30 de abril de 2020

Tagarelando sobre o mês: Abril




E já estamos há um mês de Quarentena... Sem previsão de voltarmos a "vida normal". Saindo apenas, para ir ao supermercado comprando apenas o básico... E a farmacia pois, esse mês fiquei naqueles dias... combo dor no estômago e  na coluna Help! Com máscaras, alcool gel e luvas que tornaram-se um acessório importante para qualquer um que queira botar o "nariz para fora".

As lifes de pessoas espetaculares, shows e cultos e curso on line... Estão, a todo vapor! Depois da ultima correção eu dei um pause de escrever os textos da monografia da Pós-Graduação...  Observei que isso exige uma energia que eu não tenho no momento.  Ainda estou procurando o que é a "vida", por trás dessa cortina da sociedade do desempenho?


❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤

No mês de Fevereiro, o Blog Lado Milla completou 06 anos. O semana LM foi um apanhado dos textos de comemoração que escrevi no ano passado. Ao escrever o texto Sobre as peças do Quebra Cabeça... Eu fiquei nessas possiveis mudanças... Eu costumo dizer que brinco de montar no Canva. Escrevi  o nome do Blog "Lado Milla" no Banner com algumas possíveis core e diferentes fontes. Essa semana, eu mudei a fonte pois, estava desfigurando quando eu colocava aqui. Observando os "arquivos" encontrei um gif que já esteve aqui no blog em algum momento e acabou combinando com o banner atual.

No inicio do Lado Milla, aconteciam várias TAG´S pela Bloguesfera a fora. Então, criei TAG´S por aqui também:




O Fotografando Domingos - que se iniciou no mês de Julho/2014 que consiste em, colocar registros fotográficos dos meus finais de semana.- Estou re-lembrando lugares que eu já fui antes da Quarentena.

O Canção de Segunda - Surgiu porquê eu queria escrever sobre as musicas que eu estou ouvindo... Sobre os shows das bandas que eu gosto e que vou com frequência. Nesse mês relembrei alguns shows que fui Canção de Segunda: A Banda Mais bonita da Cidade As musicas da novela que está sendo re-prisada [Canção de Segunda]: Novela Apocalipse

O T de TAG que consiste em colocar aqui, as tag´s em que eu era desafiada a responder.Em tempos de "Quarentena mundial" e para mudar um pouco de assunto... Esse mês respondi a T de TAG: "Palavras Cruzadas", [T de TAG] Gilmore Girls Book, Tde TAG: TAG DA QUARENTENA

Nas Quartas-feiras nós usamos rosa...Temos o Projeto 52 semanas que consiste em citar 5 respostas para cada uma das 52 perguntas fazendo assim, um Top 5 por semana.  Semana 6: Super poderes que eu gostaria de ter.... Semana 5: Fazem parte da minha wishlist. SEMANA 04: Minhas 5 citações preferidas são: Semana 03: Coisas pra se fazer no calor, Semana 02: Eu nunca...

O QUE EU LI ESTE MÊS



Terminei de ler e fiz a Resenha:O Oceano no Fim do Caminho - Neil Gaiman que era uma leitura que  estava rolando mil anos... na estante. Não foi de longe uma leitura bacana.Pois as leituras de fantasia não funcionam comigo... Mas, fiquei com vontade  de ler outos livros do Neil Gaiman.
Li um artigo bem bacana sobre saude mental em tempos de quarentena Coronavirus: Dicas para cuidar da sua saúde mental...

A primeira vez, que ouvi sobre o termo Livros de colorir para adultos foi no final de 2013... Em um evento na Livraria Catarinense de uma possivel artista que fez uma exposição com os desenhos do livro Jardim Secreto. Eu lembro de ter saido decepcionada daquele evento... Eu não tive coragem de comprar nenhum livro de colorir e muito menos, um conjunto de lápis de cor que no dia estava mais caro que o dobro! Não tive coragem de comprar.


Resenha: Segredos de Paris Livro de colorir & pass... Nessa segunda semana de Quarentena... Encontrei esse livro praticamente intocavel na minha estante e resolvi experimentar as minhas habilidades na pintura (cof,cof). 

 O QUE EU ASSISTI ESTE MÊS



Quatro amigos em uma pequena cidade costeira traçam uma jornada da adolescência à vida adulta. Juntos, eles lidam com diferentes problemas que os fazem amadurecer.

