29 de janeiro de 2019

Aquele que comecei a escrever um livro... Parte III


Há dois anos atrás, quando Bruno e Breno passaram no vestibular  e mudaram para a capital para cursar Direito na universidade federal da capital. Breno conheceu "Sol" o seu nome na identidade é Solange  o mesmo nome da sua bisavó paterna que nem chegou a conhecer mas, os seus amigos lhe chamavam somente de Sol. Sol ficou amiga dos gêmeos Bruno e Breno e logo depois os três conheceram Bernardo.

Sol era adorável, engraçada e inteligente. Ela exibia uma personalidade forte similarmente de Bruno e senso de humor sarcástico. Porém, ela era tão caseira quanto Breno e compartilha seu e amor de quadrinhos. Sol era bastante estudiosa e sempre imaginou-se sendo uma advogada tão boa quanto a sua mãe.

Geralmente, Sol e Breno ficavam em casa vendo filmes e séries na Netflix. Sol era tão nerd quanto Breno. Embora, Bruno desconfiasse que não poderia ter alguém na face da terra tão nerd quanto o seu irmão gêmeo.

Porém, a personalidade de Bruno era de uma pessoa de caráter alegre, expansivo, franco, firme, corajoso... Nas aulas do ensino médio se juntava a turma do fundão, sempre estava disposto a pregar peças e fazer piadas com os seus colegas. Esse comportamento "Bobo da corte" lhe deixava com algumas dificuldades nas matérias que envolviam números e fórmulas... Diferente de Breno, O Bruno era um cara muito festeiro. No primeiro semestre, Bruno comparecia em todas as festas da universidade.

Bruno dizia que só via filmes/séries no final de semana quando marcava um encontro com as meninas que ele "ficava" na sua casa. Todo final de semana era uma garota diferente... Bruno nunca se apegou a alguém para um relacionamento sério.

Sol ficou muito amiga de Breno e conseqüentemente de Bruno e Bernardo e de vez em quando saiam todos juntos. O segurança do campus, sempre lhe referia quando via os quatro como "A dona flor e os seus três maridos" eles sempre riam muito daquela situação. Quando Sol e Breno começaram a namorar, no começo o Bruno e o Bernardo ficaram com ciúmes pois iriam perder "os amigos" mas, a maioria dos encontros do casal (que não eram assistindo filmes na Netflix) incluíam os meninos... 

Sol dividia o apartamento com duas estudantes mais velhas que cursava o penúltimo ano de Administração. As duas estudantes eram melhores amigas e Sol por ser mais nova sentia-se deslocada ficando na maioria das vezes na casa dos meninos. 

Faltavam exatamente um mês e a ultima nota do semestre para começar as férias de verão . O grupo formado por Sol, Breno, Bruno e Bernardo já tinham combinando que iriam passar o verão na capital curtindo as praias e as "baladinhas" da cidade... Faltando 15 dias para as férias começarem, a primeira a abandonar o grupo foi Sol que teve que voltar correndo para a sua cidade natal pois, sua avó teria tido um infarto e veio a óbito, Naquela mesma semana, os gêmeos Bruno e Breno tiveram que voltar para o sul do estado pois os seu pais não bancariam para os meninos ficarem na cidade nas férias. Bernardo pegou DP em Psicologia do Direito e teve que ficar uma semana a mais na capital sem os amigos...

Os meninos e Sol trocavam mensagens e Tefonaram praticamente todos os dias . Sol mandou uma coleção de revistas em quadrinhos pelo correios para Breno e Bruno acabou curtindo também e Bernardo guardou a coleção na sua estante de livros para lembrar da amiga Nerd. 

As férias foram de três meses. Menos para Bernardo que foi para casa em um mês e teve que voltar no outro. Ele Estava cansado e queria estar com os seus amigos da Universidade.

(...)

26 de janeiro de 2019

Aquele que ouvi as músicas da Legião Urbana.


Desde o inicio desse blog, quando eu resolvi "ressuscitar" O canção de segunda... que existia no meu blog antigo que falo sobre as bandas e musicas que eu escutei/ conheci aquela semana ou os "Diário de Chalaça" para escrever sobre os shows que vou com uma certa frequência... Eu ficava com um pouco de receio de escrever sobre a banda Legião Urbana. 


