
Eu quero que a gente caminhe juntos nessa área
De Santa Marta a La Arenosa
Leva, me leva na sua bicicleta
Pra jogarmos bola, tampa usando chinelos
Talvez algum dia vou mostrar ao Pique o Tayrona
Depois ele não vai querer voltar à Barcelona


a minha maneira, descomplicado
Em uma bicicleta que leva você a todos os lugares
Um vallenato desesperado
Eu guardo uma cartinha aonde eu escrevi
Que sonho com você e que te amo tanto
É que faz tempo que meu coração
Está batendo por você
Eu a guardo aonde eu escrevi
Que sonho com você e que te amo tanto
É que faz tempo que meu coração
Está batendo por você


Leva, me leva na sua bicicleta
Me ouça, Carlos, me leve na sua bicicleta
Talvez algum dia vou mostrar ao Pique o Tayrona
Depois ele não vai querer voltar à BarcelonaLeva, me leva na sua bicicleta
Me ouça, Carlos, me leve na sua bicicleta
Assim você mostra ao Pique o Tayrona
Depois ele não vai querer voltar à Barcelona




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):
© Lado Milla
Maira Gall