12 de maio de 2018

Dia das Mães: 5 filmes com mães protagonistas


Hoje é comemorado o Dia das Mães. O cinema sempre está de olho nessa personagem forte e que nos dias de hoje precisa lidar com família, filhos, emprego e vida pessoal sempre tudo ao mesmo tempo agora. Que tal aproveitar essa importante data então para assistir a uma lista de filmes que trazem mães fortes e lutadoras como protagonistas? Pegue a pipoca, o refrigerante ou suco e chame a sua mãe para assisti-los, rir e chorar junto com você.

Tudo sobre Minha Mãe (1999)






O cineasta espanhol Pedro Almodóvar compreende a essência feminina como poucos. Em um dos seus melhores trabalhos, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, o diretor lança seu olhar apurado sobre questões como maternidade, identidade de gênero, amor e morte. O filme narra a história de uma mãe solteira em Madri que vê a morte do seu filho único no dia de seu aniversário de 17 anos. A partir da dor da morte do filho, ela decide ir em busca do pai, uma travesti que vive em Barcelona.

Uma Prova de Amor (2009)




Nesse dramalhão feito para chorar, Cameron Diaz é a mãe de uma adolescente que sofre de câncer e ainda tem que lutar na justiça contra a caçula, que foi concebida com o objetivo de salvar a irmã mais velha doando órgãos. O longa mostra o conflito entre a personagem de Diaz, que abdicou de tudo para cuidar da filha doente, e da caçula, focando também no quão difícil é para uma mãe a ideia de perder um filho.

Minha Mãe e Eu (2016)




O filme narra a história de uma fotógrafa deseja produzir um ensaio sobre o papel da Mãe em diferentes famílias. Buscando modelos, ela conhece diferentes histórias que a ajudaram a enxergar suas relações com sua família de uma nova maneira. As mães que protagonizam o longa são interpretadas por Sharon Stone, Susan Sarandon, Courtney Cox, Christina Ricci e outras

Perfeita é a Mãe! (2016)




Essa comédia que fez bastante sucesso nos cinemas joga por terra todos os estereótipos de como ser uma mãe perfeita. Cansada da responsabilidade de ser uma mãe solteira, Amy e outras duas amigas também mães se juntam em uma noitada para fazer uma série de coisas infantis e irresponsáveis que, na teoria, só deveriam ser feitas por homens.

FALA SÉRIO, MÃE! (2017)





Ângela Cristina (Ingrid Guimarães), mãe da adolescente Maria de Lourdes (Larissa Manoela), está tendo a experiência de guiar sua filha durante uma das fases mais complicadas da vida. Ela vive uma montanha-russa de emoções, com medos, frustrações e um caminhão de queixas para descarregar. Por outro lado, Malu, como prefere ser chamada, também tem suas insatisfações. Teimosa, sofre com os cuidados excessivos e com o jeito conservador da mãe.


Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

10 de maio de 2018

Projeto Fotografico - Palco


 O tema  para o mês de abril foi "Livre" então todas tivemos uma enorme liberdade para decidir o que fotografar. Decidi colocar fotografias de palco dos shows que eu ja fui.

Sempre começa pela música. Pelo assunto, e não pela técnica. Fotografar música é conhecer o som, prestar atenção nos músicos, entender como eles estão interagindo em cima do palco e, depois de entender o que está acontecendo ali, fazer um clique. Ou dois, sempre calmos e certeiros. Na hora que a música pediu. 

Dani Gurgel







1e2 - Esse foi o meu primeiro show que fui da banda, do segundo show da mesma na minha cidade¬¬ dessa vez não me liguei muito no set-listdo show, mas só não entraram no set duas musicas que serão lançados no novo álbum. 

A musica “Oração” foi à primeira musica a fazer sucesso por causa da internet, mas, a banda não corre mais o risco de ser conhecidos como A banda de uma musica só tendo outras musicas da banda que valem a pena ouvir: Mercadorama, #mimimi (vai entrar no segundo álbum…), Solitária, Boa pessoa,Nunca, Meu príncipe (vai entrar no segundo álbum…) e Aos garotos de aluguel.

3-Na penúltima musica do show o Mano Changes pede para as mulheres subirem no palco. O Nando (esse da fotografia) na mesma hora olhou para mim berrando -Vem, sobe!!!- quando eu vi, eu tinha entregado a minha cerveja para o segurança e tava no palco junto com outras meninas e interagindo e tirando selfie com o pessoal da banda. 