Essa senhorita que vos escreve, nasceu em 1986 e quando a banda encerrou as suas atividades após a morte de Renato Russo em 1996 eu tinha exatamente 10 anos. Eu conheci as musicas da banda Legião ainda na minha adolescência. Desde então, as musicas da banda fazem parte da Playlist da minha vida.

Ainda na época da adolescência, sempre tinha uns tios chatos que me viam com a camisa da Legião Urbana e ficavam enchendo "Se você é mesmo Legionária* quero que você cante a musica Faroeste Cabloco inteirinha sem errar... ". Tinha também as coleguinhas que achavam que você era o Google para saber exatamente TUDO sobre a sua banda favorita. Essas "coleguinhas" evoluíram Se você é tão fã assim, quantos shows você já foi da banda?". Adolescentes....

Consegui manter o meu lado Legionária intocável depois que ouvi um conselho de um colega: Quando você é fã de verdade não vai existir ninguém que saiba mais que você; Por isso eu não gosto de conversar sobre a minha banda favorita

Quando eu li uma matéria do Metrópoles sobre 10 curiosidades sobre o disco As Quatro Estações. Eu percebi que, eu nunca tinha escrito sobre a Legião Urbana aqui no blog metade foi receio de escrever "mais do mesmo" e outro motivo que hoje eu vejo que é um pouco emcabivel é que achem que sou a uma enciclopédia ambulante quando se trata de Legião Urbana (Hoje, tem internet gente!)


Nesse ano de doismilenove o albúm completa 30 anos. O ano de 1989 foi de libertação para Renato Russo. Há, ele se livrava de amarras sexuais e se entendia como livre para assumir os seus desejos. É um tempo de “morte” para a Legião Urbana. O protesto mais seco cede lugar às reflexões existenciais e metafóricas. As Quatro Estações, o disco mais vendido do grupo, o que o lançou o grupo ao topo da popularidade. Uma obra-prima.

O disco fala de amor em sua essência, do carnal até a mais sublime. Lançado em outubro, o álbum fez nação cantarolar os versos pulsantes de Pais e Filhos, entoando em coro refrões poéticos. Havia uma maturação explícita no trabalho da banda, agora firmada no trio Renato Russo, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá.

10 curiosidades de As Quatro Estações:


1. Quatro Estações marca a quebra da Legião com o território Brasília, sua geografia e esfera de poder. Renato Russo está agora mergulhando no universo holístico e existencial.

2. Legião Urbana entrou em estúdio depois da desgastante turnê de Que País É Este? Havia ainda a recente saída do baixista Renato Rocha por desentendimentos com o grupo. No ar, a urgência de reconciliação. A partir da turnê, Fred Nascimento (guitarra rítmica e violão), Bruno Araújo (baixo elétrico) e o produtor musical Mu Carvalho (teclados) entraram como instrumentistas de apoio.

3. Pais e Filhos é uma canção de dor. Renato Russo não gostava que fosse interpretada em tom festivo, sobretudo, no refrão. Fala do suicídio da garota que se jogou da janela do quinto andar e dos desencontros entre as gerações. Renato dizia que não conseguia ouvir duas vezes e a comparava a Índios.

4. A canção Feedback Song for a Dying Friend foi feita em homenagem a Cazuza, que tinha anunciado ser portador do vírus HIV. Renato viria a saber, meses depois, que também tinha a doença. Renato chegou a fazer a letra em português antes de compor em inglês. Chamava-se Rapazes Católicos. Dessa versão rejeitada, só sobrou a base instrumental.

5. Millôr Fernandes traduziu para o português a letra de Feedback Song for a Dying Friend. A composição foi feita em inglês por Renato Russo e impressionou Millôr por um jogo shakespeariano. A tradução veio impressa no encarte do álbum.

6. Monte Castelo é uma canção espiritual, inspirada nos poemas I Coríntios 13 e Soneto 11, de Luis de Camões. A canção foi bem-recebida em Portugal, país que acolheu a turnê do álbum de casa cheia.

"Às vezes essas músicas refletem um momento da minha vida que eu não gosto de lembrar mais"Renato Russo

7. A canção Meninos e Meninas era o grito de liberdade de Renato Russo e de toda uma geração abafada pelo preconceito. 
“Quero me encontrar, mas não sei onde estou / Vem comigo procurar algum lugar mais calmo / Longe dessa confusão e dessa gente que não se respeita / Tenho quase certeza que eu não sou daqui. 
A música indica o que virá com o álbum de tributo gay Stonewall elebration Concert, de 1994.