 O QUE EU OUVI ESTE MÊS




Estou ouvindo muitas life"s de shows ultimamente... O ultimo show on line que  eu ouvi esse mês foi da dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano não é o meu estilo musica preferido... Porém, as vezes as musicas são tão boas que você não liga para o estilo.




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

29 de abril de 2020

Semana 6: Super poderes que eu gostaria de ter...

Encontrei o projeto 52 semanas bem bacana na Blogosfera que consiste em citar 5 respostas para cada uma das 52 perguntas abaixo, fazendo assim, um Top 5 por semana. É o projeto mais longo que eu já participei... Mas, parece ser divertido !!! Pretendo responder ao projeto todas as Quartas-Feiras. 




O filme os incríveis é o 6° filme de animação da Pixar. é sobre uma família com superpoderes que foram obrigados pelo governo a agirem com pessoas normais perante a sociedade.

Os super poderes que eu gostaria de ter se fosse um super-herói seriam:




Helena Pêra (Mulher-Elástica) Helena Pêra pode esticar seu corpo, ou qualquer parte de seu corpo, a limites extremos. Helena tem controle completo de seus membros esticados. Ela também pode remodelar seu corpo em uma variedade de formas mostradas no filme incluindo se tornar um paraquedas ou um barco, do tipo bote inflável.

Flecha Roberto O Jovem Flecha Pêra tem a habilidade de correr extremamente rápido como ficou evidente na fantástica sequência de ação na Ilha de Nomanisan. Foi sugerido que Flecha também tem uma velocíssima rapidez de reação. Ele exibe traços de talvez excesso de confiança, prepotência, convencimento e hiperatividade.

Violeta Pêra Seus superpoderes a permitem tornar-se invisível num piscar de olhos.

Zezé Pêra  Seus poderes incluem a mudança de composição e densidade de sua pele e/ou corpo, assim como assumir a forma de um grenlin, transformar seu corpo em aço, e ficar em chamas, tal qual o "Tocha Humana".

Lúcio Barro (Gelado) Gelado pode gerar jatos de gelo do seu corpo; a quantidade de gelo depende da quantidade de água disponível no ar e no seu corpo. Durante o filme é sugerido que ele se adaptou à vida civil muito mais facilmente que seu amigo, Beto Pêra. Por outro lado, ele ainda possui um tipo de Centro de Comando assim como suas velhas bugigangas e super uniforme, todos em condições de funcionamento.




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

28 de abril de 2020

T de TAG: "Palavras Cruzadas"


01. Vox Populi (um livro para recomendar a toda à gente) 

Não sou uma das melhores pessoas para indicar livros... Mas o ultimo livro que ao terminar a leitura me fez ter a sensação que todos deveriam gastar o seu tempo lendo é o livro Extraordinário - R. J. Palácio. 

02. Maldito Plágio (um livro que gostaríamos de ter escrito) 

Talvez esse livro fosse á metade da minha Biografia. Não só teria escrito como seria a personagem principal “Vânia” em uma parte da minha infância fui vitima de buligh ou como não existia esse termo na época, fui descriminada por usar um gesso na coluna... O livro é Pretinha, eu? Escrito muito bem pelo autor Júlio Emilio Braz. 

03. Não vale a pena abater árvores por causa disto 

Essa categoria pode estar parecida com a categoria (4) não por preguiça dessa que voz escreve. Pois, acredito que não á livro ruim é o leitor que não está preparado para ler naquele momento, mas, acredito que as Biografias de alguns “ídolos” da grande massa desnecessárias para fazer parte de qualquer estante. 

04. Não és tu, sou eu (um livro bom, lido na altura errada) 

Há quem defenda o livro A CIDADE DO SOL do autor Khaled Hosseini levando a crêr que eu li em um momento dramático da minha vida um livro dramático... Não deu muito certo, só terminei a leitura, pois eu tinha bastante tempo de sobra como volante de uma empresa de terceirizado... 

05. Eu tentei... (um livro que tentamos ler, mas não conseguimos) 

Eu tentei... Ler o 1° livro da saga do HP até pedi emprestado para o meu primo, mas a leitura não andou... E acabei colocando outras leituras na frente, mas, o livro está no montinho de livros que quero ler (quem sabe, nas férias!). 

