14 de outubro de 2020

Os melhores (REMAKES) de novelas Mexicanas/Argentinas que eu assisti.


Chiquititas: é uma telenovela brasileira produzida pelo canal argentino Telefe, escrita pela autora Argentina Cris Morena com a ajuda de autores brasileiros. Foi uma adaptação da original Argentina, tendo cinco temporadas. Na época, eu assisti somente até a 3° temporada a história perdeu o gás com o passar dos anos ... O remake do remake de 2013 eu assisti poucos episódios.


Floribella é uma telenovela brasileira produzida pela Bandeirantes e as empresas televisivas Cris Morena Group e RGB Entertainment, cuja exibição ocorreu entre 4 de abril de 2005 e 12 de agosto de 2006 em 344 capítulos, sob duas temporadas. Escrita por Patrícia Moretzsohn e Jaqueline Vargas, é inspirada na telenovela argentina Floricienta, de Cris Morena.
 Na época, a novela Floribella teve tanto sucesso que foi comparado com o sucesso de Chiquititas idealizada pele mesma autora Cris morena. Eu já era grandinha porém, a minha prima era fanática e ficou muito feliz quando comprei a "bamba da sorte" que era o tênis da personagem.
* Eu assisti as novelas originais quando passava no SBT quando o mesmo fez os remakes eu fiquei com bastante curiosidade de ver essas novelas marcando novos públicos como me marcou...

Carrossel
Carrossel é uma telenovela brasileira produzida e exibida pelo SBT entre 21 de maio de 2012 e 26 de julho de 2013 em 310 capítulos. É um remake da telenovela original argentina Jacinta Pichimahuida, la Maestra que no se Olvida, escrita por Abel Santa Cruz, e da versão mexicana desta, Carrusel, adaptada por Valentín Pimstein e que se tornou conhecida internacionalmente. Foi adaptada por Íris Abravanel.


Cúmplices de um Resgate é uma telenovela brasileira produzida e exibida originalmente pelo SBT em 357 capítulos. Escrita por Íris Abravanel, é adaptada da telenovela mexicana Cómplices al rescate, criada por Rosy Ocampo e protagonizada por Belinda, e que também fora exibida no SBT. Larissa Manoela interpreta as personagens principais, Manuela e Isabela, numa trama que narra o cotidiano de irmãs gêmeas que cresceram separadas sem saber da existência uma da outra e, ao se encontrarem, decidem trocam de lugar.


Carinha de Anjo é uma telenovela brasileira produzida e exibida originalmente pelo SBT entre 21 de novembro de 2016 e 6 de junho de 2018, substituindo Cúmplices de um Resgate e sendo substituída por As Aventuras de Poliana.. A telenovela é inspirada na mexicana Carita de ángel, que, por sua vez, é um remake de Mundo de juguete, ambas produzidas pela Televisa e que haviam sido baseadas na trama argentina escrita por Abel Santa Cruz, Papá corazón. Esta será a segunda adaptação brasileira da obra original argentina, visto que a Rede Tupi apresentou em 1976 a sua primeira versão, chamada de Papai Coração. A nova versão é escrita por Leonor Corrêa, com supervisão de Íris Abravanel e direção geral de Ricardo Mantoanelli.

Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

Semana 29: Filmes que me "falam ao coração":



Encontrei o projeto 52 semanas bem bacana na Blogosfera que consiste em citar 5 respostas para cada uma das 52 perguntas abaixo, fazendo assim, um Top 5 por semana. É o projeto mais longo que eu já participei... Mas, parece ser divertido!!! Pretendo responder ao projeto todas as Quartas-Feiras. 

O som do coração




Sinopse: Este drama com elementos de contos de fadas conta a história de um carismático baixista e de uma renomada violoncelista que se encontram certa noite em um bairro boêmio de Nova York. Eles logo se separam, mas o breve romance produz um bebê, August Rush, que fica órfão pelas circunstâncias. Anos mais tarde, ele começa a se apresentar nas ruas de Manhattan, sob os cuidados de um misterioso estranho. Utilizando-se de seu inegável talento musical, August sairá em busca dos pais, dos quais foi separado no nascimento.

O Rei Leão




Sinopse: O Rei Leão é o 32.º longa-metragem animado produzido pela Walt Disney Feature Animation e pela Walt Disney Pictures e distribuído pela Buena Vista Pictures. Foi dirigido por Roger Allers e Rob Minkoff, com roteiro creditado a Linda Woolverton, Irene Mecchi e Jonathan Roberts, e música de Elton John com letras de Tim Rice. O filme narra a história do jovem leão Simba, que sente-se culpado pelo assassinato do seu pai, o rei Mufasa, e foge do seu Reino, sem saber que a morte foi orquestrada pelo seu tio Oscar para tomar o poder. 

 Marley e eu 





Sinopse: O filme é baseado no best-seller homônimo escrito por John Grogan, que mostra a vida de um jornalista que, junto de sua mulher decide adotar um cachorro para sentir o gosto da paternidade. Só que o cão é terrível, apronta diversas travessuras e transforma a vida do casal num inferno.

 Meu Pé de Laranja Lima (2013)




Sinopse: Como trazer a emoção de uma história que está no imaginário a 45 anos? Dirigido pelo famoso roteirista Marcos Bernstein (Central do Brasil), Meu Pé de Laranja Lima consegue emocionar e reunir todos os elementos de um bom filme. Atuações, roteiro, direção são alguns dos aspectos que andam em total harmonia. O espectador é brindado com uma verdade singela que é passada de maneira muito natural por todos os personagens. 