4e5-Em 2008 tive á chance de conhecer os guris da banda Acústicos e Valvulados que cantava a música "Fim de Tarde" e "Quintal" que eu ouvia incansavelmente naquelas madrugadas no meu rádio de pilha...

Entre show's e chalaças... Fiz uma conta rápida e eu Debutei no Rock Mendigo no show da semana passada... Tem coisas que não mudam nunca (que bom!) o “tremilique” é o mesmo do primeiro show de 2008... A saudade são devidamente sanados, os momentos, as lembranças e as histórias "... são coisas que não cabem em um encarte de CD..." como cantava um outro cantor lá do Sul.



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.

1 de maio de 2018

Tagarelando sobre o mês: Abril



Nesses primeiros três meses... continuou sendo pouco produtivo. Teve um final de semana com a aula da pós-graduação Fundamentos e História da Arte em Arteterapia com aulas teóricas e práticas... Nessa semana, eu comecei a pesquisar diferentes tipos de técnicas para desenhar... Estou usando somente : Caneta hidrografica, lapis de cor e giz de cera.

No inicio do mês, eu resolvi "ressucitar" o Projeto 52 semanas (as questões 01 á 37 ja estã repondidas e serão liberadas todos os domingos, terças e quintas-feiras de cada mês...) para começar o Projeto 52 semanas; Semana 01: Coisas que me fazem... Semana 02: Eu nunca... Semana 03: Coisas pra se fazer...SEMANA 04: Minhas 5 citações p... Semana 5: Fazem parte da minha wish...Semana 6: Super poderes que eu gosta... Semana 7: Eu sempre... Semana 8: Os melhores filmes infantis...

A Bruxinha de Biscuit. Esse texto faz parte do Desafio Relâmpago que a Vitória Bruscato criou lá no United Blogs. Fiz uma postagem com a seguinte pergunta: "Se você tivesse que criar um nome pro seu blog com base no objeto que está a sua direita neste momento, como seria o nome do blog?". Comentaram muitos nomes criativos e inusitados, depois a Vitória desafiou todos que comentaram a fazerem um post cujo título seria igual ao comentário. Fiquei muito feliz de estar participando desse Desafio Relâmpago e vêr outros membros do grupo tão animadas e criativas quanto eu.

Blogagem Coletiva: Minha coleção de... Na minha infância, sempre que eu gostava muito de algum objeto eu arrumava um jeito de ter outros objetos para colecionar. As minhas primeiras coleções foram de: Tazos (aqueles que vinham nos salgadinhos...); figurinhas de chicletes; adesivos decorativos (tinha até um álbum com folhas autocolantes para colocar esses adesivos...) Hoje em dia, eu tenho alguns objetos (colecionáveis...) que fazem um papel decorativo na minha estante de livros e no meu quarto. Essa postagem coletiva sempre fez bastante sucesso nos diferentes grupos de interação que eu participei.

 O QUE EU ASSISTI ESTE MÊS





Elis: A Cinebiografia de uma das maiores artistas brasileiras de todos os tempos, a gaúcha Elis Regina Carvalho Costa. Acompanhando desde o começo do sucesso da cantora até o precoce falecimento.A voz de Elis Regina acompanha gerações. O sucesso da “pimentinha” nos anos 60/70 repercute até hoje. Não raro vemos especialistas a colocarem como a maior cantora nacional. O longa Elis se propõe a nos conduzir por quase duas décadas da vida da artista, entre 1964 e 1981. Vemos o início da carreira, a participação no festival da TV Excelsior, o sucesso internacional, a questão com a ditadura, além dos dois casamentos e filhos.

 O QUE EU LI ESTE MÊS



LI ATÉ A PÁGINA 100 E… #01 Tá todo mundo mal - O livro das crises Nesse mês, eu li muito menos que gostaria... Eu iria entrar nessas Maratonas Literárias  e acabei esquecendo.

 O QUE EU OUVI ESTE MÊS





O #cançãodesegunda surgiu porquê eu queria escrever sobre as musicas que eu estou ouvindo... Sobre os shows das bandas que eu gosto e que vou com frequência.: Canção de Segunda: 'O Bêbado e a Equilibrista', Canção de segunda: Madalena - Ivan Lins e Ronaldo, Canção de segunda: "Al lado del camino" e Canção de Segunda: Eu Preciso Dizer Que Te Amo






Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):
© Lado Milla
Maira Gall