06. Hã? (um livro que lemos e não percebemos nada OU um livro que teve um final surpreendente) 

Um livro que não me marcou em nada... O preço de uma lição do autor, Gutti Mendonça e Federico Devito. Passou tão em branco que eu nem quis saber de uma futura sequência (se o primeiro livro foi horrível o que esperar do próximo...). Enquanto escrevia esse item, dei uma pesquisada (Valeu Google!) vi que um dos autores já foi “colírio capricho”. Tenho que confessar que, tenho preguiça quando esses jovens se tornam alguma coisa além de um rostinho bonito em uma página de revista... Um livro que teve um final surpreendente... Anna e o Beijo Francês da Autora Perkis. Foi um livro “gostosinho” mesmo com a rabugice da Anna Oliphant em um lugar nada menos que Paris-França! O final realmente me surpreendeu. 

07. Foi tão bom, não foi? (um livro que devoramos) 

Marley & Eu- vida e amor ao lado do pior cão do mundo do autor Jonh Grogan vi os cachorros que tive ao longo da vida descritos nesse livro e esses eram para mim “o pior cão do mundo”, mas eram eles que estavam no pior/melhor momento da minha trajetória... Mordiam, lambiam, latiam felizes quando eu chegava... Eu devorei o livro em um dia e chorei quando o Marley morreu, pois, acho injusto essas criaturinhas viverem menos que nós humanos deixando o lar sem graça e um aperto no coração quando vão embora. 

08. Entre livros e tachos (uma personagem que gostaríamos que cozinhasse para nós) 

P.S eu te amo chorei com o filme e debulhei em lágrimas com o livro. Mas eu gostaria de ter tido um marido (mesmo por pouco tempo) me agradasse e cozinhasse nú, só com avental... 

09. Fast Foward (um livro que podia ter menos páginas que não se perdia nada) 

Deixe a Neve Cair reúne três contos que se passam durante uma nevasca natalina e, de certa forma, se cruzam em determinado momento. Os escritores Maureen Johnson, John Grenn, Lauren Myracle se juntam para escrever esses contos, mas eu tiraria tranquilamente o conto do John Grenn, pois, achei a leitura um pouco cansativa deixando um pouco sem gás para terminar a leitura. 

10. Às cegas (um livro que escolheríamos só por causa do título) 

Na verdade eu escolhi O Livro da loucura e das curas da autora Regina O'Melveny só por causa do título... li a sinopse e decidi compra-lo não vejo a hora de chegar às férias para ler e tirar proveito da história. 

11. O que conta é o interior (um livro bom com uma capa feia) 

Feliz Ano Velho do Marcelo Rubens Paiva esse livro já mudou de capa em varias edições que já teve, mas, nenhuma conseguiu me agradar... A história e o enredo supera a capa ruim, pois o livro não fica num melodrama de superação de alguém que fica tetraplégico e sim da ironia que é a vida. 

12. Rir é o melhor remédio (um livro que nos tenha feito rir) 

A culpa é das estrelas John Green. Acho que eu tenho esse dom de rir quando tudo esta uma bosta, e tem varias passagens que a personagem tem um dom de deixar uma doença tão triste como o câncer com um toque mais leve e engraçado. 

13. Tragam-me os Kleenex, se faz favor (um livro que nos tenha feito chorar). 

A culpa é das estrelas, P.S eu te amo, Marley & eu- vida e amor ao lado do pior cão do mundo, Feliz Ano Velho... A lista é grande, mas, ela sempre aumenta, pois adoro ler um livro dramático... 

14. Esse livro tem um V de volta (um livro que não emprestaríamos a ninguém) 

Tenho isso com TODOS os meus livros da minha estante. Nem adianta aquela máxima só empresto para amigos... Com certeza, teria inimizades caso emprestasse um livro a um amigo e ele me entregasse danificado... Para não perder possíveis amigos (a regra é clara) não sai nenhum livro da estante para nenhum tipo de empréstimo. 

15. Espera aí que eu já te atendo (um livro ou autor que estamos constantemente a adiar) 

Tenho mais de 10 livros para ler ainda esse ano... Estou esperando o mês de Julho para “devorá-los”. Os livros não sobem para ficar “empilhadinhos” com os outros já lidos, sem antes eu ler. Mas o montinho já esta enchendo a 2° prateleira... 


Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

© Lado Milla
Maira Gall