23 de outubro de 2018

Semana Haloween: Tag literária Haloween.

Hoje é Terça- Feira. E nas terças, teremos o T de TAG que consiste em colocar aqui, as tag´s na qual eu fui tagueada(ou não).
Hoje o T de TAG é um post especial de Halloween. Essa TAG foi criada pela Clarice do blog Sai da Minha Lente e Vanessa do blog Sabor Absinto.

1. Fantasma: Aquele livro que explodiu no lançamento, mas hoje ninguém mais ouve falar;



Eu soube do laçamento do livro A culpa nas estrelas em um evento literário da Ed. Intrínseca no inicio de 2013. Na época, explodiu resenhas e vídeos sobre o livro e logo depois veio o filme explodiu em elogios&criticas hoje em dia serve  como um "..."  Pois todos os outros livros que são escritos pelo Jonh Green tem escrito "do mesmo escritor de A Culpa das Estrelas".

2. Frankstein: Um personagem que todo mundo acha que é um monstro, mas você sabe que no fundo ele é só incompreendido;

No  livro Auggie&eu temos a chance de saber o que se passa na cabeça do personagem mais controverso do romance: Julian, o menino que lidera a cruzada de bullying contra Auggie. No capítulo do Julian R. J. Palacio faz uma comovente incursão no mundo de uma criança que tem o coração muito maior do que seus atos de bullying e crueldade podem fazer mostrar, mas precisa de ajuda para enxergar isso.

3. Morcego: Um livro que você passou a madrugada lendo;



Quando eu comecei a ler o livro Extraordinário eu me identifiquei demais com o Auggie e sobre a sua vivencia de bulling na  escola... Eu passei  o dia e a madrugada inteira lendo esse livro.

4. Zumbi: Uma leitura que você achou difícil e teve que forçar o cérebro para conseguir entrar na história;


Eu estou achando a leitura do livro A longa viagem a um pequeno planeta hostil um pouco difícil e tenho que forçar o cérebro para conseguir entrar na história.

5. Bruxa: Um personagem difícil de se relacionar; 


Esse livro foi um pouco "abóbora" também pois, eu fiquei com uma expectativa grande para ler... A personagem Ladislav Dragwlya, ou apenas Lada foi uma personagem dificil de se relacionar pois, a história foi mal escrita fiquei cricri com a leitura.

6. Múmia: Um livro que você enrolou para ler;


Eu comecei o esquenta da MLI2017 com o livro Em Algum Lugar nas Estrelas, da Clare Vanderpool que estava "mofando" na minha bolsa á alguns meses... O começo foi um pouco lento, tentando administrar as saídas do final de semana (Aniversário de criança) e lêr ao mesmo tempo, mas no final das contas percebi que tinha atingido a minha meta pessoal de 100 paginas por dia e levei dois dias para ler o meu primeiro livro. Eu tirei proveito dos Sprints que aconteciam nas redes sociais e os chats do aplicativo da MLI 2017 para dar um pouco mais de gás na leitura.

7. Esqueleto: Aquele lançamento que você cansou de esperar;




Depois da decepção do Teorema... eu fiquei com um pouco de receio de ter muitas espectativas com os livros do John Green. Pretendo ler esse livro no próximo mês.


8. Abóbora: um livro que você achou que ia ser maravilhoso, mas virou abóbora no meio do caminho;




Teorema Katherine é uma Leitura sofrível! No decorrer do livro veio à pergunta “tem certeza que é o mesmo autor?” fiz algumas tentativas nos dias anteriores, mas a leitura não engrenava só não abandonei a leitura, pois queria comprovar a ruindade do livro... Algumas partes animam, que Colin fala sobre constelações e sobre a importância que é para ele como um garoto prodígio fazer a diferença no mundo tem sacadas realmente bacanas no decorrer da historia...



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

22 de outubro de 2018

Semana Haloweem!


Primeiramente, está oficialmente aberta a SEMANA HALOWEEM! 
Confesso  que estava bastante em duvidas se escreveria ou não os posts sobre o Haloweem esse ano. No final do mês explico direitinho os motivos... Aqui no blog já é tradição o 01/365, as 31 postagens do mês de Agosto, as postagens natalinas... e a  semana Haloweem! As postagens dessa semana é no estilo TOP FIVE de musicas, Seriados, Filmes e novelas sobre bruxas e coisas sobrenaturais... E outras travessuras que aprontarei durante essa semana!!!

A Canção de Segunda é de musicas que serviram de trilha sonora para novelas sobre bruxas e coisas sobrenaturais...



A musica Blue Mon foi o tema de abertura da novela O Beijo do Vampiro.