Os coadjuvantes também merecem destaque sendo muito bem aproveitados pela lente inteligente do diretor. O grande mérito do filme é brincar com o abstrato e a maneira como isso é passado ao público. 

O roteiro, adaptado, é crucial para que a execução se desenvolva naturalmente reunindo uma grande veracidade em cima de cada fala, cada gesto, cada expressão dos envolvidos nas sequências. Quer rir, chorar e se emocionar? Não deixe de conferir esse que será um dos grandes destaques do nosso contestado cinema neste ano. Bravo! 

P.S. Eu te amo 




Holly (Hilary Swank) e Gerry (Gerard Butler) formam um casal lindo e feliz. Assim, quando a vida de Gerry é levada por uma doença, Holly perde sua vontade de viver também. Mas, antes de morrer, Gerry escreve para Holly uma série de cartas que irão guiá-la não somente em seu luto, mas durante sua redescoberta de si mesma. Cada carta a orienta em uma nova aventura e todas são assinadas da mesma maneira: P.S. Eu te amo. 



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 

13 de outubro de 2020

Semana Nostalgia: Novela infantil que eu assistia no SBT (Televisa)



Quando eu era criança... Eu assistia muito as novelas Mexicanas/Argentinas da Televisa que passavam no Sbt nos anos 90.

A Televisa é uma cadeia de redes de televisão mexicana fundada em 1951 por Emilio Azcárraga Jean. Anteriormente conhecida como Televisión Independiente de México e Telesistema Mexicano, possui quatro emissoras: FOROtv, Canal 5, Gala TV e Las Estrellas. A última é responsável pela exibição das produções de teledramaturgia desde 1958. 
Na década de 1980, a rede deu prioridade aos roteiros venezuelanos e cubanos de Inés Rodena e Caridad Bravo Adams. Mais tarde, telenovelas infantis começaram a ser produzidas, tais como Carrusel, Alcanzar una estrella e Azul. Assim, a Televisa voltou a investir em textos para crianças e adolescentes. 


Carrossel (Carrusel): é uma telenovela mexicana que foi produzida pela Televisa e exibida em 375 capítulos.Baseada em Jacinta Pichimahuida, la Maestra que no se Olvida, tem por argumento a história de uma turma de crianças do 2º ano do Ensino Fundamental da Escola Mundial. Juntos, eles descobrem os prós e os contras da vida e procuram resolver seus problemas com alegria e descontração, sempre com o auxílio e carinho da Professora Helena, que servia como uma segunda mãe para eles.


Luz Clarita: foi uma novela exibida em 70 capítulos, A trama apresenta Daniela Luján e Ximena Sariñana como protagonistas infantis e Verónica Merchant e César Évora, como protagonistas adultos, com atuações juvenis de Aitor Iturrioz e Paty Díaz e antagonizada por Frances Ondiviela e Sussan Taunton.Foi exibida no Brasil pelo SBT entre 4 de janeiro e 5 de abril de 1999, cobrindo as férias da segunda temporada de Chiquititas. 




Gotinha de amor (Gotita de amor): é uma telenovela mexicana produzida por Nicandro Díaz González para a Televisa em 80 capítulos, substituindo Una luz en el camino e sendo substituída por El diario de Daniela . 


O Diário de Daniela (El Diário de Daniela): A trama tem Yolanda Ventura e Marcelo Buquet (que foi substituído por Gerardo Murguía) como protagonistas adultos, Daniela Luján e Martín Ricca como protagonistas infantis , Monika Sánchez como a antagonista principal e a participação especial de Leticia Calderón.Foi exibida no Brasil pelo SBT, de 3 de janeiro a 24 de abril de 2000, cobrindo as férias da novela Chiquititas. 


Amigos para sempre (Amigos x siempre): A trama tem Adriana Fonseca (substituída no decorrer da trama por Lourdes Reyes) e Ernesto Laguardia como protagonistas adultos, Belinda e Martín Ricca como protagonistas juvenis e Rebeca Mankita, Odiseo Bichir e Carmen Montejo como antagonistas principais.No Brasil foi exibida pelo SBT, entre 12 de março e 20 de julho de 2001. 


Cúmplices de um resgate (Cómplices al rescate): é uma telenovela mexicana que foi produzida por Rosy Ocampo para a Televisa e exibida em 132 capítulos A trama apresenta Belinda (substituída por Daniela Luján a partir do capítulo 92), Fabián Chávez e Martín Ricca como protagonistas infantis e Grisel Margarita, em uma história que trata de duas irmãs gêmeas que foram separadas ao nascer. No Brasil, a trama foi exibida pelo SBT, entre 25 de junho de 2002 a 31 de janeiro de 2003 em 140 capítulos, no horário das 19h30min que antigamente eram exibidas tramas para o público infantil. 



Carinha de anjo (Carita de ángel): foi uma telenovela mexicana A trama foi protagonizada por Daniela Aedo. Foi exibida no Brasil pelo SBT , de 9 de julho de 2001 a 26 de fevereiro de 2002. Dulce Maria é, como o seu nome, uma doce menina de 5 anos cheia de alegria e bons sentimentos. Com a morte de sua mãe, seu pai, Luciano Larios, afunda em depressão e dor, e decide ficar longe de tudo e todos. Dulce Maria é internada em uma escola de freiras chamada "Rainha da América", ele então parte para o estrangeiro deixando tudo aos cuidados do seu irmão Gabriel , que é um sacerdote. 





Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 
© Lado Milla
Maira Gall