8. No tema 1965 (Duas Tribos), Renato Russo se enche de referências para fazer uma das suas melhores canções de protesto. 

“Mataram um menino / Tinha arma de verdade / Tinha arma nenhuma / Tinha arma de brinquedo”. 
Renato usa referências da infância como as miniaturas de aviões do fabricante Revell, o tão sonhado autorama, o universo lúdico e violento de Hanna-Barbera e o jogo “pera, uva e maçã”. 

9. A música das músicas mais lindas do disco tem um título gigante. São 34 letras para Quando o Sol Bater na Janela do Seu Quarto para a canção dona de uma das estrofes mais lindas da MPB: 

“Tudo é dor / E toda dor vem do desejo / De não sentirmos dor”. 
10. Na contracapa do disco, há uma enigmática frase de Renato Russo: “Alguns erros são de propósito, outros não”, num texto cheio de referências a líderes religiosos. A frase é chave para entender essa obra-prima, que nasce de algumas dores e muitas alegrias.



    



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei comentando com vocês sobre o Blogmas2k18:

24 de janeiro de 2019

Aquele que comecei a escrever um livro... parte II



"... Saudade engole a gente menina ..." 
ouvindo: Tanta Saudade - Chico Buarque

Quando Bernardo chegou no campus estava no "olho do furacão" no meio da linha imaginária que dividia BIXOS & VETERANOS algum engraçadinho do lado dos veteranos jogou um ovo que acertou em cheio o rosto de Bernardo e logo em seguida parecia a cena de filme, os alunos pareciam os gladiadores gritando:_ SPARTACUS!!!
(...)

Naquela chuva de ovos, tinham alunos chacoalhando pacotes de farinha, deixando os alunos no meio de uma fumaça tão branca quando a neve... Mariana depois de levar duas ovadas e um veterano abriu o saco de farinha todo na sua cabeça caminhou um pouco tonta e encontrou as suas amigas que tinham carregado ela da sala de aula e outros alunos da sua turma resolveu entrar na brincadeira abraçando aquelas pessoas desconhecidas e tão sujas  de ovo e farinha quanto ela.

No outro lado do campus,  estava Bernardo tão sujo de ovo e farinha quanto um novato. Dessa vez perdeu as contas da quantidade de ovos e sacos de farinha (que eram a grande novidade daquele ano) despejaram na sua cabeça...  Sentou-se um pouco no banco para respirar e se livrar um pouco daquela massa (mistura de ovo e farinha) que tinha no seu cabelo e escorria no seu rosto.  

 OS GEMEOS


Os amigos de Bernardo,  Bruno e Breno os gêmeos bi vitelinos com personalidades tão diferentes uma da outra que é complicado imaginar que eles foram gerados na mesma gestação e que ocuparam a barriga ao mesmo tempo.
Bruno e Breno tem 19 anos de idade, nasceram no sul do estado. Mudaram-se a dois anos atrás, para a capital quando passaram no vestibular para a universidade Federal para o curso de Direito. Conheceram Bernardo nessa mesma época e tornaram-se amigos inseparáveis desde então, conhecidos no campus da universidade como "3B" ou também, "Os três mosqueteiros". Porém, as semelhanças acabam nesse momento.
A personalidade de Breno é de uma pessoa bem madura para um garoto  de 19 anos. Breno é um garoto estudioso, era o CDF do ensino médio e sempre tinha que ajudar o seu irmão Bruno que  tinha dificuldades nas matérias que envolviam números e fórmulas... Era um garoto muito caseiro, que gostava de assistir filmes e séries na Netflix. Só saia de casa para assistir os shows das bandas undergrounds que eram pouco conhecidas.
Há dois anos atrás, quando Bruno e Breno passaram no vestibular  e mudaram para a capital para cursar Direito na universidade federal da capital. Breno conheceu "Sol" o seu nome na identidade é Solange  o mesmo nome da sua bisavó paterna que nem chegou a conhecer mas, os seus amigos lhe chamavam somente de Sol.

Sol ficou amiga dos gêmeos Bruno e Breno e logo depois os três conheceram Bernardo.

(...)

© Lado Milla
Maira Gall