A musica Calada noite preta foi o tema de abertura da novela Vamp.



A musica Planeta Sonho foi o tema de abertura da novela Caminhos do Coração (Os Mutantes).




A Musica Mistérios da meia noite foi o tema de abertura da novela Roque Santeiro.




A Musica Pavão Misterioso foi o tema de abertura da novela Saramandaia.




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

19 de outubro de 2018

SEMANA HALLOWEEN: A Bruxinha de Biscuit.


Quando eu era pequenininha do tamanho de um botão minha mãe sempre me contava uma história para dormir. A minha história preferida era: 

A BRUXINHA DE BISCUIT 



    Era uma vez, uma bruxinha que era feita de biscuit... Sua mãe lhe contava que ela foi feita assim por uma grande bruxa (boa) no dia mais feliz da sua vida. 

    A Bruxinha era tão pequenina que cabia na palma da mão: O corpo da bruxinha era de uma cor pálida; O formato do seu rosto era oval; os seus lábios eram finos e mantinham um sorriso que ia de orelha-a-orelha (caso a bruxinha ás tivessem) o sorriso cobria a metade do seu rosto; os seus cabelos eram perfeitamente encaracolados e pretos; os seus olhos negros eram miúdos e sorriam juntos com a sua boca no mesmo compasso. A pose da bruxinha, sentada abraçando as pernas tapavam o seu vestidinho da cor lilás que eram a mesma cor dos seus sapatos, e do seu chapéu de bruxa. 

    No dia em que a Bruxinha estava sendo "modelada" a temperatura da cidade estava maluca! Naquela semana, as 4 estações do ano deram o ar da graça: As folhas caíram das árvores e foi ficando um pouco frio... Assim com acontece no Outono. Foi ficando cada vez mais frio e as noites começaram a ficar mais longas que os dias... Assim com acontece no Inverno. No dia seguinte, o bairro estava todo florido. Com flores de todos os tipos e cores variadas... Assim como acontece na Primavera. E logo em seguida, a Bruxa sentiu um calor tão grande que parecia que o sol beijava a sua pele tão pálida quanto a sua Bruxinha de Biscuit. Assim com acontece no Verão. Fora as chuvas torrenciais que independente se estava fazendo calor/frio a chuva sempre caia...

    Em seus primeiros segundos de vida a Bruxinha de Biscuit era protegida por sua criadora (Mãe). Nos dias quentes, a Bruxinha era mantida na sombra ou em temperatura ambiente. Para que a ela não derretesse, literalmente. Nos dias frios, a mãe mantinha a Bruxinha aquecida para que o seu corpinho não sofresse rachaduras... E assim foi, durante os primeiros 18 anos de vida da Bruxinha. 

    No 19° aniversário da Bruxinha de Biscuit a comemoração seria em um luau. No dia anterior, a MAJU do Jornal Nacional disse que seria uma noite bastante fria... A mãe da Bruxinha fez ela prometer que se manteria aquecida. Mas, naquela noite a sua mãe não poderia continuar protegendo a Bonequinha de Biscuit como tinha feito nesses últimos anos... 

    A Bruxinha de biscuit avistou o menino mais bonito daquele Luau, o menino era de carne e osso estava próximo a uma fogueira as chamas era de uma luz viva sem igual... Ele tocava no violão os versos daquela canção, "[...] Garotos não resistem aos seus mistérios/ Garotos nunca dizem não/Garotos, como eu, sempre tão espertos/Perto de uma mulher, são só garotos.". 

    Quando os olhares do menino e da Bruxinha entrelaçaram--se a Bruxinha sentiu um quentinho no coração as suas mãos começaram a suar tanto que, os seus dedos começaram a derreter e mesmo sorrindo os olhos da Bruxinha começaram a cair algumas lágrimas... Sabendo o que aconteceria caso ela não fosse imediatamente para a casa, a Bruxinha saiu correndo do Luau sem dizer um simples "Oi" para o menino de carne e osso que foi o seu "amor a primeira vista". 

    Quando chegou em casa os seus dedos das mãos tinham derretido e por isso as suas mãos ficaram achatadinhas como um par de luvas... Os seus olhos negros, estavam um pouco ofuscados por causa das lágrimas que rolaram durante o trajeto. A Bruxinha de Biscuit manteve o grande sorriso em seus lábios mesmo com medo do "quentinho do coração" que o amor lhe proporcionou aquela noite.

    [...]


    _ Não tenha medo do amor minha menina... Você não é uma Bruxinha de Biscuit.


    Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

    © Lado Milla
    Maira Gall